Como detectar se meu corpo está intoxicado? - Melhor Com Saúde

Como detectar se meu corpo está intoxicado?

O grau de intoxicação hepática depende da qualidade dos alimentos em nossa dieta. Muitas vezes confundimos seus sintomas com outros fatores como a falta de sono ou o estresse.

Você tem muitas dores de cabeça, a pele está opaca, não importando qual o tratamento você siga? Não consegue se concentrar em qualquer coisa ou sofre de edema? Atenção, porque pode ser que você esteja intoxicado. No artigo a seguir, conheça um pouco mais sobre esse mal tão comum, mas pouco levado em consideração. Saiba como detectar se seu corpo está intoxicado.

Existem muitas reações químicas produzidas no organismo com o objetivo de manter o equilíbrio interno e manter nosso corpo saudável. No entanto, essas reações podem ser afetadas por diversos fatores, tais como vírus, bactérias, poluição e radiação solar. Uma boa parcela desses desequilíbrios também depende do que comemos. Desta forma, às vezes nem notamos que podemos ser nossos próprios piores inimigos. Os órgãos como o Fígado, os pulmões e os rins estão encarregados de filtrar, neutralizar e controlar componentes que possam chegar a danificar o corpo. Infelizmente, o tipo de alimento que temos disponível no mercado torna a tarefa destes pobres trabalhadores muito difícil. Claro, porque o corpo não sabe muito bem como responder aos conservantes, adoçantes artificiais, corantes, aditivos ou os chamados “intensificadores de sabor” – identificados por aquilo tudo que tem letras e números ou nomes estranhos nas embalagens que compramos todos os dias. Enquanto são processadas, essas substâncias vão deixando resíduos que, ao se acumularem, intoxicam o corpo.

Como saber se meu corpo está intoxicado?

Se formos olhar para a definição de intoxicação encontraríamos algo como desordem, alteração ou reação causada por uma substância nociva quando ingerida, que se respirou ou foi tocada. Pode-se considerar, portanto, que a intoxicação é uma alteração no corpo, um desequilíbrio que apresenta sintomas. Às vezes, a gente não presta atenção aos sinais que o corpo nos dá e associamos a outros fatores, como a falta de sono ou o excesso de tarefas. Os sinais de que o corpo está intoxicado são: dores de cabeça frequentes, alterações no ciclo do sono (insônia ou cansaço), ansiedade, apatia, irritabilidade, falta de concentração, problemas de memória, eczema ou pele seca, espasmos musculares, falta de energia, fadiga crônica, infecções, herpes, alergias, alterações no cabelo ou unhas, excesso de peso, dificuldade em perder peso e edema. Cuidar-naturalmente-do-fígado Como primeiro passo, precisamos saber se realmente estes sintomas relacionam-se com uma intoxicação ou se estão associados com outro problema. Uma checagem médica poderá descobrir. Na maioria dos casos, os exames apresentam resultados normais e não há nada que chame a atenção dos médicos, no entanto, o paciente ainda pode se sentir mal. Os quadros apresentados podem ser leves, porém são capazes de tornarem-se crônicos.

Como prevenir uma intoxicação no corpo?

Nós não estamos falando de estar intoxicado por comer um único alimento em mau estado ou estragado por ter ficado fora da geladeira, mas sim dos sedimentos que se acumularam em nosso corpo pelo consumo de alimentos prejudiciais à saúde. A boa notícia é que você pode fazer algo a respeito, evitando intoxicar-se para desfrutar cada vez mais de uma excelente saúde.

Tenha uma alimentação balanceada e natural.

A qualidade do alimento que consumimos tem muito a ver com o grau de intoxicação que podemos sofrer. Se for possível, tente comer orgânicos, não industriais, frequentar pequenos mercados ou feiras e evite supermercados, etc. Deixe de lado o que é embalado, os congelados ou o que é feito no micro-ondas. Coma mais frutas e Verduras cruas e dê preferência para as hortaliças da estação. dieta-mediterrânea

Realize atividades físicas

Isso também é importante porque uma das maneiras que o corpo tem para eliminar toxinas é por meio da transpiração e do suor através dos poros. Além disso, o esporte ajuda órgãos como os pulmões a ter maior capacidade e a trabalhar de forma eficiente.Para além do cansaço que pode ser causado por essa atividade, você vai notar que muitos dos sintomas desaparecem. O que poderá ser visto no estado de sua Pele, na perda de peso e, de uma forma geral, você vai se sentir muito melhor!

Durma o suficiente

Durante a noite, o corpo aproveita que você está na cama para se recuperar e recarregar as energias. É importante dormir entre sete e oito horas por dia. Respeite sempre a hora de ir dormir e acordar. A falta de descanso vai fazer com que os órgãos reponsáveis pela desintoxicação fiquem cansados e acumulem cortisol, o famoso “hormônio do estresse”. Certamente, esta é uma das causas que gera ou agrava o nível de intoxicação. Sono-adequado

Seja feliz

Se você manter a alegria, o sorriso, se relaxar e aprender a ser grato, você também estará eliminando o que é negativo em sua vida. Pode soar um pouco espiritual, no entanto, há evidências de que a felicidade nos leva para longe dos maus hábitos, como o abuso de álcool, fast food, doces ou salgados.

Dieta para desintoxicar o corpo

Se foi confirmado que os sintomas são devido a uma intoxicação, você pode realizar uma dieta especial durante uma semana:

  • Café da manhã: Chá verde sem açúcar e duas fatias de pão com geleia de framboesa sem açúcar.
  • Meio da manhã: uma maçã ou uma pera, se estiver calor, ou tome uma xícara de chá verde com pão torrado sem glúten com algumas gotas de azeite, se estiver frio.
  • Almoço: Você pode escolher legumes no vapor com peixe branco grelhado; hambúrguer vegetariano com amaranto e salada; arroz integral com legumes e atum grelhado ou salada de alface, cenoura, cebola, azeite e pouco sal.
  • Lanche: o mesmo que o café da manhã.
  • Jantar: Algumas escolhas são vegetais grelhados com cogumelos; arroz integral com azeite de oliva e louro.