Como combater e prevenir a dor nas costas - Melhor com saúde

Como combater e prevenir a dor nas costas?

O sedentarismo, o sobrepeso e a falta de atividade física são alguns dos fatores que podem desencadear as dores nas costas.

Um dos problemas mais frequentes da “modernidade” sem dúvida é a dor nas costas. Muitos são os fatores que a podem desencadear, mas o certo é que com uma boa prevenção e consciência o impacto em nossa saúde seria reduzido. Conheça um pouco mais sobre esta doença tão “popular” e como combatê-la.

Fatores e causas

Qualquer pessoa pode sofrer de dores nas costas, tanto alta como baixa, no entanto, foram determinados alguns “fatores de risco” que acentuam o problema. Eles são:

  • Idade: a incidência é maior a partir dos 30 ou 40 anos, devido ao maior tempo de má postura e pouco cuidado da zona lombar ou cervical.
  • Sedentarismo: foi comprovado que aqueles que não realizam atividade física têm mais probabilidade de sofrer dores nas costas.

costas2

  • Sobrepeso: consumir uma dieta alta em gorduras e calorias fará com que somente aumente o peso, além de esforçar demais as costas.
  • Genética: para os casos de artrite, inflamações dos músculos e outras doenças que apresentam uma grande herança genética.
  • Outras enfermidades: por exemplo, no caso de câncer, a pessoa pode sofrer fortes dores nas costas.
  • Trabalho: dependendo do emprego que você tem ou teve, as costas podem ser prejudicadas ou debilitadas. Levantar muito peso, empurrar objetos, estar o dia inteiro sentado em uma cadeira incômoda ou parado são alguns dos casos mais frequentes.
  • Tabaco: o cigarro é outra das causas das dores nas costas. Isto se deve ao fato de que os discos entre as vértebras não obtêm os nutrientes necessários para seu funcionamento. Além disso, os fumantes levam mais tempo para se recuperar das dores nessa zona.
  • Problemas na mecânica das costas: espasmos, escoliose, estenose, tensão muscular, discos lesionados, hérnia discal, fraturas, acidentes, quedas, entorses são alguns desencadeantes da dor.
  • Gravidez: as mulheres em sua fase de gravidez podem sofrer com dores nas costas porque elas precisam suportar o peso do bebê e o sobrepeso.

Prevenção

Para que estes fatores não afetem as costas, é preciso realizar alguns métodos ou técnicas de prevenção. Os mais eficazes são:

  • Dormir de barriga para cima: a coluna também deve descansar assim como a mente e o resto do corpo durante as 8 horas de sono. Isto quer dizer que ela não suportar o peso com uma postura incômoda ou inapropriada. Os especialistas recomendam dormir em posição fetal. Não dormir de bruços porque essa posição modifica a curvatura da coluna e obriga o pescoço a estar virado até um dos ombros.
  • Fazer abdominais: não somente para manter uma barriga lisa para o verão, como também para que os músculos estejam mais desenvolvidos e fortes para prevenir futuras dores nas costas. Os exercícios mais recomendados nestes casos são pilates, natação e ioga. Por sua vez, é aconselhável caminhar entre meia e uma hora ao dia a passos rápidos, utilizar um bom calçado esportivo e fazer abdominais 5 minutos ao dia.
  • Usar colchão e travesseiros adequados: são fatores vitais para a saúde das costas e devem respeitar sua curvatura natural. Quando compramos um travesseiro novo, necessitamos até duas semanas para nos adaptarmos a ele. Se o colchão é flexível e suave melhorará a postura e permitirá que o sangue circule melhor.
  • Eliminar o estresse:  muitos dos problemas físicos que sofremos na atualidade são devidos ao estresse e aos nervos. O estado de humor também influencia. Por exemplo, quase 70% das pessoas com depressão apresentam dores musculares nas costas e no pescoço.

costas3

  • Prestar atenção as posturas: o ambiente de trabalho é o principal fator desencadeante da dor lombar ou cervical. Seja estar sentado o dia inteiro em frente ao computador ou fazer exercícios físicos levantando objetos. O movimento mais básico como abaixar para pegar uma pasta da estante ou agachar para levantar um papel do chão, pode estar machucando nossas costas. Se for mulher, tenha cuidado com os saltos altos, porque provocam muita moléstia. O corpo se inclina para frente para caminhar e os discos lombares fazem mais esforço que o necessário.

Remédios naturais

Se você se queixa das dores lombares ou cervicais pela noite ou ficou “travado” e não consegue se mover, tente qualquer um destes remédios caseiros mais que eficazes:

  • Realizar massagens com álcool e alecrim (colocar dois ramos em um frasco com álcool e deixar guardado pelo menos 7 dias) na área afetada esfregando de forma circular, fazendo pressão.
  • Crie uma almofadinha de castanhas da índia frescas e moídas e aplicar na zona onde dói (é uma espécie de almofada que confecciona com um pouco de tela, água e fio).
  • Ferver 1 litro de água com duas colheradas de folhas de salvia por 10 minutos.
  • Em uma garrafa de vidro com tampa coloque flores frescas de camomila e azeite de oliva. Deixe ao sol bem tampado por 2 semanas e logo depois coloque no refrigerador para usar quando tenha dor. Para aplicar, amorne um pouco e esfregue na pele na área dolorida.
  • Coloque no liquidificador a polpa de um abacate com uma colherada de sementes de eucalipto e um pouquinho de rum. Misture até criar uma pasta compacta e aplique nas costas com massagens circulares e suaves.

costas4

Imagens ofericas por Wonderlane, Justin Baeder, David B Gleason, Johanna Kollmann