Como decifrar as mensagens de nossa pele? - Melhor com Saúde

Como decifrar as mensagens de nossa pele?

Você sabia que seus problemas emocionais e o estresse podem influenciar o estado da sua pele? Ela mostra o que nós não somos capazes de expressar com palavras.

Quando o assunto é a pele devemos saber que ele não tende apenas para o ponto de vista estético, mas que também existem problemas cutâneos com uma grande conotação médica. São várias as doenças a nível cutâneo que podem nos atingir, e vale a pena prestar atenção ao que a pele está tentando nos dizer. A seguir, aprenda quais são s sinais que a pele te oferece e como decifrar suas mensagens para entender o que está acontecendo com ela.

Doenças de pele: o que são e quais são os sintomas?

Trata-se daquele tipo de doença que atinge a pele, podendo se manifestar como manchas, desde a acne até o câncer (melanoma) e estão associadas, por sua vez, às unhas, ao sebo, ao cabelo e ao suor. Os problemas que derivam de doenças de transmissão sexual também costumam ser atendidos por dermatologistas, já que essas doenças tem uma repercussão direta sobre a pele (como é o caso do HIV e da sífilis).

Os sintomas também são diversos, mesmo que parâmetros em comum possam ser determinados. Basicamente, ocorrem mudanças da aparência, da cor, da textura e da temperatura de uma região em particular. Esses transtornos podem se manifestar como manchas, grãos ou pequenos nós com ou sem pus, descamação, urticária, ulcerações, coceira, dor ou queimação.

Pele-seca

Ainda que as causas da maior parte das doenças de pele sejam desconhecidas, sabe-se que o estresse e a exposição excessiva ao sol têm uma influência muito forte sobre elas. Também a alimentação, os maus hábitos quanto à saúde da pele, são fatores determinantes. É preciso considerar os sinais e consultar um dermatologista o quanto antes.

No plano psicológico, a angústia e os medos também prejudicam a derme, que é a camada mais externa de nosso corpo. Quando nos sentimos atacados ou ameaçados por qualquer agente, nosso organismo tende a responder com uma barreira natural.

Quando a pele é muito sensível podemos ter um sinal de que também somos sensíveis em termos de organismo, e o mesmo se dá ao contrário, quando a pele é áspera. E também quando está vermelha, quando há excitação e quando suamos muito, temos sinais claros de insegurança.

Assim, é preciso prestar atenção nas mudanças na coloração da pele, porque, por exemplo, se está muito pálida temos sinais de cansaço ou anemia, se tem uma cor azulada temos um indicativo de falta de oxigênio no sangue e se está muito amarelada podemos ter um sinal de excesso de bilirrubina no organismo.

Cancer-de-pele

Quais sinais devemos considerar em nossa pele?

É preciso realizar check-ups periódicos para descartar qualquer tipo de doença e também, considerar alguns sintomas, que serão detalhados a continuação.

Rugas muito profundas

As rugas são um sinal muito ruim, e não apenas por um fator estético. Elas podem estar relacionadas a um maior fator de risco de sofrermos fraturas ósseas, principalmente quando começam a se manifestar em mulheres que já passaram da menopausa. Mulheres que tendem a apresentar mais rugas no pescoço e no rosto são propensas a uma menor densidade óssea nos calcanhares, na coluna vertebral e no quadril.

Isso ocorre devido à falta de colágeno, que não só está presente na pele como também nos ossos.

Erupções do tipo “asas de borboleta”

Trata-se de erupções com forma de inseto, que aparecem no rosto e são o primeiro sintoma de lúpus. Não é preciso se precipitar no diagnóstico, pois esse tipo de sintoma também pode se manifestar em casos de dermatite ou rosácea, pelo contato com algum produto ou roupa. É preciso realizar testes clínicos para que se possa determinar do que se trata.

Alergias-na-pele

Calos nas palmas das mãos

Essa é uma condição onde a pele se torna mais grossa e aveludada, de cor branca e com pregas pronunciadas. Pode ocorrer devido a alguma tarefa repetitiva ou não. Ao redor de 90% dos casos onde não há atividades que possam ter gerado os calos, o problema se associa ao câncer. Se os calos só acontecem nas palmas das mãos talvez deva-se a um câncer de pulmão e se, além disso, apresentam acantose nigricans (excesso de queratina) pode ser um indicativo de câncer gástrico.

Manchas aveludadas

As placas, ou manchas, aveludadas que surgem no pescoço ou nas axilas podem ocorrer devido a diabetes. Essa condição é cientificamente conhecida como acantose nigricans e também pode ser benigna, como consequência de obesidade. Mesmo assim, não custa nada fazer uma investigação quanto ao nível de açúcar no sangue caso esse sintoma apareça.

Rosetas nos pulsos

A coceira e as rosetas violetas nessa região são conhecidas como pano, e além disso podem aparecer também nos tornozelos, na boca, no pescoço, nas pernas, nas costas (região baixa) e na genitália. Sua causa é desconhecida, mas existem possibilidades de que ocorra devido à hepatite C.

Tratamentos-caseiros-para-a-dermatite-alérgica-de-contato

Manchas ásperas e brancas

Essas manchas esbranquiçadas ou de cor carne clara, que geralmente aparecem nas costas, são lesões com forma de casca de laranja (devido a sua forma ovalada em um extremo e pontiaguda em outro). São sinais de uma doença estranha, de origem genética, chamada esclerose tuberosa, que causa tumores benignos em vários órgãos vitais, como o cérebro, por exemplo.

Pele muito opaca e seca

Isso pode significar um déficit de ácidos graxos ômega 3, que servem para melhorar a função cerebral, reduzir a inflamação e a possibilidade de sofrermos doenças tais como artrite, arritmias e câncer.

Essa deficiência também causa atraso no ciclo natural da esfoliação da pele, o que se converte em ressecamento ou caspa. Caso haja outros sintomas, tais como, por exemplo, perda inexplicável de peso, falta de força, inchaço e dor nos gânglios linfáticos ou fatiga, pode-se associar o problema ao câncer.

Pele-ressecada