Às vezes, esperamos demais de alguém que nunca nos deu nada

Às vezes, esperamos demais de alguém que nunca nos deu nada

Há ocasiões em que nos entregamos aos outros até ao ponto de chegar a nos descuidar de nós mesmos porque esperamos que eles ajam da mesma forma que nós
Às vezes, esperamos demais de alguém que nunca nos deu

Passamos grande parte do nosso tempo aguardando coisas. Esperamos que nossos objetivos se cumpram, que as outras pessoas reajam como nós mesmos faríamos e que aqueles a quem amamos nos respondam do mesmo jeito: com reciprocidade.

No entanto, às vezes o mundo acaba tão fora de sintonia que nada disso se realiza e nosso mundo… nossas esperanças se desmoronam.

Contudo, você não deve se sentir frustrado por isso. As pessoas necessitam obter determinadas coisas para ter uma sensação de segurança.

Assim como toda criança tem a certeza de que seus pais a amam, nós adultos também nos esforçamos para acreditar que nossos parceiros farão em cada momento o mesmo que nós fazemos por eles.

Porque o equilíbrio das relações emocionais deveria funcionar assim, a pesar de que, de vez em quando, apareça o vazio, e com isso vem a decepção. Esperar muito quando, na realidade, não recebemos nada em troca.

Convidamos você a refletir sobre isso.

Quando esperamos tudo e não recebemos nada

Algumas pessoas acreditam de que a felicidade está em dar, não em receber. Talvez seja a nossa educação, ou esse valor excessivamente nobre que se esquece de um aspecto essencial para a sobrevivência: a autoestima.Muoher triste esperando por alguém

Receber também é um direito

Precisamos começar a deixar de lado muitos desses conceitos que vulneram nosso equilíbrio emocional. Proporcionar felicidade é um ato de nobreza que nos enriquece; você pode vê-lo até mesmo como uma obrigação: dar é bom, porém receber também é uma obrigação.

Recomendamos que você leia também: Antes de me apaixonar por você, devo me apaixonar por mim

  • Não estamos falando, é claro, de bens materiais; na verdade, nem mesmo de favores. Quando fazemos algo para alguém não temos que esperar “obrigatoriamente” que essa pessoa nos devolva esse ato espontâneo que sai do nosso coração.
  • O que temos todo o direito, e mesmo a obrigação, de receber é respeito. Se você dá amor, as pessoas não devem dar em troca frieza ou egoísmo. Este é, sem dúvida, um aspecto essencial no campo afetivo.
  • Em nossos relacionamentos amorosos “dar e receber” é um direito e uma obrigação. É um tipo de energia que se cria entre duas pessoas onde ambas se nutrem para crescer, para alimentar a cada dia o motor de seus corações que sabem o que é respeito e reciprocidade.

Esperamos demais porque estaríamos dispostos a dar muito mais

Pode ser que, em alguma ocasião, você tenha se encontrado com alguém que lhe repreende com expressões como “é que você espera demais das pessoas”, “é que você é muito sensível, por isso tudo lhe afeta”

  • São frases que refletem, sem dúvida, uma falta de empatia para com esse coração que está disposto a dar tudo para os outros e que sofre por não se sentir reconhecido.
  • Você poderia dizer a si mesmo “eu tenho que aprender a amar menos”, mas, na realidade, o que devemos dizer é “eu tenho que aprender a amar mais a mim mesmo”.

Amar é renunciar a parte de si mesmo para abrigar à outra pessoa, para atendê-la, para colocá-la no centro do nosso universo pessoal e construir um mundo inteiro ao seu redor.Coração que quebrou por ter esperado tanto um amor

No entanto, não devemos cair nestes extremos em que nos esquecemos de nós mesmos. Você pode esperar muitas coisas da outra pessoa, mas não se esqueça de esperar tudo isso de si mesmo:

  • Não se esqueça de se mimar todos os dias, de não priorizar em excesso os outros a ponto de se descuidar de si mesmo.
  • Ofereça carinho, preocupe-se, atente-se aos detalhes, atenda… mas espere que o resto também faça muitas dessas coisas por você.

Descubra também: 9 atividades que podemos fazer em casal para inovar no relacionamento

Como reagir quando nos damos conta de que nós nunca recebemos nada

Quem vai lhe dizer até onde você é capaz de chegar será seu coração. Se você acordar todos os dias com mais nuvens do que ilusões, se a vontade de chorar e a frustração são as linhas onde estão escritos todos os seus momentos, é hora de reagir.

  • Quem não recebe nada permanece vazio e, além disso, pode chegar a pensar que “talvez não mereça receber afeto, atenção ou consideração”.
  • Não faça isso, não deixe que o vazio emocional e a ausência afetiva dos outros façam você acreditar que não merece ser amado.
  • O amor que você nunca deve abandonar é o amor próprio, pois e é ele que lhe dará forças e as rédeas com asas para direcionar seus caminhos até o equilíbrio pessoal. Até essa paz interior. Uma ideia que nos dão alguns psicólogos emocionais é que é melhor não esperar nada de ninguém e esperar tudo de nós mesmos. Agora, esta ideia tem muitas nuances.
    • Nós, pessoas, precisamos sim esperar certas coisas daqueles que compõem o nosso círculo pessoal e afetivo. Precisamos ter, por exemplo, a certeza de que somos amados, porque ninguém pode viver com essa incerteza.

    Leia também: Como tomar uma atitude positiva diante de uma situação adversa

    O que merecemos acima de tudo é o respeito, de nós mesmos e dos demais. Portanto, nunca pare de lutar para recebê-lo. O amor é reciprocidade, apoio e sinceridade.

    Se não temos nada disso, essa relação não será verdadeira, nem saudável.