Adoçantes naturais e saudáveis: conheça diferentes opções

Conheça diferentes adoçantes naturais e saudáveis

Tomar três infusões diárias de estévia pode ajudar a regular os níveis de açúcar, por isso ela é muito recomendada para pessoas diabéticas.

O açúcar branco é um ingrediente abundante em nossa alimentação, apesar de não nos oferecer nenhum benefício e a longo prazo contribuir para o surgimento de uma série de problemas de saúde.  Por isso, hoje apresentaremos diversas alternativas saudáveis e naturais para adoçar nossas receitas e aproveitar, ao mesmo tempo, inúmeras propriedades para a saúde. Também falaremos sobre adoçantes naturais recomendados para diabéticos, obesos etc.

Você conhece o melaço, a estévia, os xaropes, a rapadura, dentre outros? Leia e saiba mais.

Açúcar mascavo, integral e da cana

O açúcar mascavo é uma das opções mais fáceis de encontrar, basta procurar no supermercado. Esse açúcar não é refinado, diferentemente do branco, por isso contém as vitaminas (A, B1, B2 etc) e minerais naturais da cana de açúcar ou da beterraba.

Mas, claro, o processo de fabricação influenciará muito, pois algumas marcas comercializam açúcar branco com uma leve cor “torrada”, o que não deixa de ser açúcar branco com adição de extrato de melaço.

O açúcar mascavo é recomendado para receitas como biscoitos e doces, ele é econômico e mais saudável. Entretanto, para adoçar, optaremos preferencialmente pelos adoçantes dos quais falaremos a seguir.

Adoçantes natual de rapadura

Adoçantes natual de rapadura

A rapadura é feita através da evaporação dos sucos da cana de açúcar. É muito consumida na América latina e, assim como o mel, possui efeitos balsâmicos e expectorantes, o que a configura como um remédio medicinal ideal para consumir com água quente e limão em casos de resfriados, gripes, dores de garganta, etc.

Além disso, contém 50 vezes mais minerais que o açúcar refinado, dentre os quais podemos destacar o cálcio, o potássio, o magnésio, o cobre, o ferro e o fósforo.

Adoçantes natual de mel de abelha

O mel de abelha, além de adoçar 25 vezes mais que o açúcar, ainda confere um sabor delicioso e é um alimento muito nutritivo. Também é um poderoso antibiótico natural.

Ele possui numerosas propriedades, dentre as quais podemos citar: antissépticas, fortificantes, calmantes, laxantes, diuréticas e antibacterianas. É recomendável tomar uma colher de chá por dia, sozinha ou misturada com suco, iogurte, infusões, etc.

É importante consumir um mel ecológico e cru, para que realmente seja possível aproveitar todas as suas propriedades. Como curiosidade, destacamos que, em casos de feridas e queimaduras, podemos aplicar um pouco de mel em cima, para ajudar na cura e cicatrização.

Adoçantes natural de Mel da cana

Adoçantes natural de Mel da cana

O mel da cana (ou melaço) é obtido da cana de açúcar e é denominado “mel” por sua semelhança com o mel de abelha, apesar de geralmente apresentar uma cor mais escura e um sabor mais forte. De fato, quanto mais escura a sua cor, mais propriedades benéficas ele tem.

É rico em minerais e vitaminas, por isso é altamente recomendado a atletas, crianças, pessoas com anemia, exaustão, estresse etc.

Estévia

A estévia é um milagre da natureza! Essa planta, de origem paraguaia, tem a propriedade de adoçar mais do que o açúcar branco e oferecer inúmeros benefícios para a nossa saúde: é levemente hipotensora, é digestiva, melhora a saúde mental e a circulação, dentre muitas outras propriedades.

Além disso, ela não contém calorias, o que é ideal para pessoas que seguem dietas de emagrecimento.

Também é excelente para diabéticos, não apenas porque não altera os níveis de açúcar no sangue, como também porque foi comprovado que, em muitos casos, pode ajudar a regular esses níveis naturalmente, bastando tomar 3 infusões diárias da planta.

Para se beneficiar de suas propriedades, tome-a em pó ou em extrato puro, ou como citado anteriormente, preparando infusões de suas folhas. Se quisermos adoçar sem sentir o sabor peculiar da planta, que é similar ao da raiz, podemos adquirir um extrato purificado (de cor transparente).

Ainda que esta opção não seja tão terapêutica, nos permitirá adoçar sem oferecer calorias e sem os efeitos maléficos do açúcar ou dos adoçantes artificiais, como é o caso do aspartame.

Adoçantes de Xarope de agave

O xarope de agave, extraído de um tipo de cacto, tem uma textura semelhante a do mel e um sabor doce, mas suave. Esse adoçante natural também é ideal para diabéticos, sempre que consumido com moderação, já que tem um índice glicêmico baixo.

Como os adoçantes anteriores, este também possui múltiplas propriedades benéficas, mas temos de estar seguros de que, em seu processo de fabricação, ele tenha sido processado cru e não a altas temperaturas.

É ideal para adoçar infusões, sucos, vitaminas, etc. também podendo substituir o açúcar em uma infinidade de receitas.

Recomendamos sempre, para aqueles que sofrem de alguma doença, que consultem um médico antes de consumir qualquer alimento continuamente.

Imagens oferecidas por  kulinarno, alsjhc y sweetbeetandgreebean