Como prevenir e tratar hemorroidas - Melhor com Saúde

Como prevenir e tratar hemorroidas

Para prevenir as hemorroidas é fundamental seguir uma alimentação rica em fibras e consumir muita água, sempre fora das refeições, para poder facilitar a digestão.
Como tratar as hemorroidas

As hemorroidas são muito incômodas e podem chegar a ser muito dolorosas. Existem pessoas que podem sofrer com elas com muita frequência, em muitos casos, em silêncio.

Neste artigo, propomos algumas dicas totalmente naturais para que você possa prevenir as hemorroidas ou tratá-las rapidamente e sem efeitos colaterais.

O que são exatamente?

As hemorroidas são varizes ou inflamações das veias no reto e no ânus. Todas as pessoas apresentam estas veias, mas as mesmas são consideradas patológicas quando se dilatam e aumentam de volume. Em alguns casos, podem chegar até a sair da cavidade anal.

Esta inflamação provoca coceira, dor e, em alguns casos, sangramento.

Mais da metade das pessoas com mais de 30 anos tendem a sofrer incômodos deste tipo com frequência, ainda que o habitual é que somente procurem o médico quando o problema apresenta uma dor importante ou sangramento.

Existem fatores que influenciam este problema de saúde, como a prisão de ventre, o sedentarismo, o sobrepeso ou a gravidez. Também existem pessoas que sofrem uma fraqueza congênita dos tecidos, o que provoca um enfraquecimento do esfíncter anal.

gravidez

Tratamento geral para as hemorroidas

O tratamento básico para prevenir e tratar as hemorroidas de modo natural consiste em manter uma alimentação rica em frutas e verduras, alimentos ricos em água e fibras. Também deve-se ter cuidado com aqueles alimentos refinados e aumentar o consumo de legumes, cereais integrais e frutos secos e sementes.

No entanto, é tão importante consumir estes alimentos como beber água suficiente fora das refeições, já que uma alimentação muito rica em fibras requer também muita água para ser digerida corretamente.

Também deve-se realizar exercício físico e se mover diariamente, especialmente se tiver um trabalho ou rotina muito sedentários.

Para finalizar, sempre que tiver vontade de ir ao banheiro, faça-o sem esperar. Mesmo que existam algumas pessoas que não gostam de fazer o “número 2” fora de casa, devem saber que reprimir essa necessidade pode piorar muito a prisão de ventre. A seguir mostraremos alguns remédios naturais que podem potencializar os efeitos deste tratamento.

Alimentos medicinais

Além de seguir as regras gerais de uma alimentação saudável, podemos incluir em nossa dieta alguns destes alimentos que irão facilitar o trânsito intestinal e reduzir a dor e a irritação:

  • Psyllium: também conhecido psilium ou plantago. É uma fonte natural de fibra solúvel e insolúvel que atua como reguladora intestinal. Consuma-a misturada com um grande copo de água antes do café da manhã e do jantar.
  • Ágar-ágar: esta alga usada para fazer gelatina facilita a função intestinal. Pode ser utilizada para preparar todo tipo de sobremesas e receitas que queiramos espessar. Quanto mais ágar-ágar adicionarmos mais a receita ficará espessa.
  • Sementes de linhaça: as sementes de linhaça são um remédio para a prisão de ventre, mas devem ser preparadas da seguinte maneira: antes de dormir, coloque uma colher de sementes em um copo de água e deixe repousar toda a noite. Pela manhã, em jejum, tome todo o copo de água junto com as semente e espere 15 minutos para tomar o café da manhã.

linhaca

Dente de leão

De acordo com a medicina natural, quando sofremos com as hemorroidas o fígado pode estar congestionado devido à alimentação excessiva, o que pode atuar como um desencadeador.

O dente de leão é uma planta medicinal muito depurativa que elimina as toxinas que se acumulam no fígado e nos rins.

Tome três infusões diárias desta erva até sentir uma melhora.

Você também pode consumi-la em uma forma homeopática: Taraxacum officinale 15 CH (três bolinhas debaixo da língua, três vezes por dia, fora das refeições e separadas de sabores fortes e mentolados como a pasta de dente ou chicletes).

Água fria

Ingestão-de-água-em-jejum

A aplicação de água muito fria diretamente sobre a zona anal é um alívio imediato para a dor que as hemorroidas causam.

Alguns bidês possuem um jato que sai verticalmente que é ideal para estes casos. No entanto, também podemos fazer banhos sentados e submergir a área em um balde com água fria, sem chegar a molhar a parte de baixo da coluna.

Imagens cortesia de Susan, Brian Yap y digiyesica.