Tudo sobre as doenças da tireoide - Melhor com saúde

Tudo sobre as doenças da tireoide

Devemos evitar o consumo de soja, já que ela pode inibir a absorção de levotiroxina

As doenças tireóideas afetam grande parte da população, tendo maior incidência nas mulheres devido as constantes mudanças hormonais.

Existem vários tipos de doenças associadas à tireoide e mesmo que todas apresentem um tratamento efetivo, algumas delas pode se tornar crônicas, afetando muito ao paciente que dia a dia vê como o seu aspecto físico e inclusive o seu humor muda.

Antes de mais nada é importante ressaltar que para qualquer doença é necessário muita força de vontade e muito ânimo, a medicina oferece uma série de medicamentos essenciais que podem solucionar grande parte dos problemas, mas também é necessário força de vontade e energia para combater qualquer doença.

Quais são as funções da tireoide?

 

Dentre as funções básicas da tireoide encontramos a de secretar determinados tipo de hormônios, tiroxina e triodotironina, que regulam nosso metabolismo, além de todas as funções relacionadas com a reprodução e nosso crescimento quando somos crianças.

Para que estes hormônios sejam secretados normalmente é aconselhável descanso. Nas crianças pequenas, por exemplo, é normal a hora da soneca, porque é nesses momentos que o hormônio do crescimento é liberado.

A tireoide é uma ponte básica para determinadas funções fisiológicas de nosso corpo, ela é uma pequena glândula de 25 gramas que apresenta forma de mariposa e está na base da garganta, é a maior glândula endócrina que temos e é formada, por sua vez, por muitos folículos.

Quando sofremos de uma determinada doença na tireoide, as alterações podem afetar muitas partes e funções de nosso organismo, incidindo oito vezes mais nas mulheres do que nos homens e em especial durante a gravidez ou depois. Mas, na maioria dos casos das doenças tireóideas o tratamento é seguro e simples.

Principais doenças tireóideas

A glândula tireóidea é controlada por uma glândula situada no cérebro, chamada de hipófise, a qual elabora o hormônio que estimula a tireoide. É a hipófise que provoca um excesso ou um déficit na tireoide.

HIPOTIREOIDISMO

Hipotiroidismo

Quando não há suficiente hormônio tireoide no sangue, o metabolismo do corpo se torna lento, e consequentemente aparece o hipotireoidismo.

Causas

A causa mais habitual do hipotireoidismo é um transtorno chamado de tireoidite, ou seja, a inflamação da glândula tireoide.

É conhecida como a doença de Hashimoto e faz com que nosso sistema imune (as defesas) confunda a tireoide como algo nocivo para o organismo, enviando glóbulos brancos para destruí-la.

O organismo se defende tentando produzir mais hormônios tireoides, mas essa tentativa provoca inchaço na tireoide, sintoma que chamamos de bócio, um inchaço característico na garganta.

Sintomas

 

Tratamento

 

Para tratar o hipotireoidismo existem medicamentos muito efetivos, porém também podemos incrementar a dose de iodo em nossa alimentação.

HIPERTIREOIDISMO

 tireoide

O hipertireoidismo é uma doença tireóidea na qual o hormônio é produzido em quantidade excessiva, o metabolismo acelera e nosso corpo perde o equilíbrio.

A causa mais comum se deve a doença de Graves, e acontece entre os 20 e 40 anos, também pode ser causado por determinados medicamentos e inclusive por nódulos ou massas nas tireoides que chamamos de “nódulos quentes”, e que são afetados pelo excesso do hormônio.

Sintomas

  • Cansaço.
  • Perda de peso.
  • Nervosismo.
  • Sudoração, sensação de calor quando outros não a sentem.
  • Alterações na menstruação.
  • Evacuações intestinais mais frequentes.

 

Tratamento

Ás vezes pode ocorrer uma crise tireóidea, são episódios de infecção onde há muita febre e onde há mais perigo. Devemos estar atentos a todos os sintomas, será o médico que dará o tratamento mais adequado, nós somente recomendamos uma dieta adequada.

NÓDULOS TIREÓIDEOS

nodulo-Tiroideo

É outra doença da tireoide na qual aparecem massas ou nódulos ao redor da glândula tireoide, é detectada em exames médicos e os nódulos podem ser benignos ou cancerosos (exames diferenciarão).

DOENÇAS TIREÓIDEAS NA GRAVIDEZ

 

É muito comum as mulheres sofrerem um quadro de doenças tireóideas durante a gravidez, não se pode descuidar porque pode afetar a saúde do bebê, mas o tratamento sempre é eficaz e o mais relevante sem dúvida são as revisões contínuas para descartar qualquer problema.

Lembramos também da importância de não se automedicar durante a gestação, pois muitos medicamentos podem causar graves enfermidades no feto e nas grávidas.

Exames das enfermidades tireóideas

 

O médico fará o diagnóstico da doença de acordo com os sintomas e alguns exames de rotina:

  • Exame da glândula tireóidea mediante palpação (engolindo saliva)
  • Exame da pele e olhos.
  • Peso e temperatura.
  • Análise de sangue.
  • Ecografia da tireoide.

As doenças tireóideas sempre apresentam um tratamento adequado e preciso, na maior parte dos casos o problema é resolvido ou mesmo que seja uma doença crônica, o paciente pode viver tendo uma qualidade de vida adequada e normal.

Você pode fazer sua parte cuidando da alimentação, levando uma vida saudável e descansando, o sono também é necessário para o correto funcionamento dos hormônios da tireoide.