Como as doenças da tireoide influenciam o seu corpo

Como as doenças da tireoide influenciam o seu corpo

doenças da tireóide

A tireoide é uma glândula que tem a forma de uma pequena borboleta, localizada no pescoço, acima da traqueia. Esta glândula cumpre uma função muito importante no corpo, já que é a responsável por regular o metabolismo e cada uma de suas atividades. É a encarregada de produzir os hormônios que controlam a velocidade com que se queimam as calorias e o ritmo das batidas do coração. Além disso, é produtora de proteínas e regula a sensibilidade do corpo a outros hormônios.

A glândula da tireoide pode ser afetada por diversos fatores, os quais podem alterar o seu funcionamento e causar vários problemas de saúde. As principais alterações de funcionamento da glândula da tireoide são o hipotireoidismo e hipertireoidismo. Ambos os casos influenciam o corpo de formas diferentes, e é muito importante controlá-los para que não afetem a qualidade de vida.

Doenças da tireóide

Hipotireoidismo-500x332

O hipotireoidismo é uma doença da tireoide que se produz quando a glândula não fabrica os hormônios suficientes. Como consequência, o metabolismo se reduz e a pessoa começa a sofrer com uma grande quantidade de problemas de saúde que afetam a qualidade de vida.

A maneira como o hipotireoidismo influencia o corpo pode variar de paciente para paciente e de acordo com o grau em que se encontra a doença. Entre as alterações de saúde que ela produz encontramos:

  • Esgotamento ou fraqueza
  • Aumento de peso ou obesidade
  • Falta de apetite
  • Alterações ou desordem nos ciclos menstruais
  • Ausência de desejo sexual
  • Sensação de frio
  • Prisão de ventre
  • Dores musculares
  • Inchaço ao redor dos olhos
  • Unhas quebradiças
  • Queda de cabelo

O hipotireoidismo é a doença da tireoide mais frequente e afeta principalmente as mulheres. Além dos sintomas mencionados, também pode provocar ressecamento da pele, intolerância ao frio, má memória ou problemas de concentração, entre outros. Em casos mais sérios, pode causar a deterioração das funções do coração, rins, fígado, etc. Qualquer que seja o caso, é muito importante consultar um médico e dar início ao tratamento.

Hipertireoidismo

doenças da tireóide

O hipertireoidismo é exatamente o contrário. Ele ocorre quando a glândula da tireoide produz hormônios em excesso e acelera exageradamente o ritmo do metabolismo. Ainda que possa parecer que acelerar o metabolismo é uma coisa boa já que ajuda a perder peso, o certo é que esta disfunção pode causar problemas de saúde muito sérios.

Assim como no caso anterior, a forma como ela influencia o corpo varia de pessoa para pessoa e cada sintoma pode aparecer dependendo do grau da doença.

  • Esgotamento
  • Perda de peso
  • Nervosismo
  • Batidas cardíacas aceleradas
  • Aumento do suor
  • Sensação de calor
  • Alterações nos ciclos menstruais
  • Evacuações intestinais mais frequentes
  • Tremores

Em alguns casos as pessoas que sofrem de hipertireoidismo apresentam outros problemas de saúde como, por exemplo, febre, frequência cardíaca acelerada e mudanças no funcionamento do cérebro, como confusão, convulsões, inquietação e coma.

Doenças da tireoide e qualidade de vida

doenças da tireóide podem atrapalhar a qualidade de vida

Seja qual for a doença da tireoide da qual você sofre, é muito importante consultar um médico para receber um diagnóstico e um bom tratamento. As doenças da tireoide podem interferir de maneira gradual na qualidade de vida, até chegar a um ponto em que afeta a saúde e impede de desempenhar as atividades com normalidade.

No caso do hipotireoidismo é muito importante modificar por completo os hábitos e adotar um estilo de saudável que permita controlar a doença, especialmente pelo aumento excessivo de peso. Neste caso a alimentação saudável e a dieta desempenham um papel importante.

Por outro lado, o hipertireoidismo requer de uma dieta especial, receitada por um nutricionista. Neste caso o consumo de iodo deve ser limitado, dado que é uma substância que a glândula da tireoide utiliza para produzir hormônios.

Os especialistas nesta doença indicam que não há formas concretas para prevenir algum tipo de problema na tireoide. No entanto, insistem que uma alimentação equilibrada, exercícios e hábitos saudáveis podem ser um fator importante na redução do risco de ter uma afecção na tireoide no futuro. Uma vez diagnosticada uma doença da tireoide, é importante seguir um controle médico periódico para evitar que ela provoque alterações graves no organismo.