Como evitar unhas encravadas? - Melhor Com Saúde

Como evitar unhas encravadas?

Para evitar as unhas encravadas e tudo que elas acarretam é importante manter uma higiene correta e cortar as unhas de forma regular.

As unhas encravadas são um problema muito comum. Apesar de causarem muito incômodo e serem complicadas de tratar, com uma boa higiene e cuidados adequados o problema pode ser resolvido. As unhas encravadas são um problema habitual em qualquer cultura onde o uso de sapatos, especialmente os que geram pressão sobre a unha, é um fator comum.

Uma unha encravada ocorre quando algum dedo do pé, geralmente o dedão, apresenta unhas curvadas ou com pontas no seu crescimento. Se estas curvaturas ou pontas se enterram ou não saem da forma normal podem provocar muita dor, incômodos ao caminhar e infecções. As pessoas com problemas vasculares, diabetes ou adormecimentos devem ter cuidado especial para evitar este problema. Em casos severos infecções podem aparecer que levam a amputações do pé. Para evitar as unhas encravadas é importante levar em conta os seguintes conselhos:

1. Mantenha uma higiene correta e cuide para evitar curvaturas ou pontas nas unhas

Os dedos dos pés podem passar despercebidos ou podemos acreditar que estão bem limpos quando, na verdade, não é bem assim. Para evitar as unhas encravadas é importante sempre manter as unhas limpas e checá-las constantemente para detectar qualquer anomalia em sua estrutura. Em caso de unha quebrada ou lascada, é importante lixar e assegurar o melhor o estado possível.

Se não é possível lixar porque o problema afeta a parte da unha que está sobre a pele, foque apenas em manter uma higiene correta e não pressione a unha.

2. Use sapatos cômodos

Tacon-por-zapatilla

A moda pode ser uma grande aliada para a aparição de unhas encravadas. Tornou-se muito comum o uso de sapatos apertados na parte da frente do pé. Ainda que possam parecer bonitos e ajudam a estilizar o pé, é importante que os dedos mantenham a mobilidade e um espaço que permita a circulação do oxigênio.

Se você não pode evitar o uso de sapatos apertados na parte da frente, ao menos procure deixar os dedos livres pelo menos meio centímetro para movimentá-lo. Também observe se a parte superior do sapato não está fazendo pressão sobre a unha, já que isto pode ocasionar o encravamento de unhas.

3. Evite os sapatos fechados o máximo possível

Já mencionamos que uma das complicações das unhas encravadas são as infecções. As infecções podem acontecer por diversas razões: falta de higiene nos dedos, falta de higiene nos sapatos e falta de oxigenação do pé. Por esta razão, procure usar sandálias ou sapatos abertos na parte da frente do pé sempre que possível. Além disso, o mesmo par de sapatos não deve ser usado dois dias seguidos quando fechados ou se foi usado por várias horas.

4. Visite o podólogo constantemente

pies2

O podólogo é o médico especializado no cuidado dos pés. Isto significa que ele é a melhor opção para manter os pés saudáveis e livres de unhas encravadas e problemas similares. Se você for mulher e gosta de fazer as unhas, o recomendável é procurar um podólogo que ofereça este serviço. Infelizmente, as pessoas que fazem a pedicure nem sempre possuem os conhecimentos apropriados para o correto manejo das unhas e podem causar unhas encravadas e infecções.

5. Corte as unhas sem deixar protuberâncias

Ainda que o recomendável seja que você procure um podólogo para que ele seja o responsável por manter seus pés saudáveis e realize os cortes de unha corretamente, você pode cortá-las. A recomendação é que o faça seguindo a linha de unha, sem cortar muito perto da pele e sem deixar pontas ou pedaços que possam encravar. Este procedimento deve ser feito com um cortador de unhas grande e com gume suficiente.

Aprenda a evitar as unhas encravadas

Evitar as unhas encravadas e seus incômodos é uma tarefa simples que somente requer um pouco de atenção e muita higiene. Lembre-se que se você notar algum incômodo procure um podólogo para que ele avalie a situação e a corrija o quanto antes.