Como saber se preciso dormir mais? - Melhor com Saúde

Como saber se preciso dormir mais?

A falta de sono nos deixa de mau humor. Há estudos que a relacionam à irritabilidade e inclusive com problemas psicológicos como a depressão.

Com certeza você já leu, e em mais de uma oportunidade, que cada cabeça é um mundo e por isso não somos iguais aos outros em nossos hábitos, dietas, estilo de vida, entre muitas outras coisas. Você também deve ter escutado ou lido que depende de cada um a quantidade de horas que precisamos dormir para estar realmente descansados e com a bateria recarregada. Então, como saber se necessito dormir mais ou se já cumpri a quantidade de horas estipuladas segundo minha idade, sexo ou atividades diárias? Saiba de tudo isso neste artigo.

Sinais de que precisa dormir mais

Dormir mais  (ou melhor) pode ser a diferença entre ter um dia maravilhoso ou um dia para ser esquecido, entre o bom humor ou a cara amarrada, entre cumprir todas as nossas atividades ou deixar várias tarefas pendentes…e muitas coisas mais. Algo tão simples e essencial como o sono pode nos mudar por completo. Às vezes não nos damos conta de que nos falta horas de descanso e por isso ficamos doentes, nos sentimos mal e sem forças.

Preste atenção aos sinais que o corpo dá, eles nun ca falham. Talvez você esteja sofrendo de insônia ou de algum tipo de transtorno relacionado ao sono e não tenha se dado conta. É bom saber se seu sono está sendo realmente reparador ou se a quantidade de horas descansadas é suficiente. Para saber isso é importante reconhecer os sintomas que ajudam a indicar se você deveria dormir mais ou não:

Você sente fome o tempo todo

E não estamos falando de um momento especial do mês, no caso das mulheres, muito menos quando nos ataca a ansiedade ou vontade de comer algum doce. Mas falamos daquela sensação de estômago vazio não importando o alimento consumido. Isso pode ocorrer devido à falta de sono, já que ele é o encarregado de equilibrar certos hormônios, sobretudo a serotonina e dopamina, que mudam bastante quando descansamos.

Quem dorme pouco aumenta a produção de grelina, um neurotransmissor que avisa o cérebro que é hora de comer. Além do mais, se você ficar acordado até tarde da noite, é mais provável que tenha fome ou que acabe abrindo a geladeira. O corpo pedirá hidratos de carbono para se manter alerta, já que não entende que é hora de ir para a cama.

Comer de noite antes de conseguir dormin

 

Você não consegue se concentrar

A nutrição é vital para a memória e para a inteligência, mas o sono também é muito importante para que possamos nos concentrar, aprender, recordar, prestar atenção, entre outras tarefas mais. Tente compreender o que seu chefe fala numa segunda-feira de manhã após uma noite mal dormida. Com certeza, será muito difícil. No entanto, se você dormir o suficiente, poderá não só prestar atenção como também recordar, trabalhar dentro do tema e ainda oferecer boas ideias.

Durante o sono, nosso cérebro aproveita para reconstituir a memória a longo prazo. Por isso é indicado que os estudantes durmam depois de estudar e não fiquem acordados a noite toda. Se o aluno tiver um exame e sentir que não sabe nada, ainda que tenha estudado, pode ser devido à falta de sono.

Você fica doente frequentemente

O descanso está mais relacionado com o sistema imunológico. Se você está com gripe, dores de garganta ou resfriado todo mês, ou sente que nunca sara completamente de alguma doença deste tipo (viral ou bacterial), pode ser que esteja faltando horas de sono. O corpo, enquanto dormimos, produz mais barreiras que nos protegem das doenças. Isso ocorre porque o descanso tem efeitos reparadores. Por essa razão, quando você tem febre ou se sente mal, é provável que sinta vontade de dormir várias horas seguidas. Se nos faltarem horas de sono, teremos menos energia, pressão mais baixa e mais frio. Fortaleça suas defesas dormindo mais cada noite e consumindo mais quantidade de vitaminas.

Gripe por não conseguir dormir

Não consegue tomar decisões

Muitos acreditam que esse problema se deve a uma falta de autoestima ou autoconfiança, o que é certo, mas também, como se afirma na Medicina Tradicional Chinesa, no fígado vivem os espíritos que nos permitem ser criativos e iluminados, ou seja, que nos ajudam a tomar decisões. Maltratar o nosso fígado consumindo álcool ou comidas gordurosas dificultará nosso sono porque os espíritos não poderão trabalhar corretamente. Isso será notado em  nossos olhos e na perda da capacidade para analisar situações e pensar com a cabeça fria. Deixando a lenda de lado, o certo é que se não estivermos bem acordados, não poderemos tomar boas decisões.

Tudo lhe cai mal

Novamente, não vamos culpar os hormônios femininos nem o excesso de trabalho. A falta de sono nos deixa de mau humor, portanto, há um motivo para que de manhã tenha mais gente com cara triste do que feliz nos meios de transporte ou nos escritórios, já que seria preferível estar em casa. Vários estudos afirmam que não dormir bem acarreta problemas emocionais como depressão, irritabilidade, mudanças de humor, etc. É só pensar no que acontece com bebês ou crianças pequenas. Quando têm sono não param de chorar e ficam insuportáveis. Se você estiver passando por dias em que briga com todo mundo, o problema é você. Durma mais e vai ver como seu humor melhora.

Você tem problemas íntimos

A falta de sono traz como consequência a diminuição da libido e do apetite sexual. Também pode ocasionar disfunções nos homens. Se você notar mudanças na frequência com que mantém relações com seu parceiro, se não há nada que faça você pensar em uma noite de prazer e não existe nenhum afrodisíaco que surta efeito, quem sabe não deveria dormir um pouco mais.