Como tratar parasitas intestinais - Melhor com Saúde

Como tratar parasitas intestinais

Possuem diferentes nomes. São conhecidos como amebas, tênias, parasitas ou solitária. Gostaria de saber como tratar os parasitas intestinais? Então, siga lendo este artigo e saiba um pouco mais a respeito.
Como tratar parasitas intestinais

Os parasitas que habitam nossos intestinos estão agrupados em colônias e vivem graças a nós.

Competem pelo consumo de nutrientes e alimentos, por isso, podem nos causar muitos problemas. Os vermes intestinais podem ser microscópicos ou podem ter vários centímetros de comprimento.

Entre os primeiros, podemos destacar os protozoários ou amebas (que são transmitidas pela água contaminada), os Criptosporidium (quando a pessoa apresenta imunidade baixa), Giardia lamblia (por alimentos, água ou material fecal).

Entre os vermes intestinais que podem ser observados sem microscópio estão inclusos os Ancilostomas (se alimenta de sangue), o Trichuris (destrói as paredes intestinais), Ascaris lumbricoides (podem medir até 30 metros de comprimento e se alojam no intestino delgado), Enterobius vermiculares (atacam principalmente as crianças), solitária ou Taenia (devido ao consumo de carne de porco mal passada).

Parasita

Quais são as causas dos parasitas intestinais?

  • Sistema imune debilitado
  • Excesso de fast-food
  • Pressão arterial elevada
  • Depressão emocional
  • Picos de estresse
  • Falta de higiene ao preparar os alimentos
  • Alimento cru infectado
  • Não lavar as mãos antes de comer
  • Não lavar as mãos depois de ir ao banheiro
  • Seguir uma dieta carente de nutrientes
  • Caminhar descalço em lugares infectados

Parasita

Quais sintomas estão relacionados com a existência de parasitas?

  • Anemia
  • Palidez geral
  • Cólicas
  • Dor de cabeça
  • Cansaço
  • Emagrecimento
  • Tosse intensa
  • Ranger de dentes
  • Febre
  • Falta de apetite
  • Dormir com os olhos abertos
  • Vômitos
  • Insônia
  • Coceira nas nádegas ou no ânus
  • Comportamento irritado ou violento

Como prevenir os parasitas intestinais?

Mantenha uma boa higiene pessoal

Lave sempre as mãos ao sair do banheiro, ao chegar da rua, ao tocar no dinheiro, antes de cozinhar, depois de trocar uma fralda, etc.

Siga uma dieta saudável

Desta maneira, o sistema imune não ficará debilitado e você evitará a contaminação por vermes por qualquer das vias indicadas anteriormente. Consuma mais vitamina C e A.

Ferva a água

Se você não está seguro da potabilidade da água, por exemplo, em uma viagem, o melhor é fervê-la. Caso não consiga fazer isso, beba água engarrafada e preste atenção à sua cor e sabor.

Lave bem os alimentos

Principalmente aqueles que são consumidos crus, como as frutas e os vegetais. Tente consumir a carne bem passada.

Frutas e vegetais pára tratar parasitas intestinais

Remédios naturais para parasitas intestinais

Caso você tenha parasitas intestinais, é necessário realizar um tratamento o mais rápido possível para expulsá-los do organismo e para que não continuem aumentando de tamanho e quantidade (estes parasitas se reproduzem de forma veloz).

Se o afetado for uma pessoa adulta, durante dois ou três dias, este deve consumir abacaxi e dois dentes de alho (um em jejum e outro ao meio-dia), nada mais.

Também deve beber dois litros de água com várias gotas de suco de limão. Por sua vez, deve preparar infusões de salsa e beber dois litros durante o dia.

Alimento pára tratar parasitas intestinais

Deste modo, os parasitas ficarão fracos e poderão ser eliminados mais rapidamente. Lembre-se de que nestes dias não é bom sair de casa, pode poderá ter colite ou diarreia. Você pode reduzir os sintomas bebendo duas xícaras de água de arroz (a mesma usada para ferver, depois de filtrar).

Uma vez passado estes dias de desintoxicação, mantenha uma dieta saudável durante cinco dias. Não consuma farinhas brancas, açúcares refinados, lácteos, frituras nem carne. Continue bebendo muita água e consuma vegetais crus. Mantenha repouso.

Caso o paciente seja uma criança, faça-a consumir alho fresco em jejum. Pode triturar e misturar com limão. Siga esta dieta durante uma semana, na qual a criança deverá comer somente vegetais e frutas (em quantidades grandes, caso se tenha muito apetite).

Mais remédios caseiros para vermes:

Receita 1 para parasitas intestinais

Ingredientes

  • 3 dentes de alho
  • 1 xícara de água quente (250 ml)

Modo de preparo

Coloque os alhos descascados e triturados na água quente e deixe repousar toda a noite. Beba pela manhã, em jejum.

Receita 2 para parasitas intestinais

Ingredientes

  • ½ colher de tomilho
  • ½ colher de raiz de genciana
  • ½ colher de camomila amarga
  • ½ xícara de água (125 ml)

Modo de preparo

Ferva a água com as ervas durante 10 minutos. Desligue o fogo e deixe repousar por mais 10 minutos. Beba em jejum. Repita por 10 dias seguidos (crianças) ou 20 dias (adultos).

Chá pára tratar parasitas intestinais

Receita 3 para parasitas intestinais

Ingredientes

  • 1 maço de hortelã ou menta
  • 1 litro de água
  • 2 dentes de alho
  • ½ xícara de leite

Modo de preparo

Ferva a hortelã com a água e coe. Misture com os dentes de alho e o leite. Deixe esfriar e beba logo depois. É necessário consumir em jejum.

Leite pára tratar parasitas intestinais

Receita 4 para parasitas intestinais

Ingredientes

  • 2 colheres de sementes de abóbora
  • ½ xícara de água morna (125 ml)

Modo de preparo

Misture ambos e beba em jejum.

Receita 5 para parasitas intestinais

Ingredientes

  • ¼ xícara de leite (62 ml)
  • 4 sementes de abóbora

Modo de preparo

Moa as sementes e dissolva no leite morno. Beba em jejum durante uma semana.

Receita 6 para parasitas intestinais

Ingredientes

  • ¼ xícara de suco de laranja (62 ml)
  • 2 colheres de suco de mamão
  • 2 colheres de azeite de oliva

Modo de preparo

Misture tudo e beba pelas manhãs para eliminar os vermes.

Receita 7 para parasitas intestinais

Azeite de oliva pára tratar parasitas intestinais

Ingredientes

  • 500 ml de azeite de oliva extra virgem
  • 60 g de planta seca de absinto

Modo de preparo

Deixe macerar ambos elementos em um frasco escuro e hermético durante 10 dias. Depois, consuma duas colheres por dia, em jejum.