Como perder peso após a menopausa? - Melhor com saúde

Como perder peso após a menopausa?

Perder peso é algo muito comum em nossa lista de “coisas para fazer”. Sempre procuramos por dietas, remédios ou dicas que nos ajudem a perder peso.

O período após a menopausa é o momento no qual é mais difícil perder peso, por isso vamos dar aqui algumas dicas sobre o que fazer nessa época tão específica para que nos sintamos bem com nós mesmos e com nossa aparência.

O que é a menopausa? Sintomas.

A menopausa é o período em que fase reprodutiva da mulher termina. Com o tempo, nossos ovários perdem progressivamente a habilidade de produzir os hormônios que regulam o ciclo menstrual: estrógeno e progesterona. Por isso, quando acaba a menstruação começa a menopausa. Costuma acontecer isso em mulheres entre 45 e 55 anos.

Nesse momento, nosso corpo muda, e aparecem desequilíbrios principalmente de caráter hormonal, que provocam sintomas, geralmente desagradáveis, como suores, calafrios, problemas para dormir, dores nas articulações, problemas urinários, problemas sexuais e psicológicos, dentre outros.

Perder peso após a menopausa?

Nesse período é conveniente ter um cuidado especial com nossa saúde, já que o corpo está experimentando mudanças. Uma vez que o metabolismo diminui sua velocidade o resultado é que ganhamos peso mais fácil, apesar de consumirmos os mesmos alimentos de sempre e com a mesma frequência.

Dicas para perder peso após a menopausa

– Não é recomendável seguir uma dieta rigorosa, que nos prive de consumir certos alimentos, já que necessitamos de uma dieta completa. Além disso, esse tipo de dieta, geralmente, consegue resultados imediatos mas ao longo dos meses voltamos a ganhar peso. Dessa forma, entramos em um ciclo vicioso de perder e ganhar peso de maneira instantânea.

– A melhor maneira de ter uma dieta completa e equilibrada, que nos ajude a perder peso de forma gradual sem resultados visíveis a curto prazo porém de forma segura, é incrementar à dieta um consumo maior de frutas e verduras, por sua quantidade de minerais e vitaminas. Também, pouco a pouco, é possível substituir pratos de carne por aqueles que levam peixes. Os dois tipos de alimentos são ricos em proteínas, mas é necessária uma compensação em seu consumo e no desequilíbrio do corpo. Por fim, convém deixar de lado alimentos que contenham excesso de gorduras, como frituras ou aqueles que contém altos teores de açúcar, como os doces.

– A redução do sal na comida também é boa, já que previne a retenção de líquidos, problema muito normal nesse período.

– Por fim, realizar exercícios físicos deve ser tarefa presente no dia a dia. Realizando pelo menos três vezes por semana, estaremos mais saudáveis e perderemos peso progressivamente. O mais importante não é fazer esforço na realização do exercício, já que isso pode resultar em lesões, mas sim a segurança e a constância.

Imagem oferecida por Johan Larsson