2 dietas para melhorar o estado dos ossos e articulações

2 dietas para melhorar o estado dos ossos e articulações

Para melhorar nossa saúde articular e óssea podemos seguir essas dietas a cada dois meses para depurar e regenerar os tecidos deteriorados e favorecer a flexibilidade das articulações.
2 dietas para melhorar o estado dos ossos e articulações

Estima-se que certa de 20% da população mundial sofra de doenças nas articulações e nos ossos relacionadas ao desgaste, como a artrite e a osteoporose.

Estas condições são o resultado da deterioração da cartilagem, dos ligamentos e do sistema ósseo, seja por questões genéticas, idade ou algum tipo de lesão.

O inconveniente é que elas diminuem pouco a pouco a qualidade de vida, já que limitam a capacidade de movimento em todas as atividades cotidianas que antes eram fáceis de realizar.

Além disso, na maior parte das vezes elas vêm acompanhadas de sintomas como a rigidez, a tensão, a perda de equilíbrio e contínuos episódios de dormência.

Os tratamentos para combater estes problemas variam em cada caso e segundo a gravidade com que se apresentem.

Porém, a nível geral existem hábitos saudáveis que podem contribuir para proteger e melhorar o estado dos ossos e das articulações.

Neste sentido hoje queremos revelar duas dietas muito especiais que estão se popularizando porque foram desenvolvidas justamente com esta finalidade.

A seguir daremos os detalhes e os passos para segui-las em casa. Não perca!

Dietas para tratar a fraqueza nas articulações e nos ossos

O enfraquecimento das articulações e dos ossos se manifesta através do cansaço, da sensação de dor e da diminuição do rendimento físico ao longo do dia.

Apesar de isso nem sempre indicar uma doença crônica, o melhor é prestar atenção pra evitar o desenvolvimento de problemas de saúde mais graves.

Nestes casos, é conveniente adotar os dois tipos de dietas que compartilharemos a seguir.

1. Dieta depurativa

dieta-para-melhorar-estado-ossos-e-articulações

Antes de fortalecer o organismo é primordial depurá-lo para eliminar as toxinas que vão se acumulando nas cartilagens.

Estas substâncias promovem o desenvolvimento de doenças e aceleram a degradação dos tecidos desde muito cedo.

O plano alimentar para desenvolver este passo é realizado durante uma semana seguida, a cada dois meses.

Café da manhã

Meia hora antes de tomar o café da manhã consuma um copo de água morna com limão.

Depois disso você pode consumir:

  • 1 xícara de chá verde.
  • 1 xícara com 15 uvas e 2 rodelas de abacaxi fresco.
  • 1 copo de suco de pêssego.
  • 1 copo de leite de amêndoas.
  • 1 xícara de aveia com pedaços de maçã verde.

Almoço e jantar

Tanto o almoço quanto o jantar devem incluir grandes quantidades de frutas e verduras, e um menor teor de proteínas e carboidratos.

Os recomendados são:

  • Brócolis cozido ao vapor.
  • Cenouras ao vapor cruas, com arroz integral e grãos de milho.
  • Berinjelas ao forno.
  • Sanduíche de tomate, abacate e cebola, em pão integral.
  • Suco de beterraba com maçã e uma tortilha com alho.

2. Dieta reconstrutiva

dieta-para-melhorar-estado-ossos-e-articulações

A  dieta reconstrutiva é um plano de alimentação que busca a regeneração das células e dos tecidos deteriorados.

Ela contém todos os grupos de nutrientes e enzimas que participam na reconstrução das cartilagens e dos ossos frágeis.

Seu significativo teor de vitaminas, minerais e proteínas contribui para manter um sistema ósseo forte e articulações flexíveis.

É aconselhável realizá-la durante duas semanas seguidas, a cada dois meses.

Café da manhã

Logo depois de acordar, tome uma colher de sopa de azeite de oliva com algumas gotas de suco de limão fresco.

Depois de meia hora, consuma:

  • 1 xícara de suco tropical, preparado com leite de amêndoas, mamão, abacaxi e banana.
  • 2 fatias de pão integral untadas com duas colheres de sopa de manteiga de amêndoas.

Almoços e jantares

Estas duas refeições principais devem conter alimentos saciantes, mas de muito valor nutricional.

O ideal é que sejam leves em calorias, mas sem que isso implique suprimir grupos alimentares essenciais.

Você pode escolher duas ou três opções dentre as seguintes:

  • Lentilhas fervidas, com arroz integral e sementes de girassol.
  • Bacalhau ao forno com tomate.
  • Salada de grão de bico e atum.
  • Sopa de cenoura.
  • Peito de frango assado com limão.
  • Ovos gratinados.
  • Tomates recheados com uma pasta de cavalinha e ovo.
  • Salmão ao forno com limão.
  • Champignons ao alho.
  • Sanduíche de sardinha, queijo magro, abacate e cenoura.

Sobremesas

As sobremesas preparadas com gelatina são as mais indicadas para estes casos. Podem ser preparadas com frutas, principalmente as ricas em vitamina C, como o limão e o kiwi.

Importante

exercícios-para-melhorar-estado-ossos-e-articulações

Com a finalidade de conseguir ótimos resultados com a realização destas dietas deve-se evitar o consumo de bebidas com gás, comida industrializada e açúcares.

Ao invés disso é conveniente aumentar as porções de frutas, verduras e carnes magras. Além disso, o ideal é ingerir dois litros de água por dia, ou leites vegetais enriquecidos com cálcio e magnésio.

Por último, vale recordar que a prática contínua de atividade física e exercícios de alongamento é chave para prolongar o bom estado destas partes do corpo.

Procure dedicar a elas alguns minutos por dia para não perder os benefícios.