Comer ovo faz bem ou mal? - Melhor Com Saúde

Comer ovo faz bem ou mal?

Ao contrário do que se pensa, o ovo por si só não aumenta o colesterol
8 razões incríveis para comer ovo sem medo

Afinal, o ovo faz bem ou mal à saúde? Esta não é uma resposta simples, já que ele é um dos alimentos mais polêmicos que existem, e ao longo dos anos foi condenado e absolvido inúmeras vezes por diferentes estudos e pesquisas, principalmente por sua associação constante com o colesterol.

Apesar da má fama, descobertas recentes mostraram que o ovo é, na verdade, um alimento extremamente saudável, e a melhor fonte de proteína natural que existe. Exceto em alguns casos específicos que descreveremos a seguir, não há motivo para se preocupar com o colesterol alto, e podemos aproveitar sem medo todos os benefícios que o ovo tem a oferecer para a nossa nutrição e saúde.

Os benefícios do ovo para a saúde

ovos

  • O ovo é considerado uma fonte de proteína quase perfeita, sendo uma das melhores e mais completas que existem. Ele possui a combinação ideal de aminoácidos essenciais para o desenvolvimento do organismo.
  • É riquíssimo nutricionalmente, e possui inúmeras vitaminas e minerais em sua composição, como a vitamina A, B2, B5, B6 e B12, além de ferro, zinco, cálcio, selênio e fósforo.
  • O ovo também possui uma quantidade significativa de antioxidantes poderosos, como a luteína e a zeaxantina, que favorecem a saúde dos olhos e previnem a degeneração macular.
  • É rico em colina, um nutriente fundamental para a memória e a função cerebral. Recomenda-se, inclusive, que mulheres grávidas aumentem o consumo de colina, já que ela ajuda no desenvolvimento do feto.
  • Os ovos também podem se tornar aliados importantes para quem quer perder peso. Sua combinação de proteínas e gorduras oferece saciedade, sendo uma ótima alternativa para um café da manhã muito nutritivo e saudável. Além disso, sua versão cozida possui somente 80 calorias, um valor ínfimo considerando todos os nutrientes que ele contém.
  • O ovo pode aumentar os níveis de colesterol bom, e seu consumo está associado a uma redução do risco de doenças cardíacas e derrames.

Com tantos benefícios, parece estranho que o ovo ainda seja considerado um “vilão” por muitas pessoas. Vamos explicar porque isso ocorre e esclarecer definitivamente esse mito.

O ovo é capaz de aumentar o colesterol?

comer-ovo

Existe certo preconceito em relação ao ovo, devido à sua constante associação ao aumento dos níveis de colesterol, mas essa impressão é infundada. Para entender de onde vem essa má fama, precisamos compreender a relação entre o nosso corpo e o colesterol.

A recomendação é que a ingestão de colesterol seja no máximo de 300mg por dia. Um único ovo contém 185mg de colesterol, portanto, se comêssemos 2 ovos por dia, já ultrapassaríamos o limite máximo recomendado.

No entanto, também é importante lembrar que o organismo produz colesterol naturalmente, entre 1 e 2g por dia (muito acima dos 300mg diários recomendados), e o utiliza para desempenhar várias funções importantes.

O que não levamos em conta, é que existe um ponto de equilíbrio na produção do colesterol pelo organismo, portanto, quanto mais colesterol consumirmos através dos alimentos, menor será a produção diária pelo organismo.

Além disso, a dieta é somente um dos fatores que influencia os níveis de colesterol, que também são regulados pela prática de atividade física, estresse e fatores genéticos.

Dessa forma, consumir um ou dois ovos todos os dias não irá aumentar o colesterol nem o risco de desenvolver doenças cardiovasculares de alguém que mantenha um estilo de vida saudável, com hábitos alimentares balanceados e prática regular de exercícios físicos.

No entanto, há algumas exceções. Pessoas que sofrem de diabetes ou que possuem um histórico familiar de colesterol ruim alto, uma condição conhecida como hipercolesterolemia, devem ficar atentas e fazer exames para monitorar o colesterol, para garantir que não haverá problema em incluir o ovo na dieta diariamente. Se este for o seu caso, consulte um médico para obter um diagnóstico mais específico e aprofundado.

O ovo faz bem à saúde

clara-de-ovo

Por todos esses motivos, é possível concluir que o ovo faz bem à saúde e pode ocupar um lugar de destaque em dietas saudáveis, tanto com o objetivo de perder peso quanto para quem quer ganhar massa muscular.

O ovo foi, finalmente, absolvido dos mitos infundados relacionados ao aumento do colesterol, e pode ser consumido por pessoas de todas as idades que quiserem aproveitar todos os benefícios que ele tem a nos oferecer.