Controle o diabetes - Melhor com saúde

Controle o diabetes

O diabetes é uma doença causada por uma disfunção metabólica em nosso corpo, que acaba por gerar um aumento exagerado do açúcar ou glicose presente em nosso sangue.

A glicose nada mais é do que uma fonte fundamental, e principal, de energia em nosso organismo, e uma disfunção na geração do hormônio que chamamos de insulina acaba por comprometer a sintetização da glicose e comprometer nosso organismo, causando o diabetes.

Há diabetes do tipo 1, que é um tipo autoimune da doença. O sistema imunológico ataca o pâncreas e prejudica a produção de insulina.

O tipo 2, é a forma da doença mais comum e está relacionada à velhice, obesidade e hereditariedade. O último tipo, é diabetes gestacional, que ocorre com o aumento do nível de açúcar no sangue na primeira gravidez da mulher.

Pode simplesmente desaparecer após o parto ou transformar-se em um outro tipo da doença, o tipo 2. 

2948650343_d5909d02de

Muitas pessoas acreditam que por ser diabético é necessário abrir mão de comer quase tudo. O que o diabético precisa saber é que pode sim comer tudo o que gosta, mas moderadamente.

O ideal é que consuma alimentos que sejam favoráveis a sua doença e atuem como verdadeiros remédios para a saúde, diminuindo a glicose encontrada no sangue.

Que alimentos consumir?

Inclua em sua alimentação ingredientes ricos em fibra, como os alimentos integrais. Não se preocupe, pois mesmo a aparência sendo bem diferente, o sabor é bem parecido.

Comer arroz e pães integrais, por exemplo, é um ótima escolha. São ricos em nutrientes e as fibras são essenciais já que trabalham na liberação da glicose no corpo.

Há muitos alimentos que são ricos em fibras. Frutas como maçã, pera, melão, ameixa, laranja, verduras, legumes crus, aveia, trigo, lentilha, ervilha e feijão são uma ótima pedida.

ervilhas. gilest

O poder das farinhas

Farinha de linhaça é um importante aliado contra o diabetes. Apresenta em sua composição ômega-3 que atua diretamente nas inflamações que são constantes em pessoas diabéticas, além de ser primordial para as células do nosso organismo.

Uma dica é consumir esta farinha junto com iogurte, frutas ou até mesmo na comida.

Coma farinha de maracujá! É com a casca desta fruta que a farinha é feita. E quando transformada em farinha, encontra-se um importante nutriente, que é a pectina. Esta atua retendo água e regula o funcionamento do intestino.

Quando realiza o trajeto que inicia na boca e vai até o intestino, a pectina carrega a glicose e o colesterol dos alimentos até eliminá-los.

Farelos de aveia na sua alimentação. Apresentam muitas fibras solúveis em sua composição e são imprescindíveis para controlar a glicemia na corrente sanguínea.

Gorduras e doces saudáveis

Encontramos no abacate, nozes, castanha e azeite de oliva gorduras saudáveis ao nosso corpo. Estas gorduras juntamente com carboidratos encontrados em frutas e cereais, por exemplo, conseguem saciar o apetite de forma saudável e prolongada.

Além disso, é possível agir na nutrição das células, prevenir lesões e diminuir a liberação de glicose no sangue.

castanha.hiljainenmies

Todos nós sabemos que o doce é o grande problema dos diabéticos. E por esse motivo, se faz necessário substituir o açúcar por adoçantes. Para quem apresenta um nível controlado de glicemia, uma ótima opção de consumo é o agave, que é extraída de uma planta mexicana. Apesenta um pequeno índice calórico e glicêmico, o que não acarreta em alterações na glicemia.

E não esqueça: vá ao médico regularmente. O nutricionista, por exemplo, é indicado para receitar dietas específicas para cada caso com a finalidade de manter a vida de seu paciente tranquila e saudável.

Imagens oferecidas por: hiljainenmies e gilest.