Caminhar: o melhor exercício para a mente e o corpo

Caminhar: o melhor exercício para a mente e o corpo

Sempre adaptado às nossas capacidades e possibilidades, o exercício de caminhada pode ser muito benéfico. Basta praticá-lo durante meia hora por dia para melhorar nossa saúde cardiovascular e afastar o estresse.

Caminhar não custa dinheiro, no entanto, enriquece a nossa alma, libertando a nossa mente e cuidando do nosso corpo. Poucos exercícios são tão terapêuticos e apropriados para quase todas as idades.

De acordo com a European Society of Cardiology, caminhar a pé por cerca de 20 minutos todos os dias nos permitirá cuidar do nosso coração e desfrutar de um grande bem-estar. Além disso, de acordo com este trabalho, poderemos ganhar entre 3 a 7 anos de vida a mais.

Então… por que não colocá-lo em prática? Você só precisa de um bom tênis e de um cenário agradável onde possa caminhar para incentivar sua oxigenação. É ideal se você puder ir para o campo ou área verde habilitada para andar.

Oferecemos algumas boas razões pelas quais você deve começar hoje mesmo.

Caminhar, um bom remédio contra o estresse

Algo que devemos ter em mente é que os maiores inimigos da nossa saúde são o estresse, a rotina e os pensamentos negativos.

Às vezes o simples fato de fazer todos os dias a mesma coisa acaba “automatizando” nosso cérebro, e não há nada mais perigoso do que um cérebro sem estímulo e sem descanso.

  • Sair para caminhar, sem pressão, sem mais obrigações, apenas com uma garrafa de água e bem equipado para isso, proporciona uma liberação mental que nossos neurônios agradecem.
  • Os pensamentos se relativizam, oxigenamos nossas células e, de repente, a vida perde a “sua rigidez” e nos permite ser mais livre.
  • Caminhar também ajuda a nos reconectarmos com nossas necessidades emocionais. Nós começamos um diálogo interior libertador que relaxa muitas das nossas estruturas do cérebro para regular a neuroquímica associada ao estresse.

Descubra também: Exercícios de relaxamento para dormir profundamente

Caminhar-para-bem-estar

Caminhar nos torna mais criativos, encontramos novas soluções para nossos problemas

Pode parecer bobagem, mas algo tão simples como mudar o “cenário” põe em marcha nossos corações e eleva o oxigênio do nosso cérebro a níveis mais altos, provocando a liberação de certos neurotransmissores que promoverão o seguinte:

  • Ajustam os níveis de cortisol (em um nível elevado ele causa o estresse, mas em um limite adequado favorece a motivação e a energia).
  • Reorganiza a neuroquímica do nosso córtex frontal, lá onde nós estabelecemos os planos, metas, onde aparecem novas idéias, favorecidas por nossas emoções, agora mais relaxadas.
  • Outro aspecto que devemos ter em mente é que as pessoas estão acostumadas a mover-se quase sempre nos mesmos cenários e espaços pequenos.
  • Algo tão simples como ir dar um passeio no campo traz novos aromas, sensações e novos estímulos visuais. Uma mente mais descontraída, rodeada por estímulos agradáveis tem a capacidade de gerar idéias novas e melhores.

Por isso, se em algum momento você está se sentindo preso ou pressionado por um problema, já sabe: vá fazer uma caminhada.

Nós recomendamos também a leitura: Andar torna o cérebro mais criativo e cura seus pesares

caminhar-melhor-exercicio-mente-corpo

Caminhar, o exercício favorito do seu coração

Há um aspecto que devemos ter em mente. Não se trata de “correr” ou de andar muito rápido. Se de um dia para o outro exigimos do nosso corpo algo que não estamos acostumados, isso pode nos causar problemas.

  • Na hora de caminhar basta apenas seguir um ritmo normal, mas sem chegar a correr. Assim, não nos cansaremos em excesso e forçamos o coração a colocar-se em marcha, melhorando a circulação e a oxigenação dos tecidos do nosso corpo.
  • Ao melhorarmos a pressão arterial também regulamos o nível de açúcar no sangue.
  • Caminhar também nos permite manter nosso peso corporal e a lutar contra a obesidade.
  • Melhora a saúde do nosso sistema imunológico e também libera muitas destas toxinas que tendem a nos fazer ficar doentes ou trazem a clássica retenção de líquidos.

Caminhar para cuidar de seus ossos

Um dos maiores riscos para a nossa saúde óssea é o sedentarismo. Passar entre 8 e 12 horas sentado devido ao nosso trabalho traz consequências graves que se acumulam, tais como:

  • Rigidez articular.
  • Falta de elasticidade muscular.
  • Acúmulo de gordura, o que significa um custo adicional para nossos ossos.
  • A cartilagem perde a força e a elasticidade.

É claro que se temos uma lesão nas costas ou joelho podemos não fazer longas caminhadas. Em muitos casos, algo tão simples como andar 10 minutos em uma esteira onde a superfície é plana e segura pode ser muito terapêutico.

Recomendamos que você leia também: Por que deveríamos tomar água com limão todas as manhãs?

Caminhar

  • Em caso de ter um problema ósseo, temos que atentar para nossas peculiaridades para não provocarmos uma lesão. Portanto, antes de descartar o saudável exercício da caminhada, você pode consultar com um especialista para saber qual seria a melhor maneira de realizar este exercício.
  • Caminhar todos os dias por 20 minutos nos protege contra a perda óssea e a descalcificação.
  • Sempre que nós caminhamos ao ar livre, recebemos uma boa dose de vitamina D, muito necessária para melhorar a coordenação muscular e reduzir o risco de fraturas.

Além disso, o exercício terapêutico de caminhar permite, graças à revitalização da circulação do sangue, que os nutrientes efetivamente cheguem a todas as partes do nosso corpo.

E você? Já fez uma caminhada hoje? Vale a pena!