Como controlar a artrose? - Melhor com saúde

Como controlar a artrose?

Ainda que seja mais comum quando chegamos a uma certa idade, o sedentarismo e o excesso de peso podem favorecer o surgimento da artrose também em pessoas mais jovens.

Durante a terceira idade, as pessoas geralmente são afetadas por diversas doenças e condições físicas que as tornam vulneráveis e criam a necessidade de cuidados especiais, seja por um sistema imunológico já debilitado e desgastado ou por condições predispostas na herança genética.

A seguir, descreveremos uma das principais doenças que afligem as pessoas que transitam por esta faixa etária, além de algumas dicas que, logicamente, não substituem a consulta médica nem a medicação adequada.

São dicas recomendadas para ajudar a amenizar os efeitos da doença, tornando esta fase de nossas vidas o mais digna possível. A doença da qual trataremos hoje é a artrose. Confira!

A Artrose

É uma das doenças degenerativas mais comuns. Com o passar do tempo, pode causar o desgaste da cartilagem articular, que em seu estado normal, permite o livre movimento das articulações.

Esse desgaste produz o atrito dos ossos, causando dor e incapacitando os idosos de deslocarem-se livremente. Afeta principalmente as seguintes regiões do corpo: quadris, joelhos, pescoço, costas, mãos e pés.

Artrose-coluna

Levar uma vida sedentária e o excesso de peso faz com que as pessoas sejam mais propensas a sofrer com essa doença, incluindo os mais jovens.

No momento, não foi encontrada a cura. Os tratamentos médicos vão, desde a prescrição de medicamentos para dor e inflamação, até inflações aplicadas diretamente na região afetada.

Em casos mais graves, em que o desgaste e as dores são mais severos, realizam-se cirurgias para retirar os componentes danificados da articulação  e substituí-los por prótese. A dor desaparece, mas ao colocar a prótese, a articulação perde a mobilidade.

Medidas paliativas

Dentro das medidas paliativas, podemos mencionar a Hidroterapia e as massagens. Os pacientes que sofrem de artrose se veem muito beneficiados com os tratamentos de reabilitação, mesmo sabendo que não chegam a eliminar o problema, mas darão um importante alívio dos sintomas, evitando maior desgaste. Como consequência, melhora sua qualidade de vida.

Hidroterapia

O médico que avaliar o paciente e prescrever a medicação necessária para tratar os sintomas da Artrose é quem se encarregará de indicar a Reabilitação correspondente.

A hidroterapia é uma ferramenta da Fisioterapia utilizada como medida paliativa nestes casos e consiste em realizar exercícios terapêuticos em uma piscina condicionada e climatizada. Tudo supervisionado por um Fisioterapeuta.

Esta terapia ajuda a manter e a não seguir perdendo a mobilidade das articulações. Como não existe gravidade na água, a articulação não é sobrecarregada ao realizar uma rotina de exercícios nela. 

Dessa maneira, evitamos os danos que se seguem quando o corpo não se mantém em movimento. Quanto menos a atividade física, maior será a deterioração e a degeneração.

Massagens

Outra ferramento com que contamos são as massagens. A pessoa que sofre desse mal apresenta a musculatura periarticular bastante contraída e dolorida.

As massagens realizadas por um profissional ajudam a relaxar e afrouxar esses músculos afligidos pela deterioração da articulação, diminuindo os incômodos dos pacientes.

Remédios naturais

camomila

Dentro da variedade de plantas que podem nos ajudar, escolhemos a camomila, por suas propriedades analgésicas e anti-infamatórias.

Se puder, aplique um pouco de azeite de camomila com suaves massagens na articulação afetada (adquirir o azeite em sua farmácia de confiança ou ervanário) para aliviar a dor.

Conclusão

Se investirmos em nossa saúde hoje, nosso corpo agradecerá amanhã. Uma vida saudável, sem excessos, com bons hábitos alimentares e, claro, com atividade física constante nos ajudará a diminuir a gravidade das consequências próprias da terceira idade.