Como evitar as câimbras? - Melhor com Saúde

Como evitar as câimbras?

A falta de líquidos, a má forma e o sobrepeso podem favorecer as câimbras. As que temos enquanto estamos dormindo devem-se a uma alteração na irrigação sanguínea dos músculos.

Trata-se de uma sensação de dor causada pelo espasmo involuntário em qualquer um de nossos músculos. Quase nunca é algo com o qual devemos nos preocupar, pois costuma surgir após um esforço físico, por exemplo, como algo natural. A seguir, saiba mais sobre as câimbras, suas causas, tratamentos e as melhores maneiras de evitá-las.

Dados sobre as câimbras

As causas das câimbras são muito diversas, desde a oxigenação insuficiente dos músculos até a falta de sais minerais ou líquidos, além de má postura ou esforços prolongados, o frio e os movimentos bruscos. Outra principal causa de câimbras é a prática de exercícios físicos sem o devido alongamento prévio.

Assim, acabam ocorrendo contrações súbitas em um ou em vários músculos, causando dor e incômodo. Sofrer esse tipo de espasmo também é frequente enquanto dormimos, isso acontece porque existe uma alteração na irrigação do sangue até os músculos.

Se nos deitamos logo depois de comer, por exemplo, o sangue será irrigado para o aparato digestivo (estômago principalmente) e não aos demais músculos.

calambres2

Popularmente é muito comum dizer que o surgimento de câimbras está relacionado à produção excessiva e acumulação de ácido lático no organismo. A glicose se oxida com o oxigênio nas células para produzir energia e em condições normais nosso corpo pode realizar este trabalho.

Porém, quando praticamos atividades físicas prolongadas ou não estamos acostumados a praticá-las, o quadro é bem diferente, pois o organismo pode liberar oxigênio em quantidades insuficientes.

Estas pequenas quantidades fazem com que a glicose se converta em ácido lático, que não é algo ruim par ao organismo, porém, em excesso causam dor e câimbras.

As câimbras costumam ser inofensivos e não exigem tratamentos. Os médicos dizem que não existem maneiras de preveni-las além de evitar praticar exercícios depois das refeições e alongar depois de qualquer atividade física.

Porém, existem vários “remédios caseiros” para tratar tais espasmos musculares. Apesar das causas para as câimbras não serem totalmente claras (pois, vão mais além de tudo o que citamos até agora), é certo que em algumas situações elas podem surgir como consequência de um esforço ao levantar algum objeto, do fato de não nos hidratarmos corretamente ou de estarmos fora de forma ou com sobrepeso, da falta de eletrólitos como o sódio devido a uma dieta desequilibrada, de um problema de regadio sanguíneo dos músculos, das altas temperaturas quando praticamos exercícios, de técnicas inadequadas na prática de esportes, do frio ou da falta de alongamento depois de exercícios.

calambres3

Qualquer músculo pode sofrer um espasmo, os grupos mais afetados são: os quadríceps, os tendões e as panturrilhas.

Dicas para evitar as câimbras

No momento em que a câimbra surge é muito bom considerar as seguintes dicas:

  • Devemos deixar de executar o movimento ou exercício que estávamos executando no momento;
  • Alongar o músculo afetado suavemente para reduzir a pressão no local. Manter a postura de alongamento pelo tempo que for necessário, até que a câimbra desapareça;
  • Se a câimbra acontece na panturrilha, devemos colocar a mão sobre este músculo e subir pouco a pouco pressionando-o com os dedos até chegar no joelho;
  • Se acontece nos quadríceps, devemos nos manter de pé, levantar o tornozelo até a região das nádegas e mover o calcanhar e a parte superior do pé para alongar o músculo.
  • Caso ocorra nos tendões, é preciso que nos sentemos e alonguemos a perna, sem flexionar os joelhos e tentando nos inclinar para frente até tocar o pé. Depois, é ideal massagear suavemente o músculo;
  • Outra boa dica é caminharmos lentamente;
  • Bebermos água ou bebidas com sais minerais para recuperar os eletrólitos ou o líquido perdido;
  • Aplicar gelo na região, principalmente se dói muito. Não devemos nos esquecer de utilizar uma toalha ou um pano para envolver o gelo, assim não queimará ou danificará nossa pele.

Pouco a pouco devemos alongar para reduzir o fluxo sanguíneo e ajudar a relaxar o músculo.

Remédios caseiros para as câimbras

Estas dicas naturais são muito populares e podem ajudar:

  • Envolva a região afetada com uma faixa elástica para que a dor pare, mas não aperte muito para que não inche;
  • Beba um chá de Gingko Biloba por dia, fervendo três colheres de sopa em uma xícara de água durante 10 minutos;
  • Aplique óleos essenciais (como o alecrim, o eucalipto, o pinho ou o tomilho) na região afetada, pois a sensação de calor serve para relaxar o músculo;
  • Misture uma colher de vinagre e uma de mel em uma xícara de água quente. Beba para que o cálcio se redistribua corretamente em seu organismo;
  • Ferva 1 litro de água com uma colher de sopa de sementes de mostarda durante 10 minutos. Faça um banho com a mistura por 20 minutos, submergindo as pernas;
  • Beba um copo de água com dez gotas de chá de louro por duas vezes ao dia;
  • Aplique um pano embebido em uma infusão de vinagre de maçã e arnica por 5 minutos. Fará com que a dor desapareça e a circulação seja ativada;
  • Misture uma colher de sopa de bicarbonato em uma xícara de água e beba. Este remédio caseiro para a câimbra não é aconselhado para pessoas que sofrem de pressão alta ou retenção de líquidos;
  • Prepare uma vitamina com uma xícara de leite, meia xícara de iogurte natural, meia xícara de suco de laranja e uma banana descascada. Beba em jejum a cada três dias. O potássio da banana será ótimo para evitar as câimbras;
  • Misture uma colher de sopa de sementes de cominho em meio litro de água e deixe macerar por 1 hora. Embeba um pano e aplique com fricção moderada com região afetada.

Imagens oferecidas por  Jon Candy, Steffy Wonder, Phillip Capper, FatooM Qoughandoqa, Erin Koch.