Combata a depressão sem químicos sintéticos - Melhor com saúde

Combata a depressão sem químicos sintéticos

Através da atividade física, nosso corpo libera endorfinas, que nos proporcionam uma sensação de bem-estar. Combine-a a alimentos que levantam o ânimo, como as oleaginosas e o chocolate.

Você já passou por momentos de mau humor, onde se sente deprimido e parece não ter ânimo para nada? Então é provável que, se esses momentos se repetem com frequência, você esteja passando por uma depressão inicial e que talvez precise de medicamentos que te ajudem a melhorar o quadro.
Leia mais a seguir para descobrir vários remédios naturais que te ajudarão a se sentir melhor.

Hipericão e Ginkgo Biloba

O hipericão, também conhecido como erva de São João, é usado em infusões para melhorar quadros de depressão leve e para controlar a ansiedade. Seus mecanismos de ação sobre o organismo ainda não são conhecidos, mas algumas pesquisas indicam o uso da erva como antidepressivo natural por seus efeitos positivos sobre nosso estado de ânimo.

Também existem evidencias científicas a favor do uso de Ginkgo Biloba para combater estados depressivos. Uma pesquisa realizada, em 1993, com um grupo de pacientes que não respondia bem à medicação antidepressiva, descobriu bons resultados para pacientes que consumiram 80 mg de extrato de Ginkgo Biloba três vezes por dia.

Aparentemente, este extrato consegue elevar os níveis de serotonina no cérebro, provocando uma sensação de bem estar.

Alimentos que combatem a depressão

Você é o tipo de pessoa que decide atacar a geladeira quando sente desânimo, ansiedade e afins? Então descubra, agora, alguns alimentos que podem aumentar o seu humor:

  • Banana: quando o nível de açúcar no sangue diminui, as pessoas tendem ao mau humor e pensamentos negativos. A banana oferece uma grande variedade de açúcar e, além disso, contém triptofano, um precursor da serotonina, um dos “hormônios da felicidade”.
  • Chocolate: o açúcar e a manteiga de cacau presentes no chocolate fazem com que o organismo absorva o triptofano com mais facilidade, favorecendo a produção de serotonina. Também contêm feniletilaminas, um efeito estimulante sobre o sistema nervoso. Mas lembre-se de comer pouco, afinal, essa iguaria é extremamente calórica.
  • Nozes e amêndoas: oferecem ácidos graxos ômega 6, 3 e polifenóis, que possuem um efeito muito positivo sobre o tecido neural. Podem ser consumidos em qualquer hora do dia, em saladas ou puros.

Mude seu estilo de vida para se sentir melhor

É possível adotar muitas outras medidas para eliminar os pensamentos negativos e combater a depressão. Preste atenção nestas dicas simples que farão com que você se sinta melhor:

  • Movimente-se. Praticar exercícios, dançar, caminhar ou passear em um parque são excelentes remédios naturais para a depressão. A atividade física gera endorfinas, substâncias que atuam no cérebro e te farão se sentir ótimo (a).
  • Atividades ao ar livre. Está comprovado que o contato direto com a luz solar aumenta os níveis de serotonina no organismo. Realize atividades ao ar livre para tomar sol, cedo, pela manhã ou a tardinha, sempre tomando as precauções correspondentes para evitar os efeitos nocivos dos raios UV.
  • Ria o quanto puder. O sorriso também gera uma grande quantidade de endorfinas, além de relaxar e acabar com o estresse. Assista a filmes de comédia, saia com seus amigos e sorria o quanto puder, isto fará com que você se sinta mais feliz.

Todos podem passar por estados depressivos em algum momento da vida. Se isto te ocorrer, siga estas simples dicas para melhorar seu humor, mas se os sintomas insistirem e você se sentir triste por muito tempo, o problema pode ser mais sério, como um estado depressivo crônico. Neste caso, consulte um médico.