Aprenda a preparar seu próprio vinagre de maçã

Aprenda a preparar seu próprio vinagre de maçã

O vinagre de maçã é um produto muito popular em todo o mundo, conhecido por seus múltiplos usos tanto domésticos quando medicinais e em diferentes tratamentos de beleza. No mercado podemos encontrar diferentes marcas de vinagre de maçã com diferente preços, mesmo que a maioria seja muito econômica. No entanto, algumas marcas não oferecem um produto com uma alta qualidade, ou seja, não é possível aproveitar todos os benefícios que ele pode nos oferecer quando é puro.

Por que fazer o vinagre de maçã em casa?

Preparar vinagre de maçã em casa é mais simples do que você pensa e, além disso, é bastante econômico. É verdade que no mercado o encontramos com um bom preço, já pronto para o consumo. No entanto, nem todas as marcas são confiáveis, pois alguns vinagres de maçã contêm sulfitos, uma substância que funciona como conservante e permite que o vinagre fique homogêneo. Porém, esta substância retira propriedades do produto.

Como fazer vinagre de maçã em casa?

Passo 1. Extrair o suco

  • Procure escolher as maçãs mais doces e sem rastros de pancadas, fungos o algum tipo de estragado. Se possível, busque maçãs de origem orgânica que não tenham sido submetidas a pesticidas ou outros produtos químicos que possam alterar o processo de fermentação.
  • Lave-as muito bem, descasque-as e retire as sementes. Depois, extraia o suco da polpa da maçã, de modo a obter um litro, mais ou menos.

Passo 2. Obter o mosto

  • O suco extraído do passo anterior deve ser vertido em um recipiente de cristal ou barro, o mais largo possível, que somente deve ficar cheio até a metade, com a finalidade de permitir que a fermentação seja boa. Tampe e evite que entre oxigênio e que os gases da fermentação consigam se expandir.
  • A temperatura deve se manter entre 18 e 20ºC, e o podemos conservar entre 4 e 6 semanas.
  • O sabor doce das maçãs é a chave para obter o vinagre. Por esta razão recomendamos as maçãs mais maduras. No entanto, se as maçãs estiverem ácidas, você pode adicionar um pouco de açúcar.
  • Se você desejar que a fermentação seja mais rápida, o truque é deixar um pedaço da casca da maçã antes de fazer o suco.
  • Para continuar com o seguinte passo, que é a transformação em vinagre, verta o mosto em outro recipiente.

Passo 3. Converter o mosto em vinagre

  • Verta o mosto em um recipiente largo e leve para um lugar quente de sua casa como, por exemplo, exposto diretamente ao sol. Deixe repousar durante 3 dias coberto com um pano limpo.
  • Passados os três dias recomendados, destampe o recipiente e procure mantê-lo a uma temperatura média de uns 20ºC, pois as mudanças bruscas de temperatura podem estragar o vinagre.
  • Mexa o conteúdo uma vez por dia, de modo que possa conservar a camada de fermento que aparece na superfície.
  • Para terminar, filtre o vinagre e guarde-o em uma garrafa, preferentemente escura, já que a luz direta pode fazer com que o mesmo se degrade mais facilmente. Como resultado, você obterá um vinagre de maçã orgânico, livre de químicos e com todas as suas propriedades medicinais.

Outra receita para fazer vinagre de maçã em casa

Esta alternativa é muito mais simples e leva menos tempo do que o processo anterior.

Ingredientes

  • 5 litros de água mineral.
  • 1 quilo e meio de maçãs bem maduras.
  • 1 quilo de açúcar mascavo.

Modo de preparo

  • Lave e desinfete bem as maçãs com um pouco de bicarbonato diluído em água. Uma vez limpas, corte-as em pedaços e misture-as com o açúcar, de modo que tudo fique bem triturado.
  • Depois, em um recipiente de vidro, ponha os cinco litros de água e adicione o purê de maçã e o açúcar. Tampe o recipiente, de tal modo que possa entrar ar, mas que não possam entrar moscas e outros insetos.
  • Nos primeiros dez dias, mexa a mistura diariamente com uma colher de pau.
  • Nos próximos dez dias, somente mexa a mistura dia sim e dia não.
  • Depois, deixe repousar outros dez dias.

Em um total de 30 dias, você obterá um vinagre de maçã de boa qualidade, depois de coar e envasar a mistura. Evite conservá-lo em um frasco até a boca, já que pode seguir fermentando até explodir. Se possível, abra-o uma vez por dia para evitar que isso aconteça.