Dicas para melhorar a memória de curto prazo

Você pode melhorar a memória de curto prazo com certos hábitos e exercícios. Dormir, comer de forma saudável, usar todos os seus sentidos e fazer jogos mentais irá melhorar sua capacidade de se lembrar.

Você esqueceu o que queria dizer? Você não lembra por que foi à cozinha ou o que você precisa comprar no mercado? Você se esquece de datas ou atividades importantes? Talvez seu cérebro esteja saturado de informações e esteja se rebelando. A boa notícia é que você pode melhorar a memória de curto prazo com certos hábitos e exercícios. Nós falaremos mais sobre isso no seguinte artigo.

Como melhorar a memória de curto prazo

Existem dois tipos de memória: de curto e médio prazo. O primeiro é usado para armazenar dados imediatos, como o nome de uma pessoa que acabamos de conhecer. Sua capacidade é limitada. O segundo é útil para tarefas que requerem mais concentração ou esforço, como uma prova ou algo que fazemos diariamente.

Se você quiser ter uma memória de curto prazo mais efetiva porque percebeu que ultimamente não se lembra de coisas que acabou de dizer, preste atenção às seguintes dicas:

1. Preste atenção

Mulher feliz diante de seu notebook

O importante é que você se concentre em uma coisa por vez. Nos últimos anos surgiu uma filosofia chamada “multitarefa”, na qual somos levados a acreditar que podemos fazer mil coisas ao mesmo tempo. Mas isso não é verdade. Embora seja verdade que podemos avançar em uma tarefa enquanto outra está sendo feita ou aproveitar uma atividade para cumprir outra, não temos a capacidade de prestar a mesma atenção a duas ou mais coisas.

Por quê? Porque sempre haverá uma atividade que “rouba” a abordagem, e pode acontecer de não fazermos nada certo. O cérebro funciona melhor quando presta atenção apenas ao que tem na frente dele.

2. Desfrute de jogos mentais

A memória de curto prazo pode ser estimulada de mil maneiras. O cérebro pode responder a estímulos e exercícios da mesma forma que os músculos dos braços. Quando você aprende algo novo, a mente gera vias neurais adicionais formando mais conexões (como se fosse uma rede de metrô, por exemplo).

Portanto, é essencial fornecer material para criar trilhos que se conectem entre os pensamentos. De que maneira? Através de jogos de memória, quebra-cabeças e outros hobbies similares.

3. Use todos os seus sentidos

Mulher pensando positivo

As memórias não só podem ser criadas através do que nossos olhos veem. Certamente você traz à sua memória um aroma de sua infância, como o pão recentemente cozido por sua avó ou uma música que sua mãe cantou quando você estava com medo. Você também pode aproveitar seus sentidos como adulto!

Se tiver dificuldade em lembrar o nome de uma pessoa, repita várias vezes em voz alta, de modo que a escuta intervenha na formação da memória. Se você quiser lembrar uma receita culinária, teste seu paladar conscientemente.

4. Use mnemônicos

Esta técnica de associação de palavras, imagens ou frases pode ajudá-lo a melhorar a memória de curto prazo. As rimas também são muito úteis. 

Você pode até mesmo usar suas próprias regras com base em informações pessoais fáceis de lembrar, como iniciais de nomes de familiares ou personalidades importantes para você. Use as fórmulas mais simples de repetir.

5. Segmente e organize

Mulher estudando organizada

Quando devemos lembrar um número de telefone de 10 dígitos, é fácil esquecê-lo se tentarmos memorizá-lo como um conjunto. No entanto, quando o separamos de dois a dois ou blocos de três, quatro e três números, será mais fácil lembrá-los da próxima vez. Repita a sequência várias vezes até que sejam fixadas em sua mente.

Outra técnica que pode ajudar muito é segmentar. Quando você ia para a escola, certamente deve ter feito uma imagem sinóptica ou sublinhou as ideias principais de um texto. Faça o mesmo com a informação que você precisa lembrar! Dados concretos e imagens são excelentes amigos da mente .

6. Coma melhor

É claro que existe uma relação entre a alimentação diária e a atividade cerebral. Um alimento repleto de ácidos graxos ômega 3 (incluindo salmão, nozes e abacate, por exemplo) e proteínas vegetais (frutos e vegetais) previnem o envelhecimento precoce e doenças mentais ou cognitivas, como o mal de Alzheimer.

7. Durma bem

Mulher dormindo

Você notou que é mais difícil lembrar de algumas informações quando o dia está terminando? Ou que você não se lembra de algo simples se só dormiu 3 ou 4 horas? Isso ocorre porque o cérebro precisa descansar para funcionar, assim como qualquer outro músculo.

Tente manter uma rotina de sono saudável: durma entre 7 e 8 horas diariamente. Vá para a cama e levante-se sempre no mesmo horário e tire uma pequena soneca de meia hora, na parte da tarde, sempre que possível. Não assista televisão na cama, nem coma demais para evitar a insônia.

8. Exercite-se

Ter uma rotina de exercícios pode ser útil para melhorar a memória de curto prazo. Ao se exercitar, o corpo se oxigena e o “ar puro” também atinge a mente. Desta forma, você tem mais capacidade para se lembrar das informações fornecidas durante o dia. Você pode fazer alguns exercícios de cardio (bicicleta, correr, etc.) para aumentar suas funções cerebrais.

Recomendados para você