Como evitar a dor nas mamas fibrocísticas - Melhor com saúde

Como evitar a dor nas mamas fibrocísticas

As alterações fibrocísticas afetam cerca de 60% das mulheres entre 30 e 50 anos.

A sensação de endurecimento e dor nas mamas, especialmente os dias antes de começar a menstruação, é um fenômeno muito comum entre as mulheres adultas.

Estes sintomas são causados pelas chamadas “mudanças fibrocísticas”, que podem acontecer no tecido mamário devido a ação de diferentes hormônios. Acredita-se que estas alterações fibrocísticas podem afetar até 60% das mulheres entre os 30 e 50 anos.

Sintomas

Estes são alguns dos sintomas mais frequentes nas mulheres cujas mamas apresentam mudanças fibrocísticas:

  • Ao apalpar a mama, são notadas zonas nodulares, com endurecimento difuso do tecido ou irregularidades (especialmente nos dias antes do começo da menstruação).
  • Sensação de dor e sensibilidade nas mamas.
  • Também podem aparecer cistos brandos e móveis, que estão cheios de líquidos.
  • Secreção do mamilo, clara ou ligeiramente turva.

É importante ressaltar que se você encontrar nódulos ou alguma outra irregularidade em seus seios deverá consultar um médico, para que ele faça um diagnóstico adequado. É possível que o médico ordene uma mamografia ou uma ecografia mamária, para descartar outras patologias.

Como as mudanças fibrocísticas são um fenômeno tão comum, que na realidade não apresenta maiores consequências na saúde das mulheres, os médicos não as consideram como uma doença. Mas, de todas as formas, muitas mulheres se perguntam como aliviar a tensão e a dor que estas mudanças produzem nas mamas. Continue lendo para encontrar a resposta a esta pergunta.

Reduza o consumo de sal

Há quem recomenda reduzir o consumo de sal e alimentos ricos em sódio, para que o organismo não retenha líquidos. Em teoria, isto poderia ajudar a aliviar os sintomas que provocam as mudanças fibrocísticas nas mamas. No entanto, ainda não existem comprovações científicas que comprovem o fato.

Evite o chá, o café e os refrigerantes

Bebidas como o chá preto, os refrigerantes de cola, o chocolate e o café apresentam algo em comum: todas contêm substâncias da mesma família, chamadas metilxantinas. Algumas mulheres declaram que ao abandonar o consumo destas bebidas, pelo menos por um par de meses, sentiram alívio nos sintomas dos cistos nas mamas. Isso significa que tiveram menos incômodos e menos dor.

Utilize sutiã ortopédico

A compressão excessiva do tecido mamário pode fazer com que sejam formadas mais zonas fibrosas nos seios e que estas doam. Por isso, para aliviar as moléstias, é importante utilizar um sutiã que não tenha aros metálicos e cujo formato cubra toda a mama.

Os mastologistas recomendam usar sutiã com as seguintes características:

  • A faixa que rodeia o tórax deve ser larga e não muito apertada.
  • Deve ter espaço para deslizar um dedo facilmente entre o sutiã e o seio.
  • As alças devem ser largas e não devem deixar marcas sobre a pele.

Muitos especialistas também recomendam tirar o sutiã para dormir. Se você tiver seios grandes, pode utilizar um top de algodão no lugar do sutiã na hora de dormir.

Para finalizar, lembre-se sempre que é importante consultar o médico ante qualquer irregularidade que você encontre nas mamas, para descartar outras doenças.