As emoções negativas têm seu lado positivo

As emoções negativas têm seu lado positivo

Não devemos rejeitar as emoções negativas e nem ter medo delas. Sempre que soubermos manejá-las e não passarem a um nível superior, poderão nos ajudar a crescer.
As emoções negativas têm seu lado positivo

Fomos educados com a crença de que as emoções negativas só podem nos causar dor, frustração, ansiedade, medo, estresse, lágrimas e uma sucessão de sentimentos igualmente negativos.

Mas, há alguma coisa certa em tudo isso? As emoções negativas são realmente tão negativas quanto parecem? Confira conosco!

Temos que estar sempre alegres?

Acreditamos que para sermos felizes devemos estar sempre alegres, mas isso não é natural. Pense bem… Alguém pode realmente estar sempre alegre? Não há espaço para as emoções negativas na felicidade?

Mulher-vestida-de-preto

As emoções negativas também se encontram inseridas na felicidade, algo que consideramos ruim, mas que na realidade não é assim. Esse tipo de emoção é necessário.

Imagine se todos fôssemos sempre tão felizes? Haveria momentos em que não saberíamos se estamos fazendo certo ou errado.

Não temos que estar sempre alegrestemos que saber aceitar nossas emoções, tanto negativas quanto positivas. Nosso problema é que tendemos a rejeitar as emoções negativas pois não sabemos lidar com elas. Temos medo e tendemos a fugir das mesmas.

Leia: Corra em direção aos seus medos

Nunca rejeite suas emoções negativas porque, como veremos, elas também têm seu lado positivo. O problema é que as emoções negativas nos fazem sentir mal e consideramos que isso não é bom..

Mas não estamos conscientes de que isso é precisamente o que nos faz humanos.

As verdadeiras emoções negativas

Adentrando de forma profunda nas emoções negativas, é importante que saibamos distinguir aquelas que são “normais”, mas que terminam derivando em uma verdadeira emoção negativa.

máscaras-suspensas-em-um-barco

Isso acontece porque, às vezes, nos deixamos levar por uma sensação que consideramos negativa e que, sem querer, sai de nosso controle. Agora veremos uma série de emoções “negativas”, porém normais, que derivam em outras mais preocupantes e graves.

Preocupação e ansiedade

A preocupação é uma emoção normal, jamais negativa.

É um sentimento que surge quando algo é importante para nós, quando acontece algo que está marcando nossa vida ou quando temos que tomar uma decisão e não sabemos se vamos escolher bem ou mal.

O problema é quando essa preocupação foge do nosso controle e passa a outro nível, a ansiedade.

Quando a ansiedade aparece significa que não solucionamos aquilo que tanto nos preocupa, que estamos fazendo algo errado. Devemos mudar nossa forma de atuar e de reagir.

Às vezes estamos nos preocupando com algo que não deveríamos, e isso está nos causando uma grande ansiedade.

Te recomendamos: Conselhos para controlar a ansiedade

Tristeza e depressão

Ficar triste é algo normal, já que podemos ter um dia um tanto quanto melancólico ou podemos estar mais sensíveis.

Mas, o que acontece quando essa tristeza se estende durante um longo período de tempo? Quando algo nos afeta tanto que nos causa uma falta de autoestima muito grande e faz com que nos desvalorizemos?

É aí que surge a depressão.

Raiva de si mesmo e culpabilidade

Muitas vezes nos irritamos com nós mesmos porque queríamos fazer as coisas de outra maneira, mas elas não saíram como planejávamos, ou dissemos algo que não deveríamos. Porém, há muita diferença entre nos irritamos com nós mesmos e nos culparmos.

A culpa é algo muito negativo. Enquanto aprendemos com a raiva, com a culpa nos tornamos mais inseguros e começamos a nos desvalorizar. Nunca devemos ir ao extremo da culpa porque isso não nos oferece nada de bom.

Raiva e ira

A raiva é algo totalmente normal, uma reação natural diante de algo que não nos agrada.

Quando passamos à ira já estamos em um cenário diferente. Com a ira desvalorizamos a outra pessoa e, enquanto a raiva pode nos ajudar a descarregar a tensão, a ira nos causa muita tensão emocional e mental.

Não vá sem antes descobrir: Os efeitos das emoções e pensamento negativos em nosso corpo

mulher-sobre-um-barco

Muitas emoções normais acabam se tornando negativas porque não sabemos gerenciá-las da forma correta. Apesar disso, muitas vezes também confundimos a raiva com a ira ou a tristeza com a depressão.

As emoções que consideramos negativas às vezes são completamente normais e necessárias. Imagine se não nos preocupássemos ou se não sentíssemos tristezas? Nos importaríamos com os demais?

É o momento de mudarmos nossa percepção e começarmos a aceitar todas as emoções humanas.