Como saber se seu fígado está inflamado?

Como saber se seu fígado está inflamado?

Você sabia que se você acorda, sem motivo aparente, entre a uma e as três horas da manhã, pode ser que o seu fígado não esteja funcionando corretamente?

Ouvimos falar sobre o fígado com frequência, um órgão muito afetado por má alimentação, maus hábitos, estresse, emoções reprimidas, contaminações, etc. E tudo isso pode se manifestar de muitas formas em nosso corpo: como problemas de visão, pés de galinha, má circulação, problemas digestivos, astenia primaveral, entre muitas mais.

Nesse artigo explicaremos quais são os sinais mais habituais de que nosso fígado está inflamado, assim, será mais fácil tratá-lo naturalmente, prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida. Confira.

Problemas de visão

A medicina tradicional chinesa nos explica que esse órgão está diretamente relacionado com os problemas de visão, já que tanto os olhos quanto o fígado estão localizados no mesmo meridiano.

Evidentemente também existem fatores genéticos e muitas outras questões que influenciam na saúde dos olhos, porém, alguns problemas como, por exemplo, miopia, astigmatismo, presbiopia, podem ser bons indicativos para fazer uma revisão na situação do fígado.

Problema de visão relacionados ao fígado

Insônia da 1:00 às 3:00

Cada órgão tem um horário de máxima atividade, onde se regenera, como uma forma que o corpo encontra de combater naturalmente as doenças. No caso do fígado, esse horário vai da 1:00 às 3:00 e por isso, se costumamos acordar nesse horário à noite, sem motivo aparente e com frequência, podemos suspeitar de um mau funcionamento hepático.

Um ponto a se considerar é que se jantarmos muito tarde e consumirmos grandes porções, o nosso descanso noturno poderá ser afetado.

Pés de galinha

As rugas que aparecem nas laterais e abaixo dos olhos também podem estar relacionadas com a debilidade de nosso fígado, além de poderem coincidir com os problemas de visão. Por isso, os pés de galinha, especialmente se forem prematuros, nos ajudam a prestar mais atenção em nosso fígado. Do mesmo modo, se quisermos combater essas linhas também deveremos nos cuidar internamente.

Problemas de circulação

É surpreendente saber que a circulação e o fígado estão intimamente relacionados? O fígado é um órgão que limpa o nosso sangue e, portanto, sua função será indispensável para que ele circule corretamente. Dessa forma, se sofremos de problemas como varizes ou hemorroidas desde jovens, não devemos apenas tratá-los localmente, senão também regular o funcionamento do fígado.

Má digestão

O fígado faz parte do aparelho digestivo e é especialmente importante na digestão das gorduras, graças à bile que produz e armazena na vesícula biliar. Por isso, se apresentamos dificuldades em digerir alimentos gordurosos devemos cuidar para não sobrecarregar o fígado.

Será mais saudável comer porções menores com maior frequência, para que o fígado possa trabalhar melhor e, por exemplo, adicionar às refeições um pouco de suco de limão, que também nos ajudará a digerir melhor os alimentos gordurosos.

Além disso, a prisão de ventre também pode estar relacionada com problemas hepáticos.

Alimentos saudáveis para o fígado

Transtornos menstruais

Como já dissemos, o fígado está intimamente relacionado com o sangue e, portanto, não é de se estranhar que também tenha a ver com alterações dos períodos menstruais, dores, sintomas pré-menstruais, quaisquer irregularidades, etc.

Dor abdominal

Fruto das más digestões, podemos sofrer inchaço e pressão abdominal, mas o sintoma característico é uma dor parecida a uma sensação de pressão em cima das costelas, do lado direito, justamente acima de onde se encontra o fígado. Quando está inflamado, esse órgão faz pressão para o exterior, causando essa dor incômoda.

Enxaquecas

A enxaqueca pode ter vários motivos, mas algumas vezes ou habitualmente está relacionada com problemas digestivos e sobrecarga do fígado. Nesse caso, as enxaquecas costumam se apresentar com a menstruação, com excessos de comida ou bebida ou pelo contato com alguma substância tóxica (fumo do cigarro, contaminação, etc.). A enxaqueca seria o resultado do enorme esforço que o fígado precisa fazer para desintoxicar nosso organismo.

Astenia na primavera

Quando começa a primavera, é muito habitual sentir mais cansaço do que o normal e termos dificuldades para realizar esforços diariamente. Acontece especialmente na mudança de estação, e é possível que precisemos reforçar a função de nosso fígado com alguns remédios naturais ou sucos verdes.

Imagens fornecidas por neuroticcamel, elle_ann