Os benefícios em comer a cada três horas - Melhor com saúde

Os benefícios em comer a cada três horas

Ao contrário do que muita gente pensa, passar fome não é a resposta para perder peso. Ainda que você consiga fazer isso durante um certo tempo, com certeza terá que voltar a rotina mais cedo ou mais tarde e acabará comendo de uma vez só tudo do que estava se privando. Resultado disso: efeito sanfona.

Desta forma, o ideal para quem quer manter o corpo saudável e perder alguns quilos é comer a cada três horas. Se você faz apenas duas ou três refeições durante o dia, e passa mais de seis, sete, ou mesmo oito horas sem se alimentar, verá o seu nível de açúcar no sangue cair radicalmente. E quando ingerir algo após esse período, o açúcar irá subir rapidamente. Em consequência, haverá muita insulina no sangue, o que leva ao consequente armazenamento de gordura no corpo.
A falta de nutrientes básicos e a adoção de dietas muito restritivas podem ainda trazer diversas complicações, como mau hálito, tonturas, nervosismo e dificuldade de raciocinar. Outros problemas provocado por períodos de jejum prolongados são as dores de estômago, hipoglicemia, desânimo e mau humor.

Causas

Existe uma razão pela qual o nosso corpo digere a comida tão mal e isso remota ao homem primitivo. Quando ainda vivia nas cavernas, o ser humano tinha que caçar ou coletar o seu alimento, e este não estava facilmente disponível em qualquer esquina. Haviam grandes períodos de escassez, dias, semanas, principalmente durante o inverno.
Por conta disso, o organismo humano adaptou-se, tornou a digestão lenta e especializou-se em formas de acumular energia, para assim garantir o suprimento de nutrientes necessários durante os períodos de ausência de alimento. O método que o corpo usa para acumular energia é, principalmente, transformar carboidratos em glicose. E esta, juntamente com a ajuda do hormônio insulina, transforma o que comemos em gordura.

Como mudar isso?

Fazendo pequenas refeições a cada três ou quatro horas. Isso forçará o seu metabolismo a funcionar mais rápido e a entender que não precisa acumular gordura. Ele também irá trabalhar no processamento de alimentos com maior frequência, gastando mais energia.
Além disso, quem come regularmente experimenta uma sensação maior de saciedade, mastiga mais devagar sem a pressa causada pela fome, o que também facilita a digestão.

Aposte no café da manhã

Quando acordamos, o nível de açúcar está bastante baixo por conta do longo tempo de jejum. Daí a importância de levar o café da manhã a sério. Ele precisa ser considerado tão importante quanto outras as refeições diárias e contar com os nutrientes necessários para começar o dia, como carboidratos, proteínas e vitaminas.
No trabalho, tenha sempre por perto barrinhas de cereais, frutas secas e frescas, castanhas, sucos,  biscoitos e torradas integrais. Isso evita ficar sem comer até a hora do almoço ou do jantar.