Aprenda a fazer abdominais hipopressivos para ter uma barriga chapada

Aprenda a fazer abdominais hipopressivos para ter uma barriga chapada

Ainda que com os abdominais hipopressivos não forcemos as costas em excesso, é importante fazer os movimentos corretamente para evitar possíveis lesões e obter os resultados desejados.
Abdominais hipopressivos

Quando se trata de perder peso, a área abdominal tende a ser uma das partes mais difíceis de trabalhar, dado que é uma das que mais acumula gordura no corpo.

Há anos foram disseminadas rotinas de abdominais com as quais se pretende, entre outras coisas, reduzir centímetros da cintura e tonificá-la.

No entanto, os especialistas no tema deixaram claro que é necessário praticar movimentos aeróbicos e manter uma boa alimentação para conseguir bons resultados.

Além disso, é importante fortalecer a parede abdominal através de exercícios focados neste grupo muscular.

Como sabemos que você está interessada em fazer isso, a seguir queremos ensinar uma rotina simples de abdominais hipopressivos.

Você já ouviu falar nos seus benefícios?

O que são os abdominais hipopressivos?

Trata-se de um conjunto de técnicas posturais e respiratórias que busca conseguir os melhores resultados no momento de reduzir e tonificar o abdômen.

Com eles podemos fortalecer a região abdominal e a parte inferior das costas através de uma técnica que se caracteriza por contrair o diafragma em apneia respiratória.

Depois disso, é gerada uma pressão para dentro e se ativa tanto o assoalho pélvico quanto a faixa abdominal.

Sua diferença em relação aos abdominais tradicionais está na pressão que é exercida na área abdominal e em todos os órgãos.

Quais são os benefícios dos abdominais hipopressivos?

prancha

Os abdominais hipopressivos são um excelente complemento à prancha e outros exercícios feitos geralmente para trabalhar esta região do corpo.

Sua técnica requer um pouco de esforço, mas os resultados fazem com que valha a pena.

Entre seus principais benefícios cabe destacar:

  • Redução e tonificação do abdômen
  • Correção da postura e melhora do equilíbrio
  • Tonificação da musculatura abdomino-perineal
  • Redução da ansiedade e do estresse
  • Prevenção da dor no púbis, hérnias e prolapsos
  • Diminuição da lombalgia
  • Fortalecimento do assoalho pélvico e controle da incontinência urinária
  • Melhor rendimento esportivo e prevenção de lesões

Como são feitos os abdominais hipopressivos?

Para colocar em prática estes maravilhosos exercícios é importante levar em conta as seguintes fases:

  • Posição inicial
  • Fase de inspiração
  • Fase de apneia, na qual tentamos subir o diafragma (de 15 a 30 segundos)
  • Fase de expiração

A forma de realizá-los é bastante ampla, e para conseguir ótimos resultados é conveniente variar as posições em cada uma das fases.

fazer-abdominais-hipopressivos

Posição inicial

  • Para começar, pare com as pernas separadas na largura dos ombros, com os joelhos semiflexionados.
  • Leve o tronco ligeiramente para a frente, com os braços formando um círculo como quando abraçamos alguém.
  • Mantenha as costas erguidas e o olhar para a frente.

Fase de inspiração

  • Conservando a posição inicial, tome ar, tentando abrir as costelas tanto quanto for possível.
  • Você sentirá que o ventre se mexe para dentro, e terá que se concentrar para mantê-lo durante alguns segundos.

Fase de apneia

  • Nesta fase você só terá que focar para segurar a respiração por 10 a 15 segundos.

Fase de expiração

  • Solte o ar pouco a pouco e volte com naturalidade a uma posição normal.
  • Trate de manter um ritmo respiratório equilibrado, descanse por 20 segundos e repita.

O que devo ter em conta para conseguir bons resultados?

barriga-chapada

Embora este tipo de abdominal tenha ganhado fama por sua eficácia para ter uma barriga chapada, é fundamental levar em conta que não se trata de um método milagroso ou de algo parecido com isso.

Para conseguir bons resultados com a rotina mencionada é preciso respeitar os seguintes aspectos básicos:

  • Cada uma das fases deve ser realizada muito bem, mantendo a postura mencionada para evitar lesões ou complicações.
  • Em caso de dúvidas o melhor é consultar um professor de educação física ou personal trainer.
  • Eles devem ser realizados de forma contínua, preferencialmente duas vezes ao dia, já que não servirá de nada fazê-los dois dias e abandoná-los.
  • O melhor momento para fazer esta rotina é pela manhã, ainda que os exercícios possam ser feitos em qualquer horário.
  • Não os pratique depois de comer, e nem antes de dormir.
  • Os resultados não são obtidos desde a primeira prática, mas podem começar a aparecer depois do primeiro mês se os exercícios forem realizados constantemente.

Você está pronta para este desafio? Anime-se a colocar esta rotina em prática em casa e complemente-a com um estilo de vida saudável para ter a barriga chapada que tanto deseja.