Bebidas para combater o mau hálito - Melhor com Saúde

Bebidas para combater o mau hálito

Lembre-se de limpar a sua língua sempre que escovar os dentes, já que ela pode acumular restos de comida que poderiam ser a origem da halitose.

Além de incômodo para quem sofre com o problema, o mau hálito, é muito mais incômodo para quem convive com o indivíduo.

Não é nada agradável estar na companhia de um amigo ou de um companheiro (a) e notarmos que algo anda mal com seu hálito. E, principalmente, pode ser uma ocasião constrangedora em situações como reuniões importantes de trabalho e afins.

O mau hálito é causado principalmente pela falta de higiene buco-dental, cáries, próteses dentárias, doenças relacionadas às gengivas, sinusite, infecções na garganta ou nos pulmões, tabagismo, doenças hepáticas, gástricas, etc.

Existem, além disso, outras doenças que podem causar o problema, mas, nesse artigo focaremos o mau hálito causado por problemas menores, como má limpeza buco-dental e consumo de alimentos muito condimentados.

Lembre-se que, se o mau hálito persiste, é muito importante encontrar a causa, pois o incômodo pode ser o indicativo de que algo em nosso organismo não está bem, principalmente se nos caracterizamos por manter uma boa higiene buco-dental, descartando assim uma causa relacionada à falta de higiene.

Existem medidas que podemos adotar na comodidade de nosso lar e que ajudarão a manter um hálito mais fresco e agradável, evitando situações incômodas.

Medidas caseiras

  • A hortelã é uma grande aliada na hora de refrescar o hálito. É recomendável mastigar folhas frescas de hortelã ou, preparar uma infusão dessas folhas.
  • A salsa também pode ser muito útil para melhorar o hálito. Para isso, mastigue algumas folhas frescas de salsa, em pouco tempo se notará a diferença.
  • Outra medida é escovar os dentes ou enxaguar a boca com bicarbonato de sódio, um composto capaz de eliminar bactérias e deixar a boca limpa e fresca. Lembre-se que as bactérias são as principais responsáveis pelo odor desagradável na boca.
  • O enxágue pode ser realizado misturando uma colher de sopa de bicarbonato de sódio em um copo de água.
  • Mastigar chicletes sem açúcar também pode ser benéfico. Isso aumentará a quantidade de saliva produzida, o que ajudará a limpar a boca e os dentes, eliminando possíveis restos de comida acumulados.

A seguir, apresentaremos bebidas que, assim como as dicas anteriores, ajudarão a melhorar a halitose ou o mau hálito.

1º suco

maça

Ingredientes

  • Meia maçã
  • 1 laranja
  • 1 maço de folhas de espinafre

Preparo

Antes de tudo, lave, descasque e corte a maçã em pedaços, tire o suco da laranja e pique o espinafre. Bata tudo em um liquidificador até que se misturem corretamente. Esse suco pode ser bebido três vezes por semana.

2º suco

Ingredientes

  • Meia beterraba
  • 1 pepino
  • 1 copo de água

Preparo

Lave, descasque e corte os legumes. Leve-os ao liquidificador, bata por alguns minutos, coe e beba o suco obtido uma vez por semana.

3º suco

cenoura

Ingredientes

  • 250 g de cenoura
  • 125 g de espinafre
  • 125 g de pepino

Preparo

Leve todos os ingredientes ao liquidificador e beba meio copo do suco obtido antes das refeições principais.

Outras recomendações

Para evitar a halitose é muito importante manter uma boa higiene buco-dental. É preciso considerar que apenas escovar os dentes não é o suficiente, também é preciso prestar atenção na língua, já que essa parte pode acumular restos de comida que se não eliminados com uma correta limpeza, causarão mau hálito.

A limpeza da língua pode ser feita suavemente com a escova de dente ou por meio de um limpador de línguas, desenhado especificamente para higienizar essa região.

Se acostume a escovar os dentes logo após as refeições e usar o fio dental, muitas vezes as cerdas das escovas não conseguem chegar a lugares mais escondidos entre os dentes, assim, bactérias e placas dentais se acumulam nessas regiões.

Se o mau hálito persistir mesmo depois de pôr em prática essas dicas, consulte um médico, que é quem poderá encontrar a causa do problema e tratá-lo de maneira correta.