Dormir bem melhora a memória - Melhor com saúde

Dormir bem melhora a memória

Dormir bem é muito mais eficaz para a memória do que qualquer exercício mental. A falta de sono pode esgotar nossas possibilidades de aprender e memorizar em até 40%.

Parte das pessoas, quando se aproximam dos 40 anos, começa a esquecer certas coisas e momentos cruciais, o que inclusive pode causar conflitos na família, trabalho ou em relações pessoais.
Para melhorar esta situação, muitos meios de comunicação divulgam uma série de soluções, que para muitos são efetivas, mas para outros são total perda de tempo.

Fazer palavras cruzadas, ler constantemente e aprender uma ou outra canção são algumas alternativas medidas preventivas contra a perda de memória. Mas, ainda que existam todas estas atividades para que tentemos não esquecer nada, há apenas uma infalível para combater o problema, e trata-se de dormir bem.

Dormir bem ajuda a memória!

Quando chega a hora de dormir, as pessoas imaginam a cama apenas como um lugar de repouso para recarregar as energias, mas se equivocam ao crer que dormir auxilia apenas para que o corpo recobre a vitalidade.

Despertador

A teoria de que dormir é uma maneira de reparar o corpo e que ajuda a solucionar qualquer problema é muito conhecida, e os que definem o sono assim e garantem que é verdade não estão errados.

Vários estudos comprovaram que dormir bem diminui o risco de sofrermos de Alzheimer, doença que ataca principalmente pessoas mais velhas, a partir dos 40 ou 45 anos.

Resultados importantes

Memoria-dormir-bem-500x325

Se você já foi dormir com algum problema na cabeça e quando acordou tinha uma solução para ele, é porque seu cérebro continuou funcionando durante à noite, remoendo o assunto até encontrar a resposta.

Outro resultado muito importante que a pesquisa obteve foi de que, se um adolescente ou uma criança tem de fazer alguma prova em data próxima, estuda muito e logo em seguida se deita para dormir, tem mais chance de se dar bem. Dormir com informações na cabeça antes de utilizá-las faz om que o cérebro continue trabalhando durante o sono, o que ajuda na memorização sem interferências.

O que acontece quando dormimos?

Enquanto dormimos, nosso cérebro caminha por certas quantidades de fases ou ciclos, que são denominados como: sono profundo, sono leve e movimento rápido do olho, que é quando estamos sonhando com algo e nosso cérebro continua enviando sinais para todas as partes de nosso corpo. Estes ciclos se repetem consecutivamente a cada 90 minutos.

Se uma pessoa vira muitas noites, é provável que sua capacidade de aprender coisas novas seja afetada, já que quando o corpo não descansa o suficiente, o aprendizado e a memorização de algo novo diminuem em 40%.