É bom tomar banho com água fria? - Melhor Com Saúde

É bom tomar banho com água fria?

Muitas pessoas aconselham tomar banho com água fria mesmo no inverno, pois é benéfico para a saúde. Porém há de se levar em conta algumas “contraindicações” desta prática antes de decidir sua implementação ou não. Responda a pergunta: é bom tomar banho com água fria? No seguinte artigo.

Benefícios da água fria para a nossa saúde

A água é fonte de vida e está presente em grande porcentagem em nosso corpo, é aconselhado beber dois litros por dia para nos manter hidratados e segundo parece, possui benefícios não somente internos como também externos. Em muitas poucas ocasiões usamos a água fria para nos limparmos, mesmo que seja verão. E mais, escolhemos tomar banho com água muito quente no inverno e morna nos meses de calor.

Não é por nada que nos SPAs e centros de estética é utilizada uma técnica para ativar a circulação sanguínea que inclui água fria. A água fria permite melhorar a irrigação sanguínea das células do corpo e melhorar a estética da pele em geral.

banho-relaxante

Além disso, a água fria é boa para esticar a pele, aliviar as tensões dos músculos (muitos consideram que é a água quente que faz isso), realizar um efeito esfoliante para eliminar células e pele morta e reconstituir e relaxar os músculos. Depois de fazer exercício, é aconselhado uma boa ducha de água fria para que os músculos “voltem ao seu estado normal”.

É muito bom para o couro cabeludo, pois melhora o estado geral do cabelo, a água provém mais brilho e mais força (se você não animar um banho com água fria, pelo menos que o último enxágue do cabelo não seja quente). Além disso, diz-se que serve para prevenir a calvície e eliminar a caspa de maneira natural. A água quente abre os poros do cabelo e faz com que se produza mais gordura. Se você quer o cabelo seco, use água fria.

banho com água fria

As duchas com água fria, por sua vez, estimulam a formação de glóbulos vermelhos e melhoram a predisposição das defesas contra os ataques de bactérias e vírus. Assim, você estará prevenindo gripes e resfriados (outro conceito errôneo que tendemos a ter sobre a água fria e as doenças). Nos mantém alertas, servem para “nos acordar” pela manhã, reconstitui o organismo, mantém a mente aberta e nos tiram o sono. Recomenda-se também tomar um banho com água fria antes de meditar porque a mente estará mais controlada e serena. Serve para combater a depressão e ativa as funções cerebrais. Depois desta prática, você se sentirá muito prazeroso e com bem-estar.

Como se tudo isso fosse pouco, a água fria aumenta as qualidades depurativas do corpo. As baixas temperaturas da água possuem um efeito diurético e evitam a acumulação de líquidos e nódulos de gordura. No caso dos homens, os “valentes” que animem tomar banho com água fria aumentarão sua secreção de testosterona e melhorarão a qualidade do esperma.

Se você teve um dia muito agitado no trabalho ou ficou de pé por muitas horas, uma boa ideia é tomar uma ducha de água fria ou submergir as pernas para reduzir a inflamação das veias e reativar a circulação.

As pesquisas demonstraram que a água gelada reduz as probabilidades de sofrer doenças relacionadas ao resfriado, além de ajudar na tuberculose pulmonar, inflamação dos órgãos sexuais, doenças cutâneas e transtornos nos ciclos menstruais.

Vantagens dos banhos de água fria: resumo

  • Estimula o sistema imune
  • Traz uma pele mais firme, jovem e saudável.
  • Põe em alerta os mecanismos de defesa.
  • Estimula os órgãos internos.
  • Incentiva uma boa circulação sanguínea.
  • Permite que o oxigênio se “distribua” com mais eficiência pelo corpo.
  • Diminui a formação de eczemas, coceiras e manchas.
  • É bom para quando passamos muito tempo ao sol.
  • Ajuda a despertar e por o organismo em alerta.
  • Provoca a contração muscular, ajudando a curar ou evitar varizes.
  • Ajuda a eliminar toxinas pelos poros.
  • Dá brilho e saúde ao cabelo.
  • Evita a calvície e a caspa.

banho

Desvantagens de tomar banho com água fria

Em relação aos possíveis efeitos colaterais de tomar banho com água fria, os médicos dizem que não existem muitos. Está contraindicado para as pessoas que sofrem hipertireoidismo, que tendem a ser mais friorentos que o resto. Os que sofrem problemas cardíacos tampouco deveriam seguir esta prática, assim como os aqueles que apresentam problemas de insônia ou para conciliar o sono, pois estimula o sistema nervoso, o inverso das duchas quentes, que relaxam.

Mais informações sobre os banhos de água fria

Aconselha-se evitar os banhos frios de maneira brusca, pois pode provocar um estresse muito forte para o corpo e desarmonizar os ritmos cardíacos, sendo também maléfico para os pulmões. As imersões ou mudanças de temperatura na água devem ser paulatinas. Então, comece com um banho de água morna e vá baixando de pouco a pouco a temperatura, primeiro moderada e depois fria. Nos períodos de verão ou primavera será mais simples “aceitar” esta prática que no inverno ou outono, pois quando faz frio o melhor é que a água não esteja “fervendo” ou mesmo intercalar um dia com cada temperatura.

No caso das crianças, tem-se que prestar atenção a temperatura da água a qual elas tomam banho. É mais frequente escolher a temperatura “Intermediária”, mas se quisermos que eles também aproveitem as vantagens das duchas frias teremos que realizar a mudança pouco a pouco, assim como nos adultos. Não há contraindicações pela idade, os idosos também podem adotar esta prática, sempre levando em consideração os prós e contras.

espuma