Dieta adequada para pessoas com refluxo - Melhor Com Saúde

Dieta adequada para pessoas com refluxo

O refluxo gastroesofágico não é uma condição grave,mas pode chegar a ser incômoda. Indicamos aqui os alimentos mais recomendados para evitá-lo e falamos sobre alguns conselhos adicionais.

O refluxo gastroesofágico é uma doença que afeta muitas pessoas ao comerem. O esôfago não é um simples músculo, pois tem um músculo em volta que sempre está fechado e que ao abrir permite a entrada dos alimentos no estômago. Serve para evitar que o ácido estomacal “suba”, isto é, ocorra o refluxo. Veja neste artigo qual é a dieta adequada para pessoas com refluxo.

O que saber sobre o refluxo?

Quando o músculo que recobre outro músculo se debilita, surgem os sintomas porque o ácido começa a se prender nas paredes do esôfago. Os sinais para quem sofre com o refluxo são: acidez, gosto amargo ou ácido na boca, dor torácica. Este transtorno se denomina “DRGE” (Doença por Refluxo Gastroesofágico). Existem vários fatores pelos quais pode surgir o refluxo, mas, sobretudo, os alimentos levam a este tipo de manifestação.

As dietas que são indicadas para evitar o surgimento do refluxo são simples de acompanhar. Os pacientes podem comer todos os grupos de alimentos com algumas exceções. É preciso que consuma mais vitamina C (sobretudo com suplementos no caso de pessoas que não toleram o consumo de tomate, laranjas ou pimentas).

reflujo2

O músculo do esôfago pode se debilitar por algumas razões. Algumas recomendações para tratar o refluxo que podem ser úteis no combate aos sintomas:

  • Evite o uso de tabaco, porque a nicotina debilita e relaxa o músculo do esôfago.
  • Evite comer chiclete ou doces que sejam muito duros porque aumentam a quantidade de ar que se traga, o que causa a aparição do refluxo.
  • Não se deite depois de comer pela noite e, na medida do possível, evite alimentos muito pesados no jantar. Aconselham-se três horas de espera.
  • Evite roupas muito ajustados ou fazer muitos esforços depois de comer.
  • Coma pequenas porções, mas com mais frequência.

reflujo3

  • Se você sofre com sobrepeso, procure emagrecer ou, ao menos, reduzir alguns quilos, pois a obesidade aumenta as possibilidades de ter refluxo.
  • Eleve a cabeceira da cama uns 15 cm, por meio de travesseiros, por exemplo.
  • Tente não comer muita batata frita, lácteos (leite, sobretudo), chocolates, óleos, pimenta, cremes e fast-food.
  • Os sucos cítricos, o café, o chá e as bebidas gasosas irritam o esôfago, recomendamos evitá-los.
  • Não coma muitos alimentos picantes ou ácidos.
  • Faça exercícios leves uma ou duas horas depois de comer.
  • Modere na quantidade de álcool que consome, não exceda mais de 2 copos por dia no caso das mulheres e 3 no dos homens. Na medida do possível, não consumi-lo.
  • Procure dormir do lado esquerdo, pois é onde está o estômago. Evite o lado direito, boca para cima ou para baixo.

Grupos de alimentos permitidos nos casos de refluxo

As pessoas que têm refluxo devem consumir e/ou evitar os seguintes grupos de alimentos:

  • Lácteos e derivados: os recomendados são o leite desnatado e iogurte light; os que se devem evitar são o leite com chocolate e o leite integral.
  • Vegetais: todos são permitidos, exceto o tomate.

reflujo4

  • Frutas: aconselha-se consumir maça, melão, morango, banana, pêssego e pera. Para evitar os cítricos (uva, abacaxi, laranja, toranja, limão etc.).
  • Pães e grãos: são recomendados todos os pães feitos com leites baixos em gorduras e são proibidos os que são preparados com leite integral.
  • Carnes: aconselham-se as carnes com pouco gordura, peixes, peru, frango. Evite a carne de porco, a pele do frango, as carnes frias ou gordurosas.
  • Gorduras e óleos: não se recomenda nenhum alimento com estas características, mas, sobretudo, os de origem animal.
  • Sobremesas e doces: são permitidos os feitos com menos de três gramas de gordura. Devem ser evitados os chocolates e as sobremesas preparadas com gorduras ou óleos em grande quantidade.
  • Bebidas: aconselha-se tudo o que é descafeinado. O chá (que não seja de hortelã), os sucos (exceto os cítricos) e a água. Deve-se evitar álcool, café, chá de hortelã e bebidas minerais.
  • Sopas: são recomendadas apenas as baixas em gorduras e devem evitar a sopa de frango, as cremosas ou as que tenham leite.

reflujo5

Suplementos naturais para tratar o refluxo

Na seguinte lista você encontrará os melhores remédios naturais para tratar o refluxo:

  • Vinagre de maça: deve adicionar duas colheres de café ou 10ml em uma xícara de água, misture bem e beba três vezes ao dia.
  • Suco de cenoura e couve: procure tomar um copo por dia.
  • Plantas digestivas: pode ser o alecrim, a folha de louro, a sálvia ou o tomilho, como condimento ou especiarias das refeições diárias.
  • Mamão: consumir todos os dias esta fruta, sobretudo pela manhã ajuda a digerir as proteínas.

reflujo6

  • Bicarbonato de sódio: uma colher de sopa (ou 5ml) dissolvido em um copo de água alivia os sintomas.
  • Gengibre: corte algumas rodelas de gengibre e ferva com bastante água por alguns minutos. Beba como se fosse um chá, adicione mel para adoçar.

reflujo7

  • Amêndoas: devem ser cruas para ajudarem a balancear o pH estomacal e, além disso, incorporar cálcio, evitando o consumo de leite.
  • Babosa: beba 60 ml da seiva da babosa com água todos os dias.
  • Água morna com limão: consuma em jejum, 15 minutos antes do café da manhã para balancear os níveis de acidez do sistema digestivo.
  • Chá de camomila: controla os sintomas do refluxo. Também pode ser de trigonella.

Imagens cortesia de I am, Emilian Robert Vicol, IRRI Photos, Mike Haller, Koon, Miheco, Siona Karen.