Fígado gorduroso: alimentos que devem ser evitados - Melhor Com Saúde

Fígado gorduroso: alimentos que devem ser evitados

O fígado gorduroso se tornou um dos principais problemas médicos da atualidade. Este problema tem como uma de suas principais causas o estilo de vida moderno, baseado em longos períodos sem atividade física. Além do aumento do consumo de alimentos com excesso de gorduras e pouco valor nutricional.

Os resultados destas mudanças são o excesso de peso, problemas de obesidade e, finalmente, o excesso de gordura que se acumula no fígado e dificulta a realização de suas funções básicas.

Uma vez que a pessoa é diagnosticada com fígado gorduroso, é vital adotar hábitos saudáveis. Isto é, a dieta deve ficar mais balanceada e o exercício físico deve ser incorporado na rotina diária. Desta forma, os níveis de peso se estabilizarão e a recuperação das funções do fígado será facilitada.

Alimentos com muita gordura

Chatarra

(Foto: PABLO TESTIGOCRIMINAL/ Flickr.com)

O fígado gorduroso terá problemas para digerir os alimentos ricos em gorduras e similares, por isso seu consumo deve ser evitado ou reduzido. Além disso, os alimentos muito gordurosos facilitam o acúmulo de peso, o que também prejudica a saúde de quem sofre com fígado gorduroso.

Os alimentos a evitar são: 

  • Alimentos fritos
  • Alimentos assados que levem queijos ou gorduras
  • Produtos lácteos

É importante que os alimentos ricos em gordura saturada sejam eliminados por completo da dieta de quem sofre de fígado gorduroso.

Alimentos com alto índice glicêmico 

Os alimentos ricos em açúcares naturais ou os que apresentam altos índices glicêmicos elevam os níveis de glicose no sangue, o que afeta severamente o fígado. Os alimentos que devem ser consumidos com moderação são: batatas fritas, melancia, banana, pão branco, produtos derivados do amendoim, sorvete, iogurte de sabores e chocolate com altos níveis de carboidratos simples.

Grãos processados 

Estes alimentos devem ser evitados, em seu lugar devem ser consumidos os grãos integrais. Desta forma, o corpo recebe mais fibra que ajuda a controlar os níveis de colesterol e de glicose no sangue, o que é vital para reverter a condição do fígado gorduroso.

Álcool

Alcohol

 

O consumo de álcool, seja em quantidade moderada ou excessiva, facilita o acúmulo de gordura nas células do fígado. Quando a acumulação de gordura supera os limites normais, as células começam a inflamar e com o tempo cicatrizes são geradas nos tecidos. A partir desta etapa, o fluxo sanguíneo fica obstruído e se a situação não for revertida, o fígado pode ser danificado irreversivelmente. Por isso, é recomendado que o consumo de álcool seja mínimo e caso o fígado gorduroso já tenha sido diagnosticado, o recomendável seria abster-se do consumo de álcool.