Esporões: causas e tratamentos - Melhor com Saúde

Esporões: causas e tratamentos

Para evitar a dor causada pelos esporões é conveniente usar sapatos confortáveis e fazer exercícios localizados para evitar o estresse na área e relaxá-la
Esporões: causas e tratamentos

Um esporão é a calcificação do calcanhar. Este problema causa muita dor e problemas de movimento na articulação do pé.

Ele pode ser causado por má postura, uso de determinado tipo de calçado impróprio ou tudo o que pode modificar a área. Neste artigo, vamos explicar o que são os esporões, quais são as suas causas e os tratamentos disponíveis.

Conheça tudo sobre o esporãoEsporão no pé

A sensação de dor é uma característica do esporão ou esporas e isso acontece quando a inflamação do calcanhar piora. Neste caso provoca uma fascite plantar e o desconforto também se expande para os pés e dedos.

Para diagnosticar um esporão os médicos usam um raio X comum.

No entanto, à primeira vista, você também pode ver as esporas, pois elas são pequenas protuberâncias causadas pelo acúmulo de cálcio.

Entre os fatores que provocam esta doença se encontram determinadas atividades repetitivas e o uso de saltos todos os dias.  Está também relacionada com o sobrepeso, os pés chatos ou muito arqueados ou as contraturas no calcanhar de Aquiles.

O contínuo e excessivo estiramento da fáscia plantar (tecido que recobre os músculos do ) são causadores  das dores e desta condição. Ao tentar se apoiar o calcanhar dói muito e faz com que  seja quase impossível ficar em pé por muito tempo.

De acordo com relatos da Associação Espanhola de Podologia Desportiva (AEPODE), o corpo repara a ferida produzida quando a fáscia se desconecta do osso transportando cálcio através da corrente sanguínea.

Se a quantidade acumulada for mais elevada do que o normal, então ocorre o esporão.

O esporão em si não tem sintomas. O que provoca a dor é a fascite plantar no interior do calcanhar e também em qualquer dos cinco metatarsos (dedos).

A sensação é como se estivessem recebendo fisgadas, que desaparecem quando o pé está descansando.

Veja também: 7 remédios caseiros para combater os fungos nas unhas dos pés e das mãos

Como prevenir e tratar os esporõesRx de um esporão

Para evitar um esporão é necessário, em primeiro lugar, evitar o aparecimento da fascite plantar.

Os médicos realizam um estudo detalhado do pé e, usando alguns modelos personalizados, as sobrecargas são evitadas, neutralizam-se os desequilíbrios na pisada e também melhoram os apoios.

É preciso saber que os esporões não têm cura de um dia para outro. O processo pode levar tempo e deve ser constante. Alguns tratamentos eficazes para reduzir a dor e inflamação são:

Bolsa de gelo

Coloque gelo na zona do calcanhar durante 15 minutos, pelo menos, 2 vezes por dia. Pode ser alguns cubos de gelo ou um saco especial inserido no congelador.

Alguns rolam o pé em uma lata ou uma garrafa congelada.

Descanso

É importante que o pé não esteja constantemente trabalhando. Tente levantá-lo um pouco durante o dia e à noite durma com um travesseiro sob o calcanhar. Assim, a pressão exercida durante o dia é reduzida e você poderá relaxar melhor.

Também é preciso que você faça algumas mudanças em suas atividades diárias. Por exemplo, se você se exercitar, evite aquelas atividades com maior pressão ou maior impacto nesta área.

Você pode optar por atividades mais calmas tais como a natação, ciclismo ou simplesmente caminhar.

Tala noturna

Esta férula é receitada pelo médico e é obtida nas casas de ortopedia.  Esta  ajuda a esticar a fáscia plantar durante o sono. Trata-se de tala em a forma de “L” que permite que o pé permaneça em uma posição ideal.

Se doer muito você também pode usá-la durante o dia.

ExercícioFazer exercício para evitar esporões

Embora seja verdade que a atividade física nem sempre é uma boa aliada dos esporões ou dores nos pés, algumas técnicas podem ser úteis na redução dos sintomas e ao mesmo tempo fortalecem a área.

  • Estiramento dos gêmeos. Ponha-se de pés em frente para a parede e apoie as mãos. Coloque um pé atrás do outro. O joelho dobra-se um pouco. Empurre o quadril para a parede e mantenha por 10 segundos.

Sente-se um estiramento nos gêmeos, mas é normal. Repita 20 vezes e mude para o outro pé.

  • Outro exercício é um alongamento da fáscia plantar. Sempre deve ser realizado pela manhã, antes de sair da cama.

Passe o pé por cima do joelho da outra perna. Pegue seus dedos e delicadamente empurre-os em sua direção. Espere 10 segundos e retorne à posição normal. Repita 20 vezes e mude de pé.

Recomendamos que você leia: 10 conselhos de pessoas com mais de 60 anos para ter uma vida mais plena

CalçadosUsar determinados sapatos para evita esporões

Em primeiro lugar, é necessário que os sapatos que você usa sejam do seu tamanho. Um bom momento para comprá-los é no final da tarde ou depois do trabalho, porque que é quando os pés estão mais inchados.

Para testar use meias semelhantes às que você usa todos os dias. Ande com os sapatos na loja, certifique-se que pode mover os dedos livremente e que não há nada incomodando, ferindo ou apertando.

Por sua vez, tente não usar salto a menos que seja necessário. Se você tiver que ir para o escritório com sapatos deste tipo, pode levá-los em sua bolsa e usá-los ao chegar ao trabalho. Quando estiver viajando ou em seu horário de almoço troque por outros mais confortáveis.

Se você já tiver um esporão seria bom que usasse aparelhos ortopédicos, por exemplo, um salto para calçar, modelos especiais para cada sapato ou produtos personalizados (almofadas ou esponjas para dedos, ou outros).