Como controlar a transpiração excessiva - Melhor com saúde

Como controlar a transpiração excessiva?

A água de hamamélis é uma opção muito recomendada para combater o suor facial. Ela reduz o excesso de transpiração e deixa a pele limpa e seca.

A hiperidrose ou produção excessiva de suor é um transtorno que afeta muito a qualidade de vida das pessoas que sofrem com isso e nem sempre está relacionado com o esforço ou a temperatura.

O suor é uma ação natural do corpo, pois controla a temperatura e a quantidade de líquidos do organismo, mas, quando o suor é excessivo, não traz nenhum benefício e ainda pode limitar a atividade da pessoa. Neste artigo, apresentaremos alguns remédios naturais para controlar o excesso de suor, um problema que afeta 3% da população mundial.

Suor excessivo

O suor é produzido pelas glândulas sudoríparas e é excretado pelos poros da pele com o objetivo de refrescar a pele, ele também tem a função de equilibrar a temperatura corporal e eliminar o excesso de líquidos. 

Em alguns casos, as glândulas são muito ativas e produzem suor, mesmo que o corpo não precise se refrescar.

Isto pode acontecer, em primeiro lugar, por conta de fatores hereditários, mas também existem medicamentos e doenças que podem provocar a hiperidrose. 

Finalmente, as alterações do sistema nervoso, como o estresse, a ansiedade ou tensões emocionais, também podem aumentar a transpiração. 

É importante vigiar os alimentos que contribuem com a transpiração e buscar remédios naturais, já que existem alguns produtos antitranspirantes no mercado que não são recomendados para a saúde, pois cortam completamente uma via de eliminação de toxinas do corpo, provocando doenças em longo prazo.

A alimentação adequada

Temperos como a pimenta ou o gengibre aumentam a temperatura do corpo e também a quantidade de suor. Estes alimentos são usados para baixar a febre porque fazem suar. Mas neste caso, se sofremos com uma transpiração excessiva, é melhor evita-los sempre que possível. Também devemos evitar os alimentos e bebidas muito quentes.

Os alimentos ricos em iodo também podem agravar o problema, como por exemplo:

Também é importante, em geral, evitar comer demais. Recomenda-se comer alimentos adstringentes, como:

No caso do tomate, podemos preparar gaspacho ou suco de tomate para tomar todos os dias.

suco-tomate-postbear

A sálvia

A sálvia contém vitamina B, que ajuda a reduzir a atividade das glândulas sudoríparas e, consequentemente, a transpiração. 

Podemos tomar a infusão ou o extrato. As folhas de sálvia também podem ser ingeridas em saladas, em molhos ou empanadas.

Finalmente, o óleo essencial de sálvia está presente em muitos desodorantes naturais, ou seja, também podemos aplicar umas gotinhas diretamente sobre a pele ou preparar nosso próprio desodorante natural.

salvia-Fernando-Stankuns

Esporos de licopódio

Os esporos de licopódio, também conhecidos como “enxofre vegetal”, absorvem o suor ao mesmo tempo que freiam a proliferação de bactérias causadoras do mau cheiro. Também previnem as possíveis irritações e ardências. Os esporos devem ser aplicados a cada manhã e a cada noite, sobre as zonas que mais transpiram, evite aplicar sobre qualquer ferida aberta.

Banhos de argila vermelha

Pelo menos uma vez na semana, podemos realizar um banho quente com argila vermelha em pó. A argila absorve toxinas de nosso organismo, e o banho ajudará a relaxar nosso sistema nervoso.

Água de Hamamelis

O Hamamelis tem uma ação adstringente que reduz a transpiração excessiva, deixando a pele limpa e seca.

Podemos adquirir a água de Hamamelis em ervanários e borrifá-la no corpo com a água antes nos vestirmos e também naqueles momentos em que notamos o excesso de suor. É um excelente remédio, por exemplo, para combater a transpiração facial.

Hamamelis mollis 94-395-A

Últimas dicas

Finalmente, recomendamos usar roupa de tecidos naturais, como o algodão, leve e folgada para que proporcione uma boa ventilação.

Não devemos nos esquecer, além disso, de que as pessoas que sofrem com a transpiração excessiva perdem muito líquido, por isso, é importante beber água ao longo do dia, especialmente fora das refeições.

Imagens oferecidas por postbear, Fernando Stankuns y Tie Guy II