5 dicas para aliviar a enxaqueca rapidamente - Melhor com Saúde

5 dicas para aliviar a enxaqueca rapidamente

Para aliviar a enxaqueca devemos atacá-la desde os primeiros sintomas e não esperar que a dor seja insuportável. Com estes remédios conseguiremos relaxar e iremos nos sentir muito melhor.
5 dicas para aliviar a enxaqueca rapidamente

As pessoas que sofrem de enxaqueca sabem o quão insuportáveis elas podem ser e até que ponto podem afetar a qualidade de vida.

Qualquer barulho ou tarefa se torna terrível e a pessoa afetada só quer repouso até que a dor passe.

Neste artigo proporemos algumas dicas para aliviar a enxaqueca de forma rápida e eficaz, com remédios caseiros e naturais.

Combater a causa da enxaqueca

mulher-com-enxaqueca

Antes de compartilhar os conselhos para aliviar a enxaqueca, devemos destacar que estes remédios não são a solução definitiva para este transtorno no caso de pessoas que o sofrem de maneira crônica.

A enxaqueca pode estar relacionada a diferentes fatores como a alimentação, o estresse, a pressão arterial ou as contraturas musculares, os quais deveremos tratar para superar este problema.

As dicas que proporemos são remédios antigos que recuperamos devido a sua efetividade, já que aliviam a enxaqueca com rapidez e ingredientes naturais, mas de forma pontual.

Também nos permitem evitar o consumo de fármacos que implicam outros riscos ou efeitos colaterais.

Não se esqueça de ler: Como deter as enxaquecas de forma imediata

1. Banho quente para os pés

Quando sofremos de enxaqueca costumamos ter uma congestão na área da cabeça que deriva em pressão e dor.

Por isso, se causarmos uma inflamação momentânea em outro extremo do corpo, ou seja, nos pés, faremos com que a dor localizada na parte superior se alivie.

Precisamos apenas de água quente e um recipiente onde possamos introduzir os pés.

Como fazemos?

  • Sente-se da maneira mais cômoda possível em uma cadeira e coloque o recipiente sob os pés.
  • A água precisa estar muito quente, o máximo que puder aguentar, mas sem se queimar, já que os pés precisam ficar vermelhos.
  • Fique com os pés na água por 20 ou 30 minutos.
  • É recomendável ter mais água quente ao lado para ir adicionando a fim de mantê-la sempre quente.
  • Ao terminar, seque os pés e agasalhe-os bem.

2. Argila no abdômen

argila-contra-a-enxaqueca

A argila no abdômen é um remédio para tudo, já que essa região central do corpo é uma parte vital de nosso organismo que pode nos ajudar a equilibrar suas funções.

Aplicar um cataplasma de argila no abdômen tem efeitos anti-inflamatórios, analgésicos e relaxantes imediatos. Por isso, qualquer pessoa pode aplicá-la quando sentir a necessidade.

Devemos manter o cataplasma pelo menos durante meia hora, ainda que seja recomendável deixá-lo atuar por uma noite inteira.

Ao misturar a argila e a água evite usar recipientes ou utensílios de plástico ou metal, já que eles prejudicam os benefícios do tratamento. Escolha os de vidro, madeira ou cerâmica.

3. Enema de café

Os enemas de café têm efeitos surpreendentes sobre a função do fígado, um órgão relacionado à enxaqueca e a muitos outros problemas de saúde.

Para fazermos esses enemas escolheremos sempre café biológico sem torrar e em pó, e aplicaremos com a ajuda de uma pera de borracha

Precisaremos de pelo menos meio litro, por isso é recomendável ferver um litro de água com três colheres de sopa (50 – 60 g) de café.

Aplicaremos à temperatura ambiente enquanto estivermos deitados sobre nosso lado direito. Tentaremos aguentar pelo menos por 10 minutos e vamos repetir até terminar o meio litro.

4. Limão nos pulsos

limao-contra-a-enxaqueca

Este remédio antigo se baseia nas propriedades depurativas do limão, uma fruta cítrica que tem um alto poder alcalinizante sobre nosso organismo.

Temos apenas que colocar meio limão em cada pulso durante 10 minutos. É tão simples que vale a pena provar.

Beber água com limão também vai nos ajudar durante a crise de enxaqueca.

Quer saber mais? Leia: 7 usos da casca de limão que provavelmente não conhecia

5. Massagem com óleos essenciais

A última de nossas dicas é, com toda certeza, a mais acolhedora e relaxante, principalmente se pudermos pedir para que outra pessoa faça.

Este remédio consiste em massagear as áreas doloridas do rosto e do couro cabeludo com uma mistura a base de dois óleos essenciais:

  • Óleo essencial de menta: muito refrescante, a menta é uma erva aromática que nos proporcionará um alívio imediato.
  • Óleo essencial de lavanda: reguladora e relaxante, a lavanda pode ser nossa grande aliada contra a enxaqueca.
  • Estes óleos essenciais devem ser diluídos em algum óleo vegetal, creme hidratante ou gel de babosa, já que são muito concentrados.

Não devemos nos esquecer de que devem ser óleos essenciais puros, já que muitos lugares vendem essências sintéticas sem propriedades curativas, que servem somente para aromatizar.