Ervas medicinais para limpar o fígado - Melhor Com Saúde

Ervas medicinais para limpar o fígado

A infusão de menta e hortelã-pimenta facilita a digestão e estimula a atividade hepática.

O fígado é o órgão mais importante que temos e devemos cuidar para ter uma vida saudável, pois o bom funcionamento de todos os outros órgãos depende dos cuidados que temos com ele.

Por isso é importante que preste atenção a seguinte lista de plantas que te ajudarão a limpar o fígado e a vesícula biliar de maneira natural, já que essas plantas tem a capacidade de desintoxicar estes órgãos.

Casca de árvore de Borututu

Burututu

A casca desta árvore tem uma grande quantidade de propriedades, as quais têm sido utilizadas há muitos anos pra desintoxicar o fígado, vesícula biliar e todo o aparelho digestivo em geral. Além disso, é um grande depurativo ou purificador do sangue. Seu alto teor de antioxidantes ajuda a fortalecer o corpo pra que este resista e repila as toxinas que se encontram no meio ambiente, na água, em alguns alimentos e as geradas pelo estresse.

Raiz de Chicória

A raiz de chicória tem excelentes benefícios e propriedades que dão uma grande ajuda no processo de desintoxicação tanto do fígado quanto da vesícula biliar. A raiz desta planta tem a capacidade de evitar a formação de cálculos biliares e no fígado. Com uma colherada de raízes e duas xícaras de água fervente é possível preparar um chá saudável, que deve ser tomado duas vezes ao dia.

Celidônia maior

width="500"

Esta planta é utilizada com frequência para limpar o fígado, vesícula biliar e sangue, e, além disso, pode ser de grande ajuda para tratar alguns problemas respiratórios e aliviar os sintomas de má digestão.

Sementes de leite de Cardo Mariano

Estas sementes tem a capacidade de aumentar a capacidade de regeneração dos tecidos do fígado, que por razões naturais ou por algumas doenças vão acabando. Além disso, aumenta a produção de bile que é importante para o bom funcionamento do fígado.

Uma boa infusão feita com estas sementes ajuda eficientemente a controlar os níveis de colesterol e te proporciona uma grande quantidade de antioxidantes que são muito importantes para acabar com os radicais livres e prevenir as inflamações do fígado e vesícula.

Folhas de Menta

menta-wiccked

Uma infusão de folhas de menta combinadas com algumas de hortelã pode ser eficaz para ajudar o correto funcionamento do fígado e vesícula biliar, assim como de todo o aparelho digestivo, já que estas duas plantas tem a capacidade de relaxar os músculos e reduzir as cólicas que aparecem quando há algum problema estomacal.

A cúrcuma

A cúrcuma é um poderoso antioxidante, o que a torna uma importante ajuda para eliminar as toxinas do organismo, limpando o sangue para manter o corpo em perfeitas condições. Além disso, favorece a boa circulação do sangue, pelo que se recomenda o consumo regular desta para manter um fígado saudável. 

Raiz de Doca amarela

Esta raiz é bem eficaz na sua capacidade de desintoxicação, já que permite a eliminação de algumas substâncias que podem ser prejudiciais para o fígado e vesícula, e também tem a capacidade de estimular o trânsito intestinal, ajudando as pessoas que tem intestino preso. Inclusive pode aliviar problemas renais, já que aumenta a produção de urina, favorecendo a eliminação de toxinas que se encontram nos rins, bexiga e no organismo em geral. 

Quebra-pedra

Os benefícios desta planta maravilhosa foram descobertos a pouco tempo, porém sabe-se que é realmente eficaz para prevenir e melhorar os problemas que possam aparecer no fígado e rins, principalmente. Para fazer uma boa infusão de quebra-pedra deve-se colocar três copos de água (aproximadamente) e agregar três colheradas de folhas de planta. Depois de 15 minutos de fervura, deve abaixar o fogo e deixar repousar. É recomendado beber este preparado três vezes ao dia durante uma semana.

Esta planta não deve ser utilizada por mulheres grávidas ou lactantes, e deve-se consumir com cuidado se for diabético ou hipertenso.

Lembre-se…

As plantas são uma ajuda importante no tratamento de enfermidades, especialmente para preveni-las. Por isso é importante saber para que cada uma serve, e, sobretudo, ter cuidado de realizar o tratamento como indicando e não consumir quantidades maiores do que as recomendadas, a fim de evitar efeitos adversos.

NOTA: Estas ervas podem ser encontradas em farmácias homeopáticas e/ou feiras e lojas de produtos naturais.