Aloé vera: conheça seus benefícios para o estômago

Benefícios da aloe vera para o estômago

Graças a suas propriedades, o gel da aloe vera nos ajuda a regular o pH do estômago e reduz a acidez, além de melhorar a hérnia hiatal e o refluxo
6 Protetores naturais do estômago

Quando nos dizem usar aloe vera, em seguida pensamos em alguma ferida ou queimadura na pele. Mas, você sabia que esta planta têm muitos benefícios para o estômago e os intestinos?

Neste artigo, você aprenderá algumas propriedades da aloe vera para o aparelho digestivo.

Por que usar a aloe vera?

A aloe vera é uma planta que não deveria faltar em nenhuma casa, não só para quando você estiver sofrendo de problemas estomacais, mas também quando se cortar, queimar ou se machucar. A boa notícia é que se trata de uma espécie muito resistente que não requer muitos cuidados. Somente necessita uma boa dose de luz solar diariamente.

Para poder usar e aproveitar os benefícios da aloe vera, é preciso que a planta amadureça. Esse processo leva alguns anos, a partir disso, você poderá desfrutar de todas suas propriedades.

É necessário utilizar os talos visíveis e exteriores, e cortar com uma faca o que se deseja usar. O crescimento da aloe vera, é de dentro para fora.

Além de estar repleta de água em seu interior (por isso é utilizada em casos de desidratações da pele), a aloe vera é rica em vitaminas (A, B e C), enzimas e aminoácidos essenciais.

Leia também: Como fazer um gel de aloe vera caseiro e quais são as suas aplicações

Problemas estomacais? A aloe cura!

aloe vera

Graças às vitaminas do complexo B presentes em seu gel, podemos tratar dores gástricas e intestinais com a aloe vera. Este nutriente serve para o bom funcionamento digestivo em geral e, além disso, serva também para:

  • Cicatrizar as feridas provocadas pelas úlceras gástricas ou duodenais.
  • Reduzir a inflamação em caso de gastrites ou duodenites.
  • Regenerar as mucosas gástricas.
  • Tratar doenças infecciosas do estômago.
  • Ajudar o corpo a eliminar toxinas.
  • Estimular a digestão.
  • Ativar as funções do fígado e da vesícula biliar.
  • Intervir na assimilação dos nutrientes dos alimentos.
  • Diminuir a acidez estomacal.
  • Reduzir a prisão de ventre.
  • Melhorar os sintomas das hemorroidas.
  • Purificar o sangue.
  • Curar algumas formas de hepatites A e B.
  • Melhorar a elasticidade e funcionalidade das células hepáticas.
  • Estimular as células pancreáticas.
  • Ajudar a produzir insulina.
  • Eliminar as bactérias que se acumulam no intestino.
  • Prevenir a aparição de doenças hepáticas.
  • Diminuir algumas doenças do fígado, como a cirrose.
  • Eliminar radicais livres.
  • Facilitar a drenagem da bílis.
  • Recuperar o pH interno do estômago.
  • Melhorar a hérnia de hiato e o refluxo.
  • Reduzir os sintomas em pessoas com cólon irritado, doença de Crohn ou intestino solto.
  • Tratar a colite ulcerosa e doenças inflamatórias intestinais.
  • Prevenir o desenvolvimento de câncer de estômago.

Como extrair o gel da aloe vera?

A retirada do gel interior da aloe vera é uma prática muito antiga. Alguns estudos indicam que data da época do Império Egípcio. Cleópatra usava o gel da aloe para manter bonita a pele e as unhas.

Os demais o usavam quando tinham feridas ou queimaduras.

Atualmente, podemos encontrar até cápsulas de extrato da aloe vera , mas sempre é melhor optarmos pela planta na forma natural. Por isso, é bom guardá-la em casa.

As folhas ou talos da aloe podem ser extraídos a cada 6 meses, e não é recomendável cortar mais do que 3 ao mesmo tempo.

Visite este artigo: Como regenerar o cabelo, a pele e as unhas “por dentro”

Receitas de suco de aloe vera

suco de aloe vera

Para poder aproveitar as propriedades estomacais da aloe vera, precisamos consumi-la. Por isso, fazer sucos com essa planta (e combinar com outros ingredientes), pode ser uma boa alternativa.

Suco de aloe vera e limão

O gosto cítrico do suco o converte em uma excelente opção para consumirmos quando estiver calor.

Ingredientes

  • 1 talo de aloe vera
  • 1 colher de vinagre branco (10 ml)
  • 1 copo de água (250 ml)
  • O suco de 1 limão

Preparação

  • Com uma faca bem afiada, corte de maneira longitudinal o talo da aloe vera e retire o gel com muito cuidado.
  • Coloque o gel em um copo de liquidificador e acrescente o suco do limão recém exprimido. Adicione a água e o vinagre.
  • Misture bem até obter uma aparência homogênea. Despeje em um copo e pronto, já podemos beber. Se você quiser, pode colocar uns cubos de gelo e uma rodela de limão. Aconselhamos consumir um copo por dia.

Receita de suco de aloe vera com mel

As propriedades antissépticas do mel complementam os benefícios da aloe vera. É ideal para infecções estomacais.

Ingredientes

  • 200 gramas  de mel líquido
  • 1 talo de aloe vera
  • 1 medida de licor ou álcool etílico (o destinado para consumo) (50 ml)

Preparação

  • Abra o talo da aloe vera e extraia o gel. Ponha-o em um copo de liquidificador e misture com o mel.
  • Bata até que se misturem bem. Adicione um copo de água e coloque o licor ou o álcool escolhido.
  • Consuma 3 colheres ao dia: em jejum, antes do almoço e antes de jantar.
  • Repita o tratamento durante 10 dias. Descanse 10 dias e volte a fazê-lo por mais 10 dias.