Causas e remédios para a dor no joelho - Melhor com Saúde

Causas e remédios para a dor no joelho

Lembre-se de consultar um especialista para que ele recomende os exames correspondentes. Se não se tratar de uma lesão aguda, podemos optar por bandagens neuromusculares ou kine-tape, cujos resultados são muito satisfatórios.

A dor no joelho pode ser aguda, devido a uma lesão recente ou crônica, a lesões mal curadas ou outros problemas de saúde. O fato é que, o joelho sofre com todo o peso de nosso corpo e por vezes, pode ser afetado por sobrecargas ou movimentos bruscos.

A seguir, explicaremos quais são as possíveis causas da dor no joelho e compartilharemos dicas sobre os melhores remédios para preparar em casa, que aliviarão e tratarão a dor. Dentre eles falaremos de plantas medicinais, óleos e inclusive hortaliças.

Possíveis causas

Repassaremos algumas das causas mais habituais da dor nos joelhos:

  • Artrite: inflamação das articulações;
  • Bursite: inflamação causada por uma sobrecarga ou tensão continuada no joelho;
  • Tendinite: inflamação dos tendões que podem causar dor ao correr, pular ou caminhar rápido. A tendinite no joelho pode aumentar o risco de desligamentos importantes do tendão;
  • Lesão ou ruptura dos ligamentos: costuma-se sentir um desprendimento da região, seguido de uma dor aguda;
  • Lesão do menisco: costuma acontecer depois de um giro brusco do joelho, e provoca uma dor difusa que costuma aparecer imediatamente e permanecer por alguns dias;
  • Distensão muscular ou torção: também é uma lesão nos ligamentos, porém menor, causada por uma torção;
  • Cisto de Baker: neste caso, ocorre inchaço devido ao acúmulo de líquidos no joelho.

atleta

Quando sofremos com dores no joelho de forma crônica e não conseguimos identificar uma lesão concreta, devemos ter em conta que, segundo a medicina tradicional chinesa, os joelhos estão relacionados com os rins, por isso, se sofremos de algum problema ou dor, devemos tratar inclusive nossa saúde renal.

Quando nossos rins funcionam corretamente, possivelmente o incômodo nos joelhos desaparecerá.

O que fazer frente a um problema no joelho?

  • Se tivermos uma lesão aguda, o primeiro passo é imobilizar a região, aplicar algo gelado e deixar o joelho repousar. Procuraremos um médico para que realize exames pertinentes e diagnostique o problema, bem como, aplique o tratamento mais adequado;
  • Se o problema for antigo, ou crônico, ou aparecer sem motivo ou lesão aparente, também podemos recorrer a um fisioterapeuta ou osteopata profissional. Além disso, é recomendado que procuremos um terapeuta que realiza a técnica do kine-tape, que se baseia no uso de esparadrapos elásticos coloridos usados por muitos atletas profissionais, que garantem resultados incríveis. 

Agora, repassaremos alguns dos melhores remédios naturais e caseiros para aliviar e curar as dores nos joelhos. Confira:

Compressas de couve

A couve é um excelente alimento anti-inflamatório. Para preparar uma compressa, usaremos a couve verde. Colocaremos as folhas por alguns poucos minutos em água fervente, depois as amassaremos para extrair seu sumo e colocaremos este sumo diretamente sobre o joelho dolorido. O cobriremos com uma tela e depois com papel plastificado (ou algum plástico). Deixaremos agir por 30 minutos ou mais.

Óleos para massagem

De acordo com a temperatura do joelho, prepararemos um óleo caseiro terapêutico ou outro que poderemos aplicar diariamente para fornecer calor ou refrescar a região:

  • Caso haja uma inflamação avermelhada, e a pele esteja quente: 50 ml de óleo de amêndoas + 15 gotas de óleo essencial de hortelã
  • Caso haja dor, mas a pele esteja fria: óleo de gergelim ou azeite de oliva + 15 gotas de óleo essencial de gengibre. 

Óleo de hipérico (erva de são João)

Um óleo muito terapêutico, que podemos preparar nós mesmos, é o óleo de hipérico, que tem a propriedade de melhorar a circulação (também é útil para impactos, queimaduras, cicatrizes etc.) e que, além disso, funciona como antidepressivo natural.

Coloraremos flores de hipérico frescas em azeite de oliva e deixaremos descansar por 30 dias ao ar livre. O azeite ganhará uma cor avermelhada, o aplicaremos duas ou três vezes por dia sobre o joelho, massageando suavemente.

Tratamento com arnica

A arnica é, possivelmente, o remédio mais conhecido dos atletas e das pessoas que sofrem com problemas inflamatórios, devido ao seu amplo uso na medicina natural e homeopatia, e por seu poder anti-inflamatório. Esta planta pode ser encontrada em creme ou gel em lojas de produtos naturais e farmácias.

Existe no mercado um remédio homeopático que pode ser combinado com o creme de arnica, chamado Arnica Montana 9 CH. A quantidade ideal de consumo é de 3 bolinhas debaixo da língua, três vezes ao dia, separadas das refeições, bebidas e sabores fortes e mentolados.

arnica-giorgio

Imagens oferecidas por ponte1112 e giorgio.