Dor na boca do estômago: confira as principais causas?

Dor na boca do estômago: qual a causa?

Combine a infusão de camomila com o anis para potencializar e aproveitar as propriedades de ambos.

Certamente você já sofreu alguma vez essa sensação, essa moléstia: dor na boca do estômago. Mas, qual a causa? Nervos, uma má digestão? São muitos os fatores que a determinam. Explicaremos a seguir e daremos, além disso, alguns remédios simples e caseiros.

Causas da dor na boca do estômago

A dor nesta zona do abdômen é mais comum do que acreditamos, de fato dizem que é algo que pelo menos 30% da população sofre, e ainda que não seja considerada uma doença como tal, na verdade é uma pequena anomalia do sistema digestório. Dependendo da intensidade da dor que sintamos derivará em uma maior ou menor gravidade. Mas, no geral, se você que a dor acontece de modo habitual e que vem junto com outros sintomas que agora te mostraremos, procure um médico. Veja a seguir com mais detalhes:

A que está associada a dor na boca do estômago?

1. Aos nervos

Nervosismo pode causar dores no estômago.

Em certos casos, a ansiedade, o estresse se acumula nesse segundo cérebro que é o estômago. Os nervos sempre tendem a se concentrar nesta parte do corpo, ocasionando más digestões, acidez e inclusive diarreias. Assim que não se preocupe se de vez em quando este tipo de dor aparecer, pois o mais comum é que se deva ao simples estresse. Mas com tal, devemos saber controlá-lo para que não originem problemas mais graves.

2. Gases

Muito comum também. As más digestões ou determinados alimentos podem causar os incômodos e conhecidos gases. Estes tendem a se concentrar quase sempre na boca do estômago, justo debaixo das costelas. Uma pressão dolorosa que às vezes causa espetadas inclusive ao respirar. 

3. Acidez

Acidez e refluxo gástrico podem causar dores no estômago

Os refluxos gástricos e a acidez também são uma realidade muito comum que causa a dor no estômago, justo no início dele. Pense que é normal que os ácidos subam, e a dor se concentre também na parte do esôfago, ou seja, muito acima de nosso sistema digestório.

4. Cólon irritável

A inflamação do intestino e a zona do cólon tende a ocasionar este tipo de moléstias. Isto já entra nas chamadas indigestões orgânicas, ou seja, quando existe algum tipo de doença em nosso sistema digestório. Se você tem diarreias, prisão de ventre se apresenta vômitos em numerosas ocasiões e a dor é muito intensa, não tenha dúvidas e procure um médico.

5. Determinados medicamentos

Alguns medicamentos podem atacar o estômago e provocar dor

Se você toma suplementos de ferro ou se tomou, por exemplo, ibuprofeno, é muito comum sentir dor na boca do estômago. É como uma espécie de sensação de pesado, como uma queimação que tende durar, por exemplo, meio dia. Não é de gravidade excessiva, mas sim oferece certo incômodo.

6. Comer rápido

Lembre-se, para fazer melhora as digestões você deve se acostumar a comer devagar, favorecendo assim a salivação básica para que se misture com os alimentos, sempre bem triturados, bem mastigados. Se você o fizer de modo precipitado é comum aparecer dor estomacal.

7. Úlceras

úlceras causam dores no estômago

Seu estômago dói em especial quando come determinados alimentos? Quando são pratos muito temperados ou picantes? Tende a ter vômitos? Vômitos às vezes com um pouco de sangue? Então, procure um médico, é possível que tenha uma úlcera.

Remédios para a dor na boca do estômago

Remédio naturais para dores no estômago

  • Infusões de erva-doce e menta depois das refeições: perfeito para favorecer sua digestão, para aliviar a dor e relaxar. Você pode tomar até 3 xícaras por dia.
  • Infusões de raiz de gengibre: acalma, relaxa, desinflama e melhora nossas digestões. Não tenha dúvidas, tome depois de suas refeições principais e verá como este incômodo reduz.
  • Sálvia e camomila: certamente você já conhece os benefícios destas duas plantas medicinais para cuidar de nosso estômago e intestinos. São, além disso, sedativas e reduzem a dor e a inflamação. Você pode tomar até um litro por dia, será de grande ajuda.
  • Um banho morno com uma massagem estomacal: nada mais relaxante para aliviar os nervos e tensões estomacais que um banho morno. Depois, o ideal é fazer uma suave massagem na zona do abdômen com uma colher de óleo essencial de lavanda e outra de amêndoas. Faça uma massagem circular com estes óleos com ajuda de um pano. Você se sentirá bem logo depois.
  • Lembre-se também de mastigar bem seus alimentos, sem pressa. Tampouco é recomendado comer grandes quantidades de comida, o ideal é fazê-lo ao longo de cinco vezes por dia, em pequenas doses, sendo o mais importante seu café da manhã e seu almoço. E a mais rápida, seu jantar. Não se esqueça de também beber líquidos abundantes.