Dizer o que você pensa tem muitos benefícios. Pratique essa arte já! - Melhor com Saúde

Dizer o que você pensa tem muitos benefícios. Pratique essa arte já!

Na hora de dizer o que pensa, você deve ter em conta que sua liberdade acaba onde começa a do próximo, e que não é preciso ferir para expressar a nossa opinião.
Dizer o que você pensa tem muitos benefícios. Pratique essa arte já!

Dizer o que pensa e praticar a arte da honestidade tem incríveis benefícios para a saúde.

Nesta sociedade das meias verdades e as mentiras inteiras, as pessoas honestas costumam estar em risco de extinção.

Agora, algo que nunca devemos perder de vista em nossas bússolas emocionais é que dizer sempre a verdade sobre nossos pensamentos, juízos e opiniões tem um limite: o do respeito pessoal, da consideração e a empatia.

Dizer a verdade, às vezes pode trazer sofrimento, sabemos, mas se essa dor momentânea ajuda outras pessoas a crescer e assumir uma perspectiva com a qual amadurecer e melhorar a convivência, teremos feito algo positivo.

Dizer o que pensa requer uma dose de coragem, umas gotas de segurança pessoal e uns torrões de autenticidade.

Explicaremos a seguir tudo o que esta arte pode fazer por você.

1. Se você diz o que pensa, dorme melhor à noite

Poucas coisas podem ser tão benéficas, relaxantes e saudáveis como irmos para cama com uma consciência tranquila.

As pessoas que dizem o que pensam, com respeito e assertividade, têm uma melhor saúde emocional e combatem muito melhor o estresse.

Esta arte, de ser sincero e falar sem medo, com o coração na mão, requer tempo e prática, mas asseguramos que pode ser o melhor remédio para essa insônia causada pelas pressões do dia.

Leia também: Deixar ir não é se dar por vencido, é aceitar o que não pode ser

2. As opiniões das pessoas deixam de lhe importar

Mulher que cala o que pensa

Quando alguém começa a deixar ir o que lhe incomoda, traduzir em palavras as preocupações e pôr limites em seu dia a dia para que outros não deixem sua dignidade vulnerável, deixa de se preocupar  com as críticas alheias.

  • Desde o momento em que começamos a agir com coragem, deixando claro o que somos, o que nos identifica, o que nos incomoda e o que não queremos para nós, o que podem pensar sobre nós deixa de nos preocupar.

Porque quando a pessoa sabe quem é, o que os outros pensam não tem valor.

3. Deixe de se preocupar em agradar ou não agradar a quem o rodeia

Mulheres que dizem o que pensam

Quando você diz o que pensa, também deixa de se preocupar com a necessidade de agradar aos demais.

  • Você já tem muito claro que, quem o elogia, o ama e o respeita, é porque sente isso de verdade. Porque é tão autêntico como você, porque sabe o que vale e admira sua forma de ser.
  • Não podemos nos esquecer de que um dos inimigos mais claros do nosso crescimento pessoal é a necessidade constante de agradar; de ser como os demais esperam ou de se encaixar no universo de todos aqueles que nos envolvem.
  •  Pensar e agir deste modo nos rouba o bem-estar e a autoestima. Não tenha medo de se expressar da forma como você é, de dizer em voz alta o que você pensa.

Quem não gostar, que se afaste. Quem tomar distância de você pelo que diz ou faz, é que não harmoniza com sua identidade, com suas raízes.

4. Chega um momento em que você só se preocupa com algo: fazer aquilo que lhe faz feliz

Chegar a esta etapa de nossa vida em que só damos prioridade ao nosso bem-estar não é um ato de egoísmo.

  • Nossa sociedade está tão orientada ao “ficar bem”, ao “cuidar do outro ainda que lhe custe a saúde e a integridade”, que chegou em um ponto em que esquecemos quais são as nossas prioridades vitais.
  • Calar para não ofender, guardar silêncio para que não nos critiquem ou dissimular que algo não nos ofende quando na realidade somos feitos de pó, não tem nenhum sentido.
  • Defender a nossa autoestima não é, de maneira alguma, atacar à de quem está em nossa frente.

Quando cuidamos de nós mesmos entendemos também que os demais merecem respeitoÉ uma regra simples que vale a pena pôr em prática no dia a dia.

Leia também: Eu o amei até que minha dignidade disse: não vale a pena

5. Você está em paz com a vida

Mulher com bicicleta na praia

Quando você diz o que pensa e se atreve a pôr em voz alta o que sente sem medo e preconceitos, tudo muda. Você se sente em paz com o que lhe rodeia e com a vida.

  • Dizer o que pensa é como liberar as cargas que amordaçam a mente e o coração.
  • Falar com assertividade é investir no bem-estar psicológico.
  • Cuidar da autoestima é nos atrevemos a pôr limites, a ser sempre honestos, a dizer a verdade e praticar essa que não se rende e nem transgrede.

Assim, conte para nós…. Você está em paz com a vida? Vai dormir com a consciência bem tranquila?

Atreva-se agora a fazer mudanças para investir em seu bem-estar!

 

Imagem principal oferecida por © wikiHow.com