Como eliminar os metais pesados do seu organismo? - Melhor Com Saúde

Como eliminar os metais pesados do seu organismo?

Você sabia que o alho, além de nos ajudar a melhorar a circulação, tem propriedades depurativas? Ao consumi-lo, seus componentes nos ajudam a eliminar todo tipo de toxinas.

Temos ouvido falar dos efeitos danosos  que os metais provocam no nosso organismo, mas quais são eles? Como saber se temos em nosso organismo esse elemento? Por quais viam entram em nosso corpo? Por que são tão prejudicais? E como podemos nos prevenir?

Neste artigo, iremos esclarecer todas essas dúvidas, para que você possa prevenir e tratar naturalmente os problemas de saúde que possam ser ocasionados pelos metais pesados, com a ajuda dos alimentos e suplementos naturais como a chlorella, o coentro, o alho e o magnésio.

Quais são os metais pesados?

Os metais pesados são elementos químicos que, em maior ou menor medida, formam parte da estrutura de tudo o que nos rodeia, desde a  crosta da terra até nosso organismo, o cobre, o ferro, o cobalto, o magnésio, o zinco, o alumínio, o chumbo, o arsênico, entre outros. O problema se manifesta quando já temos acumulada em nosso corpo uma quantidade excessiva de metais, o que, consequentemente, nos causa um envenenamento progressivo.  De maneira similar,  quando estes metais são emitidos podem permanecer durante séculos no ambiente.

O que causam no nosso organismo?

Os metais pesados são difíceis de eliminar do nosso corpo e, por conseguinte, acumulam-se ao  longo do tempo, a medida que estamos expostos a eles.

Desde a antiguidade, os médicos da Grécia e Roma documentaram os sintomas de pessoas que estiveram expostas aos metais e apresentaram o seguinte diagnóstico:

Câncer

  • Enfermidades dos rins
  • Enfermidades do fígado
  • Atrasos no desenvolvimiento
  • Autismo
  • Doenças Autoimunes
  • Doenças articulares
  • Doenças do sistema nervoso
  • Doenças neurodegenerativas, como Parkinson ou Alzheimer
  • Doenças endócrinas
  • Anormalidades durante a gravidez
  • Alergias

As consequências que vemos nesta lista são  suficientes  para que façamos a limpeza de metais pesados do nosso organismo.

Como entram nos nossos corpos?

Ao nosso redor, os metais pesados estão presentes em múltiplas formas. Destacamos a seguir alguns mais habituais:

  • Canos de chumbo
  • Peixe azul, de tamanho grande como o salmão, o atum e o peixe espada
  • Termômetro de mercúrio (quando quebrado)
  • Lâmpadas de baixo consumo (quando quebrada)
  • Utensílios de cozinha de alumínio que contenham outros metais pesados
  • Vacinas
  • Pesticidas
  • Produtos de higiene e cosmética convencional
  • Gasolina
  • Cigarro
  • Aditivos alimentares
  • Medicamentos
  • Água procedentes de minas e indústrias e outras águas não tratadas
  • Amálgamas dentais de mercúrio

frigideira

Como eliminá-los?

O tratamento natural para eliminar os metais pesados se baseará nos seguintes suplementos naturais, que contêm propriedades quelantes, ou seja, esse elemento se une aos metais pesados e os eliminam para fora de nosso organismo. Além disso, o tratamento natural nos permite não ter os efeitos secundários como os fármacos.

  • Alga Chlorella : esta rica alga tem um potente efeito desintoxicante de todo o tipo de substâncias danosas, não somente os metais pesados, devido a seu alto conteúdo de clorofila que será um ingrediente principal deste tratamento.
  • Coentro: esta erva é usada tradicionalmente como condimentos. Além de suas propriedades  como quelante, contém uma grande quantidade de vitaminas, especialmente as vitaminas A e K e em menor medida a vitamina B, C e E.
  • Alho: este alimento medicinal, muito recomendado para múltiplas doenças, também será muito útil para nosso tratamento. Seus componentes depurativos ajudam a expulsar todo tipo de toxinas do nosso organismo. Como manutenção, depois do tratamento, podemos realizar a famosa cura tibetana do alho.
  • Magnésio: este mineral não tem propriedades quelantes, mas é muito útil para facilitar a eliminação dos elementos tóxicos.

alho

Devemos tomar estes suplementos e alimentares diariamente, em extrato ou comprimidos, segundo a dose máxima recomendada para nosso caso, e durante três meses.

Durante a depuração é possível que notemos alguns sintomas de desintoxicação como dores,  surgimento de acnes ou diarreias, que são a consequência dos esforços do nosso corpo para eliminar as substâncias. É muito importante não interromper o tratamento e beber muita água no intervalo das refeições para auxiliar na depuração.

Além disso, é fundamental evitar sempre a prisão de ventre, já que estaria dificultando a evacuação destes metais, podendo resultar em uma nova intoxicação.

Também recomendamos sempre realizar este tratamento com o acompanhamento de seu médico ou terapeuta especializado.