Arteterapia com pedras: nova técnica para aliviar o estresse

Arteterapia com pedras: nova técnica para aliviar o estresse

Para obter melhores resultados na hora de realizar a terapia de pintar pedras, é importante que busquemos aquelas de superfície lisa. Os cantos arredondados são uma opção perfeita.
Arteterapia com pedras: nova técnica para aliviar o estresse

É muito possível que você tenha se surpreendido com esta ideia de arteterapia… Do que se trata isto, pintar pedras?

Em nosso espaço já falamos em várias ocasiões sobre os benefícios de colorir para combater o estresse.

Pintar mandalas, desenhar ou escrever são exercícios catárticos, criativos e relaxantes que sempre nos fazem sentir bem: que liberam a mente.

Ficamos entretidos, exercitamos a imaginação, a flexibilidade mental, concentramos a atenção e, quase sem saber como, os problemas se relativizam.

Neste caso, vamos um pouco além. Se, em algum momentos, você já ouviu falar que “é impossível tirar leite de pedra” (ou qualquer outra coisa), agora você as verá de outra forma. Porque uma pedra pode nos dar muito através da arteterapia.

Pintar pedras pode oferecer todo um universo de possibilidades, de beleza e de fabulosos momentos compartilhados consigo mesmo e com suas capacidades artísticas.

A seguir, propomos descobrir este divertido passatempo, esta nova terapia antiestresse.

Pintar pedras: uma arteterapia que irá beneficiá-lo

Muitas pessoas pintam pedras enquanto meditam, enquanto realizam um profundo ato de relaxamento em que se conectam consigo mesmas.

Da mesma forma que nos acostumamos a colorir mandalas para mergulhar nestes mundos circulares, agora utilizaremos outra superfície: as pedras.

Anote o que você necessitará para realizar esta arte e que fabulosas sugestões você tem ao alcance.

Materiais necessários

arteterapia-pintar-pedras

Em primeiro lugar, devemos levar em conta que não serve qualquer pedra. Necessitamos, além disso, de um tipo de tinta muito especial e de materiais adequados para que o resultado seja o esperado.

Anote os materiais necessários e não se preocupe: eles são mais baratos do que você imagina.

Descubra também: 20 ideias criativas para organizar seus sapatos

Nem todas as pedras servem

  • Os especialistas nessa arteterapia utilizam as típicas pedras roladas em rio, ou seixos, como se diz comumente, as que possuem “cantos arredondados”.
  • Como já sabemos, a erosão da água nos presenteia com pedras de superfície plana ideais para realizar nossas criações.

Tintas

No que se refere às tinas, você pode utilizar as acrílicas para superfícies porosas.

Ainda assim, é importante que você procure marcadores acrílicos opacos. Os normais, utilizados pelas crianças na escola, não servem porque não dão uma boa cobertura e também não são duráveis.

No entanto, os que são opacos oferecem um acabamento perfeito nas pedras e servem para desenhar. Escolha aqueles que tenham uma ponta fina, de uns 0,7 mm.

Verniz

Para que o acabamento seja perfeito, você precisa de um verniz especial. Procure numa loja de artigos para artesanato o verniz vitrificante ultra brilhante. As cores terão um brilho chamativo muito bonito e, além disso, sua criação durará muito mais.

Pincéis

Utilize um pincel plano. Ele permitirá uma melhor mobilidade e mais facilidade para criar.

Que tipo de criações posso fazer com as pedras

arteterapia-pintar-pedras

Mandalas

Você pode criar aquilo que sugere a sua imaginação. O mais comum é fazer mandalas, sobretudo porque são muito relaxantes. Como você já sabe, esse tipo de criação artística baseada em círculos nos traz muitos benefícios:

  • Aumentam a concentração
  • Expandem nossa consciência
  • Conectam-nos com nós mesmos
  • Ajudam a relativizar tensões e problemas cotidianos
  • Permitem-nos desenvolver a autopercepção
  • Fazem com que nos sintamos bem

Para pintar mandalas, basta seguir as clássicas sequências circulares. Comece com um círculo central e, em seguida, “expanda-se”.

Recomendamos ler também: Os benefícios de pintar mandalas para as crianças

Pintar animais em pedras

arteterapia-pintar-pedras

É claro que o que pintarmos nas nossas pedras dependerá de nossa habilidade e experiência artística.

  • No entanto, às vezes as coisas começam casualmente e, ao final de um tempo, você pode descobrir que é um artista.
  • Se você se atrever a pintar animais, lembre-se de começar criando antes uma base na pedra. Pinte-a de uma certa cor para depois criar os tons que deem forma ao animal em questão. O segredo está em aproveitar as linhas da própria pedra.

Figuras divertidas

arteterapia-pintar-pedras

Você tem mil opções, mil possibilidades. O único limite é determinado pela sua imaginação e pelo tamanho da pedra.

  • No entanto, leve em conta que há uma cor que nunca falha na hora de pintar pedras: o branco.
  • Às vezes basta desenhar um sol, uma flor, ou um coração com uma flecha, e você já tem uma criação magnífica e original.
  • Além disso, lembre-se de que é uma atividade sensacional que você pode compartilhar com seus filhos. Se o resultado for bom, você estará criando um presente carinhoso para seus amigos ou familiares.

Como você pode ver, a terapia de pintar pedras é simples e divertida (além de econômica). Se somar o custo total das tintas, dos pincéis e do verniz, não chegará a 50 reais.

Descubra também Como fazer um frasco luminoso para decorar o seu quarto

Apesar de barata, veja o quanto essa atividade pode ser recompensadora. Sem que você se dê conta, este passatempo pode se converter num “vício”.