Erva-Mate: inimiga das enxaquecas - Melhor Com Saúde

Erva-Mate: inimiga das enxaquecas

O consumo excessivo de cafeína pode favorecer o surgimento de enxaquecas. A erva-mate dilata os vasos sanguíneos, fazendo com que o sangue flua melhor e evitando a pressão.

A erva-mate é recomendada pelos profissionais da medicina alternativa para tratamentos das dores fortes de cabeça, tais como as enxaquecas.

A erva-mate que tem sua origem na América do Sul, também conhecida como o chá dos jesuítas. É rica em compostos alcaloides muito parecidos com a cafeína, pois apresentam os mesmos efeitos estimulantes. Mas, devido a sua composição química, seus efeitos não são tão fortes e contundentes quanto os do café.

A erva-mate foi utilizada durante muitos anos como uma bebida com poderosos efeitos energizantes e na medicina tradicional foi recomendada para a perda de peso, para a fadiga do rendimento intelectual, para tratamento da depressão, para os tratamentos de dores de cabeça, especialmente aquelas tão fortes como as enxaquecas.

A erva-mate alivia as enxaquecas!

Os cientistas acreditam que a erva-mate pode aliviar as enxaquecas graças ao seu alto conteúdo de alcaloides como a cafeína, a teobromina e a teofilina, os quais são reduzidos por outro composto chamado xanteno. Os especialistas recomendam tomar menos de 200 mg de alcaloides durante o dia para controlar as enxaquecas.

Outros cientistas opinam que a cafeína ou mateína que a erva-mate contém apresenta a propriedade de aliviar dores muito fortes devido à união desta substância com os receptores de adenosina que se encontram nas células nervosas. Este neurotransmissor, chamado adenosina, tem a grande capacidade de dilatar os vasos sanguíneos que se localizam no pescoço e na cabeça, o qual permite que exista um maior fluxo sanguíneo, evitando a formação de pressão, o que é a causa das dores de cabeça forte.

Mate

O consumo de erva-mate combinado com outras ervas favorece significativamente a perda de peso. Inclusive, pode alterar os genes da obesidade, combatendo uma das principais causas deste problema.

É importante saber que aquelas pessoas que tomam grandes quantidades de bebidas com cafeína podem chegar a desenvolver fortes dores de cabeça que podem ser causadas possivelmente pelo excesso desta substância. 

Imagem cortesia de Gloria Arbonés