Como fazer esfoliações naturais e eficazes? - Melhor Com Saúde

Como fazer esfoliações naturais e eficazes?

Você conhece os benefícios dos peelings? Eles ajudam a eliminar toxinas e dão suavidade e brilho à pele. Falaremos sobre como você pode prepará-los em casa, com ingredientes naturais.

As células de nossa pele se renovam continuamente, e as que morrem ficam na superfície até que outras novas as substituem. Com os peelings (esfoliações) podemos melhorar este processo de regeneração da pele para torná-la mais suave e firme. Explicaremos neste artigo algumas receitas caseiras, simples e eficazes para fazermos as nossas próprias esfoliações.

Sobre a pele

A pele não é somente uma parte de nosso corpo que temos que cuidar por  razões estéticas. Na verdade, ela é o órgão que protege nosso corpo, regula nossa temperatura, nos permite ter o sentido do tato e nos relaciona diretamente com o exterior.

O que é peeling?

O peeling é uma esfoliação da capa externa da pele, a epiderme, com diferentes substâncias. Hoje em dia, são realizados muitos peelings químicos que podem danificar a pele. Também temos opções naturais, menos agressivas e mais econômicas, que explicaremos neste artigo.

Por que é importante fazer esfoliações?

A pele que vemos em nosso corpo é na verdade o acúmulo de células de pele morta que foram ascendendo e maturando desde o interior até chegar a superfície. Podemos dizer que diariamente perdemos mais de 30.000 células de pele morta.

Por isso, se realizarmos de vez em quando uma esfoliação em nossa pele obteremos os seguintes benefícios:

  • Melhora a aparição de células novas
  • Ativa a formação de colágeno
  • Melhora o fluxo sanguíneo
  • Ajuda a prevenir rugas e a flacidez
  • Deixa a pele mais suave
  • Permite que a pele limpe as toxinas e “respire melhor” através dos poros
  • Ajuda a prevenir e a eliminar manchas
  • Dá um brilho natural à pele 

Muito menos devemos abusar dos peelings, já que temos que respeitar os processos naturais de regeneração celular. Por isso, recomendamos realizar um vez por semana. 

O que é necessário para preparar uma esfoliação?

Para preparar nosso peeling natural necessitaremos primeiramente de um ingrediente que permite fazer uma esfoliação. Escolha um dos seguintes ingredientes de acordo com a área e o problema a tratar:

  • Bicarbonato: o mais suave e com função alcalinizante, ideal para a pele e zonas sensíveis.
  • Açúcar: de intensidade média.
  • Sal grosso: ideal para zonas menos sensíveis com problemas de circulação, celulite, estrias etc.

Uma vez escolhido o ingrediente básico, adicionaremos um óleo vegetal:

  • Para a pele seca: azeite de oliva e/ou de rosa mosqueta.
  • Para a pele mista e normal: óleo de coco ou de gergelim.
  • Para a pele oleosa: gel de aloe vera ou óleo de coco.

aceite-oliva

Para potenciar os benefícios e também o aroma, podemos adicionar algumas gotas de óleos essenciais:

  • Laranja: antidepressivo, tonificante.
  • Limão: muito depurativo.
  • Gerânio: para ajudar a regenerar a pele.
  • Alecrim: para melhorar a circulação.
  • Árvore-do-chá: para peles com acne.
  • Palmarosa: para pele com acne.

Para preparar o peeling simplesmente misture bem os ingredientes e coloque-os preferivelmente em um pote de vidro para que possamos guardar em um lugar fresco e seco ou na geladeira.

Além disso, se queremos um toque original e dar esta preparação como um presente, podemos também adicionar os seguintes ingredientes:

  • Para elaborar um peeling estimulante e afrodisíaco: canela em pó, gengibre em pó e umas gotas de óleo essencial de ylang-ylang.
  • Para um peeling muito aromático e refrescante: além do óleo essencial de laranja adicione a casca de uma laranja.
  • Para um peeling delicioso: adicione cacau em pó e umas gotas de óleo essencial de menta.
  • Para um peeling antiacne: os ingredientes serão bicarbonato de sódio, gel de aloe vera, um pouco de óleo de coco e umas gotas de óleo essencial de árvore-do-chá e de palmarosa. 

peeling-2-Queenie-and-the-Dew

Como usar?

Aplique um pouco do peeling na zona previamente lavada, sem secar e massagear suavemente em círculos, passando por toda a zona a tratar e evitando as partes sensíveis como o contorno dos olhos. Se o peeling for feito nos músculos ou nos glúteos, podemos pressionar um pouco mais forte até notar a ativação da circulação. Deixe atuar os ingredientes durante um ou dois minutos e lave com água. A pele ficará hidratada pelo uso dos óleos, mas se você tem a pele seca recomendamos hidratá-la de novo.

Imagens por cortesia de Zenspa1 e Queenie and the Dew.