A que se devem os zumbidos nos ouvidos?

A que se devem os zumbidos nos ouvidos? Trate-os de forma natural!

Se você costuma se submeter a frequências de som muito elevadas, é recomendável que utilize protetores, já que a exposição a ruídos fortes aumenta a probabilidade de desenvolver zumbidos.
A que se devem os zumbidos nos ouvidos?

A que se devem os zumbidos nos ouvidos? O zumbido nos ouvidos pode ser um problema comum para qualquer pessoa, e pode se desenvolver a qualquer momento; no entanto, quando o problema é frequente e crônico pode tratar-se de um transtorno mais grave como o tinido.

Este problema se caracteriza por um som ou assobio constante que afeta um ou ambos os ouvidos, geralmente produzido pela transmissão de sons no nervo auditivo ou então, porque o ouvido está cheio de liquido.

Na maioria dos casos, o som, só pode ser escutado na mente da pessoa afetada e pode estar associado à perda da audição.

Por isso, é muito importante saber diferenciar um zumbido momentâneo, causado por algo em especial, e o tinido crônico que supõe a existência de um problema auditivo maior.

Quais são os sintomas dos zumbidos nos ouvidos?

Uma pessoa pode suspeitar que sofre de tinido se sentir os seguintes sintomas:

  • Ruídos frequentes.
  • Assobios em um ou em ambos os ouvidos.

Recomendamos a leitura de: Acufenos, os incômodos assobios nos ouvidos: causas e tratamentos

O que causa o tinido?

O tinido não é considerado, por si só, uma doença, mas aparece como um sinal de problemas associados ao sistema auditivo. De fato, várias partes deste sistema, incluindo o ouvido, podem estar defeituosas e podem permitir a ocorrência de zumbidos.

A maioria dos diagnósticos deste problema não tem uma causa específica, mas o que se sabe é que pode ter consequências na saúde auditiva. Neste caso seria considerado um tinido primário e necessitaria de atenção médica imediata.

Também existe um tipo secundário, caracterizado por ter uma causa específica e que não implica na perda da audição, mas sim em zumbido constante.

Geralmente, todas as causas de tinido estão associadas a problemas do sistema auditivo, pois este é bastante sensível.

Entre elas podemos encontrar:

  • Acumulação de cera no ouvido externo.
  • Algum fio de cabelo solto no canal auditivo que toca o tímpano.
  • Infecções do ouvido médio ou endurecimento dos pequenos ossos que se encontram nesta zona.
  • A exposição a ruídos intensos.
  • A presença de algum corpo ou agente estranho no interior do ouvido.
  • Ferimentos nos ouvidos.
  • Alteração da pressão sanguínea.
  • Consumo de drogas.
  • Sofrer de doenças coronárias ou obesidade.
  • Tumores nos ouvidos.
  • Tímpanos perfurados.

Como tratá-lo de forma natural?Como-tratar-zumbidos-de-forma-natural

Ainda que se requeira atenção médica para receber um diagnóstico adequado, existem vários hábitos saudáveis e naturais que podem ajudar a diminuir os sintomas dos zumbidos nos ouvidos.

1.Controlar a obesidade e o colesterol

Os pacientes que conseguem reduzir em 10% os seus níveis de obesidade e de mau colesterol no sangue podem reduzir de forma significativa este problema.

2. Adotar uma dieta saudável

O ideal é melhorar a alimentação mediante a adoção de uma dieta rica em vegetais, vitaminas, minerais, proteína e antioxidantes, reduzindo ao mesmo tempo o excesso de gordura e de açúcar.

3. Evitar os ruídos fortes

As pessoas que, por uma ou outra razão, têm que se submeter a constantes ruídos fortes e irritantes, correm um maior risco de desenvolver zumbidos e de perder sua audição.

Por isso, é muito importante evitar este tipo de exposição e, quem não puder evitá-lo, deve utilizar algum tipo de proteção auditiva que reduza o impacto negativo do som no canal auditivo.

4. Não tomar aspirina ou similaresAspirina-contra-zumbidos-nos-ouvidos

Devido à sua alta concentração em ácido acetilsalicílico, a aspirina e similares, como o tylenol e a novalgina, não devem ser tomados porque podem piorar os sintomas.

5. Praticar exercícios

A prática diária de exercício contribui para melhorar a circulação de todo o corpo que, por sua vez, previne o aparecimento de zumbidos.

6. Beber água

O consumo de água é essencial para a saúde de todo o corpo, incluindo a dos ouvidos. A desidratação também está associada ao aumento dos zumbidos recorrentes nos ouvidos.

Ver também: Como tratar as infecções dos ouvidos?

7. Controlar a hipertensãoHipertensão-contra-zumbidos-nos-ouvidos

A maioria das pessoas sabe que sofrer de pressão arterial alta aumenta o risco de acidentes cerebrovasculares e de doenças do coração. O que poucos sabem é que também pode ter uma relação com a perda auditiva e com a ocorrência frequente dos zumbidos.

8. Adotar técnicas de relaxamento

As técnicas e tratamentos de relaxamento não podem curar por si só os problemas dos sons no ouvido, mas são recomendadas para controlar os episódios de ansiedade e depressão que se desencadeiam devido a este problema.