Como revitalizar seu fígado e pâncreas? - Melhor Com Saúde

Como revitalizar seu fígado e pâncreas?

Em algumas ocasiões o surgimento de cravos e outras condições na pele são reflexo de órgãos saturados. A vitamina C nos ajuda a revitalizá-los.

O pâncreas e o fígado são dois órgãos vitais para a digestão dos alimentos, cumprindo funções depurativas em nossa corrente sanguínea, além da regulação de numerosos hormônios. Como ajudá-los a trabalhar melhor? Como evitar que fiquem doentes ou que as toxinas se acumulem nesses órgãos? Explicaremos no artigo a seguir.

A importância da função de nosso pâncreas e fígado

sistema biliar

Em certos casos nos sentimos cansados, com uma sensação de inchaço no abdômen. A digestão parece difícil e o que comemos não cai muito bem. É possível apresentar pequenas coceiras e inclusive algumas espinhas na pele. Mas, por que isso acontece? É muito provável que algum de seus órgãos esteja muito cheio de toxinas e não pode cumprir suas funções corretamente.

O fígado é um órgão essencial para o nosso organismo, sua função depurativa é básica para encontrar aquele equilíbrio diário e fazer com que nos sintamos bem. O fígado purifica o sangue, regula o colesterol, o açúcar, os hormônios. E o que dizer do pâncreas, se ele não se encontra bem, se sofre, por exemplo, de alguma inflamação, não podemos digerir os alimentos corretamente, podendo inclusive começar a ter problemas com nosso nível de açúcar. Logo, sempre devemos estar atentos ao seu estado de saúde em geral. Porém, o mais adequado, sem dúvida, é evitar que isto ocorra: cuidando-nos, seguindo hábitos alimentares corretos e “revitalizando” estes órgãos pelo menos uma vez por mês, mediante uma dieta adequada, que iremos explicar a seguir.

Regras para revitalizar o fígado e o pâncreas

1. As propriedades curativas dos cítricos

Dieta-do-limao

Certamente você já conhece os grandes benefícios de um copo de limão em jejum. Seu suco, assim como o das laranjas ou das toranjas, nos trás vitamina C, essencial para o processo de desintoxicação e para proteger estes órgãos em questão, revitalizando suas funções. Seria, então, perfeito que pela manhã, ao acordar, você tomar um copo de suco de limão, para então, uma hora depois, seguir com um copo de suco de laranja. Para a hora do almoço ou do jantar, seria ideal também uma xícara de mamão fresco cortado em pedaços.

 

2. Infusões curativas

Dente_de_leão

Existe uma série de plantas medicinais que são perfeitas para curar tanto o fígado quanto o pâncreas. Seria, então, necessário tomá-las de forma seguida por pelo menos 10 dias por mês, no café da manhã e no meio da tarde. Indicaremos quais são a seguir:

  • Infusão de alcaçuz: o caso da raiz de alcaçuz é bem curioso. Esta planta possui a virtude de equilibrar os níveis de açúcar em nosso organismo. Algo básico tanto para o pâncreas como para o fígado. Se seu nível baixa, esta planta consegue restaurá-lo. E se for muito baixo, ela o compensa. O ideal é tomar a infusão durante 10 dias e que seja tomada pela tarde. Basta colocar quatro filamentos desta raiz em uma xícara de água fervendo e permitir que chegue a ebulição. Muito fácil e efetivo!
  • Infusão de cardo mariano: é encontrado facilmente em farmácias e lojas de produtos naturais. É uma planta curativa de excelência para o fígado, e também para o pâncreas. Sua composição básica de silimarina é magnífica para regenerar estes órgãos e desintoxicá-los. Tome uma infusão pela manhã durante dez dias.
  • Infusão de dente-de-leão: uma maravilha da natureza ao alcance de qualquer pessoa. Você nunca provou esta infusão curativa? Não deixe escapar essa chance. O dente-de-leão depura o fígado, reduz a inflamação do pâncreas e estimula a produção da bile. É uma das infusões mais saudáveis e curativas que existem logo a recomendamos tomar depois da sua refeição principal. O resultado é excelente.

3. As verduras mais adequadas

toranja

Seria necessário que por pelo menos durante uma semana ou dez dias levássemos uma dieta depurativa com a qual, revitalizaremos estes dois órgãos essenciais. Para isso, devemos tomar líquido abundante, pelo menos dois litros e meio de água. Sucos naturais como os indicados acima: limão, laranja, toranja, abacaxi, mamão…

É básico também consumir verduras frescas abundantes. Saladas de folhas verdes como o espinafre, rúcula, agrião. Todas as verduras ricas em vitamina B. complemente as saladas com carne magra como o peito de frango ou peru, o algum salmão. Frutos secos como as nozes, por exemplo. Outros vegetais muito adequados para o fígado e para o pâncreas são as alcachofras, além de serem saborosas, são curativas para estes órgãos, você também pode criar receitas ricas com elas. As verduras crucíferas, como o caso do brócolis ou da couve de Bruxelas, também são muito adequadas.

4. O segredo dos probióticos

iogurte

Sabemos que os lácteos não são bons, mas um iogurte natural fermentado que, por exemplo, possa ser elaborado em nossas casas, poderá ser muito benéfico para o nosso organismo. Eleva as defesas e nos trazem bactérias boas para nos proteger e também revitaliza nosso fígado e pâncreas. Outros alimentos ricos em probióticos são o kefir, a alga spirulina, a sopa de missô, o saboroso chá de kombucha que poderão ser encontrados em lojas de produtos naturais ou em sua farmácia. Estes alimentos são muito recomendados.