Como prevenir a dor nas cartilagens? - Melhor Com Saúde

Como prevenir a dor nas cartilagens?

O sobrepeso costuma ser uma das causas comuns do desgaste das cartilagens. Devemos manter um peso adequado e praticar exercícios para evitar lesões.

O tecido cartilaginoso, mais comumente chamado de “cartilagem” é um tecido elástico cuja matriz se encarrega de trazer suporte para as células que recebem o nome de “condrócitos”. São realmente muito importantes em nossa vida cotidiana e em muitos casos podem ficar doloridos ou incomodar. Conheça no seguinte artigo como prevenir e tratar a dor nas cartilagens.

Cartilagens: o que saber?

As cartilagens “acomodam” as superfícies femorais e as cavidades, elas servem para amortecer os golpes ou saltos ao caminhar ou correr e previnem o desgaste pela fricção das articulações. É, então, uma estrutura de suporte que serve para dar mobilidade. No corpo humano temos três tipos de cartilagens:

  • Cartilagem hialina: é formada por fibras de colágeno e é o grupo mais abundante, já que se encontram na laringe, nos brônquios, nas costelas, na traqueia e nas extremidades articulares dos ossos. É nutrida mediante o líquido sinovial e possuem poucas fibras.
  • Cartilagem fibrosa (ou fibrocartilagem): possui colágeno, mas de um tipo mais grosso e está presente nos discos intervertebrais e articulares, nos meniscos, nas bordas das articulações e nas zonas de inserção como os tendões e ligamentos.

Cartilago

  • Cartilagem elástica: é formada por fibras elásticas e se encontra na epiglote, na laringe, na orelha externa, na tuba auditiva, no canal auditivo externo. É de cor amarelada e forma o pavilhão da orelha.

Como evitar a deterioração das cartilagens?

O desgaste das cartilagens traz como consequência principal a artrose, uma doença onde o tecido que amortece e protege as extremidades dos ossos vai se perdendo ou reduzindo. Na maioria dos casos, os pacientes com problemas em cartilagens são as mulheres adultas. Alguns conselhos para prevenir a deterioração nas cartilagens se encontram a seguir:

  • Pratique esportes ou faça exercícios periodicamente para prevenir lesões osteoarticulares. Sempre levando em consideração as características próprias, como a idade ou as capacidades.
  • Utilize materiais esportivos e calçados adequados para amortecer a sobrecarga articular.
  • Procure o médico ante a aparição de inchaço ou dor, para descartar lesões na cartilagem ou inflamação na membrana sinovial.

cartilagem

  • Evite o sobrepeso e a obesidade, já que são causas diretas de desgaste nas cartilagens. Siga uma dieta equilibrada e saudável.
  • Evite aqueles movimentos que produzem mais dor ou limite o uso das articulações afetadas.
  • Faça exercício somente quando a zona não estiver inflamada, evitando que fique flácida.

Como o desgaste das cartilagens acontece?

O desgaste das cartilagens causa dor e inchaço, assim como dificuldade para caminhar, se manter em pé, etc. isto é devido à fricção dos ossos. Os sintomas das primeiras etapas são:

  • A estrutura da cartilagem vai perdendo sua intensidade e é mais propensa a sofrer feridas ou se machucar com golpes ou uso excessivo.
  • A membrana sinovial se inflama, ou seja, o revestimento das articulações. Isto produz uma proteína chamada citosina, que causa mais inflamação e danos.
  • Como a cartilagem desgasta, o osso fica exposto e a articulação vai perdendo sua forma natural, o que forma “brotamentos ósseos”.
  • Alguns cistos, cheios de líquido com pedacinhos de cartilagem, são formados junto à articulação e o osso, o que provoca muita dor.

dor-nos-joelhos

Alimentos para formar cartilagem

Na maioria dos casos, os problemas de cartilagem desgastada ou inexistente acontecem nos joelhos, que são os que devem suportar uma grande quantidade de peso do corpo ao caminhar, ao ficar parado, etc. Existe uma grande variedade de razões pelas quais uma pessoa pode sofrer problemas em suas cartilagens, sofrer de artrite, dor ou rigidez ao querer se levantar da cama ou de uma cadeira. Porém, certos alimentos podem ajudar a prevenir a deterioração nas cartilagens e fortalecê-las.

Os vegetais são os mais recomendados neste caso. A maioria deles possuem poucas calorias e servem para perder peso ou evitar o ganho deles. Lembre-se que a obesidade é um fator de risco nos problemas de cartilagem. Os quilos a mais você “joga” para os joelhos, gerando mais tensão nas articulações, músculos e também nas cartilagens. Uma dieta com uma grande ingestão de vegetais crus pode te ajudar a reduzir a dor e a perder peso. Existem milhões de receitas saudáveis para tirar todo o proveito deste grupo de alimentos.

fresh fruits and vegetables

As proteínas magras também são muito boas para evitar as dores nas cartilagens e articulações. Você pode fortalecê-los com uma redução do consumo de gorduras saturadas e um aumento de proteínas magras, incluídas nos feijões e no tofu. Além disso, os mariscos são excelentes, pois oferecem gorduras Ômega-3 (são ótimas), que servem para reduzir a inflamação crônica. Não tenha dúvidas em consumir atum, salmão, arenque, sardinha, camarão, ostras e vieiras. Os peixes contêm vitamina D que reduz o risco de sofrer artrite reumatoide.

Pescado

As frutas cítricas podem ajudar a formar e fortalecer a cartilagem presente nos joelhos porque possuem muita vitamina C, necessária para que o corpo sintetize colágeno (forma parte dos tendões, cartilagens e ligamentos). A deficiência de colágeno pode causar dor e inflamação e também artrite ou gota, caso adicionarmos o fato de produzir muito ácido úrico. Não tenha dúvidas em consumir laranja, uva, tangerina, toranja, limão diariamente, assim como também o tomate, cebola, pimentão e amora.

Os frutos secos são excelentes nos pacientes que sofrem problemas em suas cartilagens. Não se esqueça de comer um punhado de nozes e amendoim diariamente para trazer para o seu corpo uma boa dose de vitamina E. Além disso, limite a ingestão de açúcar e farinha refinada (pão, macarrão e arroz branco).

nozes