Dieta em festas: conheça 20 dicas para se controlar

Conheça 20 dicas para controlar a dieta nas festas

Durante a dieta, você fica nervosa quando surge um convite para festa ou jantar? Acalme-se! Seguir uma dieta à risca não é tarefa fácil, ainda mais quando surgem inesperadamente convites para festas e jantares.

Nesses momentos é inevitável surgir dúvidas sobre como não desviar o foco do emagrecimento comendo fora de casa. Confira dicas de como evitar aquelas clássicas escorregadas nessas situações desafiadoras!

HORA DA FESTA FIQUE ATENTO AOS PRATOS PARA SUA DIETA

1. Faça um lanchinho antes de sair de casa. Isso evita que você seja atraída por alimentos que não são saudáveis a dieta.

2. Leve um prato saudável para que todos possam experimentar. Assim você será uma convidada solidária e ainda vai camuflar as tentações.

3. Se você for a anfitriã, procure acrescentar pratos leves ao cardápio. Vá de frango assado ao invés de frito. Use homus ao invés de patês pesados para seus palitinhos de legumes. Peça pizza vegetariana de massa fina com queijo light ao invés de massa grossa com muita coisa em cima.

4. Use pratos pequenos e se sirva com porções menores. Isso ajuda a comer de tudo, mas ingerir poucas calorias. Dessa forma é possível participar integralmente da festa.

5. Beba qualquer tipo de bebida em taças de vinho para se sentir mais parte do evento. Aproveite para experimentar água com gás com um pouquinho de suco de cramberry.

6. Se quiser beber, lembre-se de emagrecer os drinks: alterne cada coquetel com um copo de água. Isso vai te ajudar a segurar o álcool e também a fome.

taça de vinho para dieta

SOBREVIVA EM RESTAURANTES PARA MANTER SUA DIETA

7. Deixe todos os molhos e patês de lado para que você possa controlar a quantidade de calorias que ingere. Uma colher de sopa de molhos de salada e condimentos podem acrescentar 100 ou mais calorias ao prato.

8. Guarnições podem ser fatais para dieta. Um cheeseburger de 500 calorias pode se transformar em uma refeição de 1500 calorias quando acompanhado de batatas e bebida. Até aquele filé de peixe, que parece magro, quando servido com batatas assadas pode resultar em até 700 calorias ingeridas. Portanto, procure sempre trocar amidos por verduras. Saladinhas (com molho à parte, é claro) e legumes no vapor são a melhor aposta.

9. Encontre restaurantes que você goste muito, e torne-os seus lugares para bater cartão. Procure sempre pelos que sirvam comidas saudáveis e que, se possível, listem as calorias do cardápio.

10. Se você gosta de sopa, certifique-se de escolher sopas à base de água, como purês, minestrone e canja, ao invés de sopas à base de creme de leite ou cremes.

11. Sempre pergunte ao garçom se é possível preparar a comida sem manteiga ou óleo.

12. Em restaurantes com porções generosas, peça que o garçom traga metade do prato e embrulhe a outra metade para viagem. Dessa forma, você irá poupar calorias e não vai passar vontade com a comida no prato.

13. Outra opção para administrar o problema da porção grande é dividir o prato com o seu parceiro de mesa.

14. Quem foi que disse que você tem que pedir uma entrada, um prato principal e uma sobremesa? Vá direto a segunda opção e salve a sua boa forma. Agora, se for uma tradição, prefira salada sem acompanhamentos. Ou então peça duas entradas leves como prato principal.

15.  Evite especificamente comidas que estejam descritas com palavras perigosas, como coberto, recheado, macio, frito e cremoso. Elas representam uma quantidade absurda de calorias.

16. Já comeu uma omelete ou pizza que estejam pingando de óleo? É fácil retirar o excesso colocando sobre a fatia guardanapos absorventes. Fazendo isso você economizar em torno de 100 e 200 calorias.

17. Em restaurantes mexicanos, escolha tacos grelhados em tortilhas de milho ou, melhor ainda, peça uma tigela de taco ou burrito (com salada em vez de arroz). Experimente carne assada e tostadas. Como acompanhamento, prefira feijão-preto, desde que não seja preparado com bacon.

18. Nos restaurantes árabes, peça souvlaki, kebabs, salada grega, tabule, homus, coalhada ou pão sírio.

19. Já nos orientais, experimente sashimi, salada de algas, satay de frango e arroz integral. Dê preferência a alimentos preparados no vapor.

20. Agora, quando a cozinha for italiana, coma frango grelhado ou frutos do mar, macarrão sem creme de leite ou minestrone.