Como detectar a depressão em uma pessoa querida - Melhor com Saúde

Como detectar a depressão em uma pessoa querida

Os distúrbios do sono são muito comuns nas pessoas com depressão. Pode ser que elas não consigam dormir por culpa da insônia, ou podem passar horas e horas dormindo.
Detectar a depressão em uma pessoa querida

Uma pessoa deprimida pode esconder muito bem seus sentimentos e “atuar” diante de certas situações. Ela não permite que os demais conheçam suas emoções.

Neste artigo oferecemos alguns conselhos para detectar a depressão em uma pessoa querida.

Sinais típicos da depressão

Mulher depressiva pensando

Embora algumas pessoas deprimidas sejam fáceis de identificar porque costumam estar tristes, apáticas, ou ser “sombrias”, também existem outros indivíduos que podem esconder esta emoção por meio de uma máscara ou papel que inventaram.

Eles podem até ser simpáticos e extrovertidos, mas, no fundo, sua depressão não lhes permite desfrutar a vida. Preste atenção nos seguintes sinais que podem nos alertar para esta situação:

Visite este artigo: Quando a tristeza se torna crônica: distimia

Comportamentos de uma pessoa que pode estar com depressão

1. Pode estar alegre “de mentira”

Se analisarmos a foto de uma pessoa rindo podemos saber se o sorriso é verdadeiro ou não. Como? Observando seus olhos.

Se estes estão um pouco fechados, é provável que o sentimento seja verdadeiro. Por outro lado, se o sorriso só envolve a boca, talvez a pessoa esteja mentindo.

Preste atenção nisso da próxima vez em que falar com alguém que pode estar deprimido.

2. Perde a vontade de viver

Homem depressivo com ramilhete de flores

Por exemplo, se até pouco tempo a pessoa gostava de fazer exercício, ir a uma aula de música, visitar museus, viajar, ou simplesmente sair com os amigos, e agora procura desculpas para ficar em casa, talvez este possa ser um sinal de uma depressão “encoberta”.

Uma pessoa sociável que rejeita convites a festas, jantares ou eventos talvez não esteja passando por um bom momento. Se esta situação se mantiver, talvez você possa ajudá-lo a conseguir ajuda profissional.

3. Seus hábitos alimentares não são normais

Existe um grande vínculo entre a comida e as emoções. Quando estamos deprimidos ou tristes, podemos comer além da conta.

Também podemos ter ataques de ansiedade durante a madrugada e consumir tudo que encontramos na geladeira.

Se, por exemplo, você nota que a pessoa come o tempo todo, que não se dá conta da quantidade de alimentos que coloca em seu prato, ou que pode estar ganhando peso rápido demais, talvez esteja tentando escapar da depressão por meio da comida.

4. Faz comentários pessimistas

Muito além de uma piada ou uma frase solta, precisamos prestar atenção nos comentários regulares da pessoa de quem gostamos.

A depressão nos faz ver as coisas de outra maneira, e nos baseamos no “copo meio vazio” em todas as situações.

Ter um dia ruim também pode nos transformar em pessimistas, mas isso é constante nas pessoas deprimidas.

No entanto, se a pessoa passa o tempo todo falando que algo ruim vai acontecer, que nada sairá como o esperado ou que uma má notícia está à espreita, então ela não se encontra bem psicologicamente.

5. Espera sempre o pior

Além de ser pessimista, uma pessoa com depressão pode ser “fatalista”. Isso significa que sempre estará pensando em acidentes, problemas ou emergências.

Por exemplo, se ela vai viajar, pode dizer “espero que o avião não caia”.

Isso se deve ao fato de que ela não pode se comprometer com a felicidade. Sente que caso se alegre demais por alguma coisa, algo dará errado.

6. Muda de humor continuamente

Moça com depressão

Ela pode passar do choro ao riso, da ira ao júbilo, ou da euforia à tranquilidade em questão de minutos.
Isso não se deve a sua capacidade de “camaleão” para se adaptar à situação, mas sim ao fato de que existe um desequilíbrio interno que não é capaz de controlar.

As emoções voláteis são comuns nas pessoas deprimidas, e elas podem estar de mau humor continuamente, ou então mudar de ânimo em um piscar de olhos.

A pessoa também pode ser mais hostil ou irritável e colocar a culpa no entorno e nas pessoas que a rodeiam, já que nunca assumirá a responsabilidade por aquilo que lhe acontece.

7. Não dorme o suficiente

A insônia, os pesadelos e demais alterações do sono são muito comuns nas pessoas deprimidas. Talvez ela possa passar o final de semana inteiro dormindo, e nos dias seguintes não pregar um olho a noite toda.

Talvez acorde no meio da madrugada e não possa pegar no sono novamente, ou precise de um cochilo no meio do dia.

Leia também: Como fazer um unguento caseiro para melhorar a qualidade do sono

8. Não consegue se concentrar

A depressão se caracteriza (entre outras coisas) por pensamentos negativos que não dão lugar a nenhum outro.

Quando a mente está repleta de ideias de qualquer tipo, não consegue se concentrar, prestar atenção, e nem reter informação.

Tudo isso causa uma queda na produtividade ou rendimento da pessoa, seja no trabalho, nos estudos, ou na vida cotidiana.

Pode ser que você esteja falando e note que ela não está ouvindo, que perde o fio da meada e pergunta algo que você já disse, ou que precise de mais tempo do que o normal para fazer uma determinada tarefa.

Outros sinais que alertam sobre uma depressão em uma pessoa são:

  • Sente-se culpada por tudo que acontece.
  • Aumenta o consumo de álcool, drogas e outras substâncias similares.
  • Fala muito sobre a morte.
  • Deixa de lado sua higiene pessoal ou a limpeza do lar.

Imagem principal cortesia de © wikiHow.com