Como combater naturalmente o mau cheiro nos pés - Melhor com saúde

Como combater naturalmente o mau cheiro nos pés

Misturados com um óleo essencial base ou com nosso creme hidratante habitual, os óleos essenciais podem ser de grande ajuda para evitar o odor dos pés.

O mau cheiro nos pés pode ter como causa a presença de fungos, seja pelo uso de algum calçado impróprio, por excesso de transpiração, por situações de ansiedade e stress, por transtornos metabólicos e hormonais, ou até mesmo em consequência da má alimentação.

Apresentaremos, aqui, alguns remédios naturais, econômicos e fáceis de preparar, assim como alguns conselhos gerais para combater o odor dos pés, agindo diretamente na sua origem.

É recomendado consultar sempre o médico dermatologista, especialmente quando sofremos de bromidrose crônica, popularmente conhecida como chulé, além de seguir estes remédios naturais. Tenha em mente que alguns medicamentos e alimentos também podem causar transpiração e mau cheiro, mas nestes casos, deveria desaparecer assim que forem interrompidos.

Máscara de argila para os pés

As máscaras de argila que recomendaremos são para embelezar a pele e aliviar dores causados pelas inflamações, mas também servirão para eliminar o mau cheiro nos pés. Pode-se usar argila verde ou vermelha, e misturá-la com água morna até conseguir uma pasta cremosa. Unte os pés com a máscara e deixe-a por pelo menos 20 minutos.

E, então, lave os pés com água morna. Como a argila resseca um pouco, poderá hidratar a pele dos pés com um pouco de óleo de amêndoas ou creme hidratante.

Estas máscaras para os pés devem ser aplicadas uma ou duas vezes por semana, e pode intercalar com os seguintes medicamentos.

Óleos essenciais

Os óleos essenciais são recursos terapêuticos e agradáveis para evitar o mau cheiro nos pés. Basta misturar algumas gotas de óleo essencial com óleo de base vegetal (oliva, gergelim, amêndoa, girassol etc.) ou mesmo com o hidratante habitual.

O óleo essencial de tea tree é o primeiro que escolhemos para eliminar quaisquer fungos ou bactérias que estejam contribuindo com o mau cheiro.

Caso queira, pode-se utilizar o óleo essencial de limão, que é adstringente e purificante, além de dar um bom aroma.

Também pode-se usar o óleo essencial de lavanda, que é limpador e relaxante.

lavanda-rutger

Caminhe descalço

Caminhar descalço por lugares naturais, como areia e água da praia, sobre a grama fresca, pela terra úmida ou pelo rio são as melhores maneiras de fazer o pé transpirar e expulsar as substancia tóxicas, além de tonificar e melhorar a circulação geral do organismo.

Faça preferencialmente por pelo menos meia hora, ao amanhecer ou ao anoitecer, e depois limpe e massageie bem os pés.

Se realizar este exercício diariamente, vai notar benefícios não apenas nos pés. Mas também em outras partes do corpo.

pés-praia-mattsabo17

Escalda pés

O escalda pés é realizado com água quente, um antigo remédio muito fácil de preparar. Adicione bicarbonato de sódio à água, pois ajudará a remover a acidez da sola dos pés, para desintoxicar e alcalinizar o sangue, ou pode usar sal grosso, que tem efeitos muito relaxantes e também ajuda a desinchar os pés.

Misture duas colheres de sopa de bicarbonato de sódio ou o sal na água, que deve estar em temperatura morna, e mantenha os pés durante pelo menos meia hora. Se perceber que a água esfriou, adicione mais água quente.

Esses banhos podem ser feitos todos os dias antes de dormir e pode alternar com outros remédios.

banho-pés-Intercontinental-Hong-Kong

Enxofre ou ácido bórico nos sapatos

Durante o dia, você pode prevenir o mau cheiro colocando um pouco de ácido bórico, ou de enxofre em pó, dentro dos sapatos para evitar a transpiração excessiva e a aparição de fungos. Ponha apenas uma pitada dentro do sapato. Certifique-se de que crianças e animais de estimação não tenham contato com o produto. Depois lave bem as mãos.

Dicas gerais

Existem algumas dicas gerais que ajudarão a prevenir o mau cheiro nos pés:

  • Use sapatos que favoreçam a transpiração, especialmente no verão e ao fazer exercícios físicos. 
  • Use meias de tecidos naturais, como algodão. Evite tecidos sintéticos. 
  • Beba água entre as refeições, pelo menos seis copos por dia. 
  • Siga uma dieta equilibrada, rica em alimentos crus (frutas, saladas, sucos, couves, etc.). 
  • Mantenha seu calçado em local arejado sempre depois de usá-lo e evite usar o mesmo sapato por vários dias.

Imagens oferecidas por mattsabo17, rutger, Intercontinental Hong Kong y bark