Conheça todos os tipos de diabetes? - Melhor com saúde

Conheça todos os tipos de diabetes

Em geral, a diabetes se caracteriza pela incompetência do corpo em produzir insulina, hormônio necessário para manter a glicose em níveis satisfatórios.

A doença atinge  o metabolismo porque incide sobre as proteínas e carboidratos ingeridos pelo organismo.

Fique atento as variações

Existem quatro tipos de diabetes constatadas até hoje: Diabetes Mellitus tipo 1, Diabetes Mellitus tipo 2, Diabetes Insipidus Central e a Diabetes Insipidus Nefrogênico. Veja o que é cada uma delas.

Diabete Mellitus tipo 1

A Diabetes Mellitus tipo 1 consiste numa doença que proporciona o aumento de açúcar no sangue.

O pâncreas, órgão do corpo responsável pela fabricação de insulina, não produz o hormônio ou produz em pequena quantidade.

São pessoas que já nascem com este problema ou adquirem a doença quando crianças ou ainda adolescentes.

Como tratar a tipo 1?

Ela atinge em média 10% dos diabéticos. Este tipo de diabetes requer um tratamento de choque, quando a pessoa necessita receber diariamente insulina no organismo. Não tem outro jeito, pelo menos por enquanto.

Diabete Mellitus tipo 2

A tipo 2 é a mais comum das diabetes. Neste caso o paciente produz a insulina, mas não em quantidade suficiente para deixar a glicose em níveis satisfatórios.

Aparece geralmente depois dos 30 anos e pode ter fatores genéticos. Outra forma de apresentação é a produção de insulina suficiente  mas com um aproveitamento errôneo do organismo, que fica resistente ao hormônio da insulina.

Tratamento

Além de medicamentos existentes no mercado, recentemente foi aprovado o medicamento canaglifozina.

Este medicamento, associado a uma dieta correta e exercícios físicos, reduz a glicose no sangue, já que inibe a reabsorção da glicose pelo rim, proporcionando sua eliminação pela urina.

Ambas necessitam de alimentação balanceada, sem ingestão de açúcar e carboidratos.

diabetes

No dia 29 de março deste ano (2013) foi divulgada a aprovação de um novo medicamento para tratamento do diabetes tipo 2, canaglifozina, que quando associado a dieta e atividade física, melhora o controle glicêmico de pessoas adultas portadoras de diabetes tipo 2. (Fonte: diabates.org.br)

Veja o que a Diabetes Insipidus

Este tipo de diabetes nada tem a ver com a quantidade de glicose no sangue, mas está diretamente relacionada a perda de água pelo organismo.

O indivíduo urina em demasia, colocando pra fora a água que deveria estar armazenada no organismo. O resultado pode ser uma desidratação e sede excessiva.

O que é a Diabetes Insipidus Central?

O ADH é o hormônio que controla a quantidade de água do organismo. Quando está faltando, pede água, quando está sobrando, elimina água pela urina.

Quem tem este tipo de diabetes para de produzir o ADH e por isso urina demais. O jeito é repor o hormônio via oral e beber bastante água.

E o que é afinal a DI Nefrogênio?

A Diabetes Insipidus Nefrogênio já não é a falta de ADH e sim uma função errônea do hormônio no rim, que não trabalha direito e age como se ele não existisse. O tratamento é feito com suspensão do lítio e correção dos distúrbios de cálcio e potássio.

Imagem principal oferecida por Comms Engage.